Após doze episódios desse isekai repleto de fanservice, confesso que sentirei um pouco de saudades. Longe de ser uma obra prima ou algo recomendável para qualquer um, Isekai Maou foi um anime divertido em alguns momentos e exagerado em outros. Se poderia ser melhor ou não, acaba sendo uma opinião pessoal mas fato é que ao menos o final foi digno dentro daquilo que a obra se propôs a fazer. Lembrando que semana que vem teremos a resenha completa sobre a obra então não percam!

Ler o artigo →

Nessa semana tivemos um episódio bem interessante de Overlord. Ainz passou longe de ser o destaque, ou melhor, apareceu e teve uma cena similar a outros momentos nesta temporada, algo que sinceramente é bem sem graça toda vez que acontece se tornando uma tentativa de piada completamente falha. De qualquer forma, acompanhamos a Enri e sua vila numa situação bem desagradável e ainda que a tática fosse boa, era questão de tempo para que todos morressem.

Ler o artigo →

Hoje eu irei recomendar um mangá que para alguns pode ser bem interessante e para outros, algo a se passar longe. O nome do mangá, como o título já diz, é Dead Tube. Basicamente, a história é sobre um jogo onde você posta um vídeo num site de vídeos similar ao Youtube e compete por visualizações. Além de ter liberdade em relação ao conteúdo, você também pode ganhar muito dinheiro caso seu vídeo seja o vencedor, ou seja, temos algo parecido com a realidade onde os criadores de vídeos fazem as coisas mais idiotas possíveis para ganhar visualizações. 

Ler o artigo →

Após muito sofrimento e muito suor envolvido, Iori e seus amigos finalmente chegaram em Okinawa para não só tirar sua licença mas também para se divertir, afinal, quem em sã consciência não faria o mesmo? E seguindo uma linha parecida com o episódio anterior, recebemos algumas aulas de mergulho e como cereja do bolo vimos uma bela representação de amizade.

Ler o artigo →

Após uma semana fora, Hanebado voltou e nos trouxe o antepenúltimo episódio. Diferente dos anteriores, vimos um pouco mais da Uchika e sua personalidade, Ayano e seu regresso e o melhor disso tudo, Aragaki e seu progresso. É interessante pensar que a protagonista regrediu e muito durante esses episódios e aquela que por muitas vezes foi jogada para escanteio, progrediu e vem carregando a série sozinha (sem contar com os personagens secundários). Sinceramente não me recordo de ter visto algo tão estranho e talvez até mesmo bizarro em relação a um protagonista.

Ler o artigo →

EITA. Eu estou impressionado que não teve fanservice nesse episódio. Sério, isso é o acontecimento mais impressionante desse anime em 11 episódios de 12. De qualquer forma, foi um bom episódio apesar de alguns poréns aqui e ali que não fizeram tanto sentido. Diablo terá muitos problemas para resolver, começando com uma Lorde Demônio que despertou e deve ser no mínimo o maior desafio até então, depois ainda tem o exército de corrompidos que se agirem, será uma baita dor de cabeça não só para ele que deverá estar exausto como também para Celine que mantém a barreira e Galford com seus homens. Ou seja, corram para as montanhas porque a cobra vai fumar (ou assim espero).

Ler o artigo →

Origin é mais uma obra do autor e ilustrador coreano Boichi, o mesmo de Sun Ken-Rock, Terra Formars Gaiden: Asimov e Dr. Stone (ilustração apenas), que inclusive vai ser publicado aqui no Brasil pela Panini. A obra começou a ser serializada em 2016 e conta com 72 capítulos em português. E apesar de conter ecchi, a obra explora isso de uma forma madura ao invés do fanservice de sempre. De qualquer forma, vamos à indicação.

Ler o artigo →

E após um episódio de certa forma tenso, tivemos apenas preparações e questões políticas que irão anteceder algo grande, uma guerra de proporções consideráveis e muito maior do um dos lados imagina. Chega ser engraçado ter tantos nobres tolos de um lado, algo que não é novidade alguma e como bem sabemos ele irão acabar sucumbindo assustados com a surpresa de ver um inimigo que já era forte e agora está mais poderoso do que nunca. Particularmente estou interessado em como essa guerra irá se desenrolar e quais serão os resultados, não só para os países como também para alguns personagens.

Ler o artigo →

Sabe aquela light novel ou mangá que possui um “nome” que na verdade é uma frase relativamente grande? Então, esse mangá faz parte dessa lista pois seu nome completo é: Yuusha ga Shinda!: Murabito no Ore ga Hotta Otoshiana ni Yuusha ga Ochita Kekka. Esse mangá possui os gêneros: ação, fantasia, ecchi, comédia, aventura e fantasia. E sobre a história: o que aconteceria se você matasse o herói da humanidade (sem querer é claro)? Bem, você pode imaginar inúmeras penalidades extremamente severas como uma sentença de morte, por exemplo, mas jamais esperaria ganhar a responsabilidade dele, não é mesmo?

Ler o artigo →

De todos os episódios até agora podemos muito bem dizer que esse foi o mais sem graça. O foco não foi exatamente a parte cômica mas sim o tema principal da obra que de certa forma sempre foi ignorado, o mergulho. Apesar da demora, é interessante ver que o anime vai tratar sobre a prática do mergulho de uma maneira um pouco mais séria ainda que tenha algum tipo de piada no meio. No fim, podemos dizer que apesar de tudo ainda deu para dar boas risadas vendo esse bando de alcoólatras nudistas.

Ler o artigo →