Como já havia comentado no artigo sobre o episódio anterior, Rimuru seus companheiros estão a todo vapor num plano de firmar sua nação como uma soberania reconhecida por outros países. Nisso, um grande passo está sendo tomado ao se aliar ao país das bestas, Yuurazania. A parceria logo de cara parece ser muito mais proveitosa do que era imaginado, mas será que esse avanço será realmente benéfico?

Ler o artigo →

Confesso que eu sentia falta desse lado político e organizacional de Log Horizon e bom, esse episódio foi bem explicativo nesse quesito, ao situar o cenário de toda a Yamato. Eins agora é duque, tem poderes digamos que “ilimitados” e o apoio da realeza vizinha, portanto tirou a sorte grande. Entre boas e más intenções, qual é de fato o objetivo do jogador com esse poder, e o dos nobres ao lhe conceder o mesmo nessa altura do campeonato?

Ler o artigo →

Se eu te disser que não estava esperando pelo que aconteceu nesse episódio você acredita? Apesar de que também seria muito simplório se a Teiou apenas ganhasse mesmo após quebrar a perna. Uma Musume mais uma vez lidou de maneira “interessante” com o fracasso, fazendo a protagonista experimentá-lo antes de atingir seu objetivo. Desculpa a demora com o artigo, foi uma correria de primeiras impressões no blog. Sem mais delongas…

Ler o artigo →

Estava muito estranho que o Lopmon estivesse recebendo tanta atenção, para alguém sem importância aquilo era atenção demais. E depois do que foi revelado aqui até acho que ele teve é atenção de menos. Mesmo que ele não apareça mais daqui para frente as suas revelações foram muito importantes para a obra.

Ler o artigo →

Se antes a vantagem da Border era o poder bruto de seus defensores, agora eu já me questiono a eficácia disso, porque os soldados de elite invasores não estão afim de colaborar. Entre um ataque e outro, os inimigos finalmente jogam seus truques apelões, será essa a chance de Galopoula atropelar a todos e chegar no seu objetivo?

Ler o artigo →

Dr. Stone voltou com a parte final e mais importante da primeira fase de sua história, a Stone Wars, a guerra entre Senku e Tsukasa, o cientista e o troglodita. Se não lembra muito do anime sugiro que leia minha resenha da primeira temporada, e ambas você encontra no Crunchyroll. É hora da ciência derrotar a ignorância no Anime21! (Aliás, se procura um artigo realmente científico leia o Hataraku Saibou da Mari que está animal!)

Ler o artigo →

Estou de volta com mais curiosidades sobre corpos relativamente saudáveis (estrelando dentro do Humano X) e sobre os estragados (Humano Y). As diferenças são gigantescas e podemos perceber logo no primeiro episódio de ambas as séries.

Mas vamos com calma. O Humano Y, em alguma época, já teve um corpo saudável. Provavelmente ele deve ter adquirido esses novos hábitos depois que virou um adulto, principalmente depois de adquirir algum emprego, já que pode se drogar usando o próprio dinheiro. Com isso, também veio mais estresse, e utilizou o cigarro como uma das formas de fugir dos problemas.

Já o Humano X ainda não deve ter passado por épocas muito estressantes, devido ao fato do que o que acontece com ele até hoje é o que ocorre em alguém saudável: todo dia com ataques bacterianos, mas o sistema imunológico funcionando.

Ler o artigo →

Strike Witches é uma franquia bem popular cuja temporada mais recente veio agora no final do ano anterior. Agora, para começar o ano ainda aproveitando as aventuras do Esquadrão 501, World Witches Take Off! (World Witches Hasshin Shimasu) surge para mostrar o lado mais absurdo e divertido desse time de guerreiras nada convencionais.

Ler o artigo →

Uma palavra composta por apenas três letras, mas de muita importância e simbologia. O ovo, além de ser um alimento nutritivo é, prioritariamente, um lugar onde varias espécies se desenvolvem até o nascimento. Com sua aparência frágil, mas que oferece toda a segurança para o ser que nela está se desenvolvendo, o ovo é um lugar ideal para se habitar por um determinado período.

O medo, embora seja um sentimento tido como negativo, ele pode ser útil como forma de nos defendermos dos mais variados perigos que nos cercam, que vão desde aqueles que causam danos físicos quanto aqueles que podem causar danos psicológicos e emocionais. Todavia, o medo é uma defesa muito frágil, que facilmente faz a a pessoa refém desse sentimento, causando inúmeros problemas.

Ler o artigo →