Seguindo uma linha parecida com a lista da semana passada em que eu recomendei obras coreanas (os webtoons), dessa vez a recomendação é de obras chinesas. Primeiro de tudo, eu gostaria de explicar o que são os manhuas, afinal, esse termo pode ser confundido com os manhwas.

Ler o artigo →

O episódio dessa semana focou em dois pontos: o tomo negro e as fadas artificiais defeituosas. Foi interessante ver o jogo de interesses de cada um dos lados, ainda que existam muitas dúvidas no ar, muito por conta da senhorita Sweet, que permanece como uma incógnita. No mais, ainda me impressiono por pensar que os envolvidos no possível conserto das fadas defeituosas não consideraram a possibilidade de uma interferência externa.

Ler o artigo →

Essa semana tivemos um episódio bizarro. Eu estaria completamente perdido no começo do episódio se não tivesse lido o mangá e ainda tivemos o bônus da nova youtuber virtual na ending. Tirando isso, o episódio até que foi legal de acompanhar apesar de não ter tido nada relevante, aliás, inclua a queda do império nisso. Enfim, foi um episódio que começou com tudo e no fim, perdeu toda e qualquer tensão (como sempre).

Ler o artigo →

No episódio desta semana, podemos “dizer” que houve apenas dois acontecimentos: a continuação do ataque da igreja liderado pelo papa e uma espécie de união dos heróis por uma mesma causa, que seria acabar com o papa. Foi gratificante ver que o Naofumi finalmente jogou na cara dos outros quase tudo o que aconteceu, mostrando que cada um deles havia cometido erros que custaram várias vidas.

Ler o artigo →

Diferente das listas passadas, dessa vez teremos apenas webtoons. Sabe aqueles quadrinhos coloridos de leitura vertical que geralmente são coreanos? Se não sabe, nós temos um artigo aqui sobre o assunto. Eu costumo ler várias obras desse tipo ainda mais porque o acesso é mais simples por conta da gratuidade dos aplicativos que disponibilizam essas obras (inclusive acho que seria bom fazer um artigo sobre os vários aplicativos/sites disso). Enfim, vamos à lista!

Ler o artigo →

Está assistindo Fairy Gone e não está entendendo absolutamente nada? Não está vendo e quer conhecer? Pois bem, esse artigo tentará ser a solução (ou quase isso) dos seus problemas. Sim, será um resumão de tudo o que aconteceu e claro, com alguns palpites do que pode acontecer nessa obra produzida pelo estúdio P.A. Works. Desde o início da temporada eu estava interessado nessa produção por conta do estúdio responsável, a temática e todo o resto. Por isso, daqui em diante irei comentar sobre o anime pelo menos até a metade dos 24 episódios, sendo que em relação ao restante vai depender da próxima temporada (mas a resenha eu garanto!).

Ler o artigo →

Após uma difícil batalha contra o ex-professor de nome estranho que eu não lembro (Schtrom), Shin e seus amigos começaram a tomar ciência da situação que o reino se encontra. Demônios aparecendo ainda mais e uma possível guerra que se encaminha são dois fatos extremamente preocupantes para eles, ainda mais considerando que caso a guerra dure muito tempo, sua convocação será inevitável. De qualquer forma, o episódio fez bem em balancear esses momentos de tensão com os de comédia.

Ler o artigo →

Durante séculos a igreja católica usou o nome de Deus para justificar seus inúmeros crimes. Fazendo um papel digno de um demônio, ela massacrou inocentes, tirou dinheiro dos pobres e cometeu vários outros crimes horríveis contra a humanidade, tudo em nome de Deus. E Tate no Yuusha nos mostrou nesse episódio algo desse tipo, com o papa mostrando sua verdadeira face e mostrando que o único aliado dele são seus súditos. E agora, será que o herói da lança vai usar a massa cinzenta que ele supostamente tem?

Ler o artigo →

Na semana passada eu fiz uma lista de mangás do gênero horror e seguindo essa linha, dessa vez teremos uma lista com obras que tenham zumbis. Vale destacar que essa questão dos zumbis é bem complicada e ampla pois temos vários tipos de zumbis em muitas histórias completamente diferentes. De qualquer forma, eu irei fazer uma pequena introdução de três mangás, um webtoon e um manhwa. Ah, e antes que eu esqueça, nós temos um belo artigo sobre zumbis aqui no blog!

Ler o artigo →

Após um episódio onde a obra mostrou que não é só uma comédia boba e sem pretensões, Kenja nos deu outra dose de ação com uma batalha curta, porém interessante. O mais importante é a relevância da batalha, afinal, apesar da vitória do Shin, deu para notar que seus futuros adversários lhe darão muito trabalho e por isso, será necessário uma evolução não só dele como também do resto. Isso sem mencionar que seu adversário provavelmente vai se fortalecer ainda mais para que possa vencer na próxima oportunidade.

Ler o artigo →