Ok, aqui temos um belo caso de enrolação extrema. Eu já perdi as contas de quantos episódios estamos tendo sobre esse arco e confesso que a paciência está esgotando. Fica difícil você assistir a mesma coisa durante vários episódios, ainda que tenha acontecido algo aqui e ali. Enfim, espero que o próximo episódios seja o último desse arco, pois está ficando enfadonho demais.

Ler o artigo →

Que episódio bacana, ele retoma um pouco do foco na Chiyuki trazendo uma nova perspectiva para a personagem, enquanto expõe algumas ligações bem curiosas com as garotas desse núcleo. Aqui a história mais uma vez volta o dilema do talento e a obrigatoriedade de se fazer aquilo para o que “nasceu”, provando que todo caminho sempre tem duas vertentes e também depende muito daquele que o trilha.

Ler o artigo →

Falta apenas um mês para o Festival Cultural – pelo menos em relação ao tempo no anime. Levando em conta que a temporada de janeiro termina no final de março, pode ser que as datas realmente coincidem, o que seria ótimo. Por enquanto, os alunos estão decidindo a função de cada um no seu show e o vilão Gentle Criminal continua seu plano. Ainda rolou um treinamento com Deku e All Might como nos velhos tempos. Um episódio bem completo!

Ler o artigo →

Nesse episódio tivemos uma trama muito interessante, que trazia uma proposta tensa e desafiadora, mas ao mesmo tempo conseguiu se manter como algo divertido e cômico. Isso fez esse episódio ser bem diferente e interessante.

Além disso, para minha surpresa também tivemos a explicação de todo o mistério dos últimos episódios. Mas, primeiro vamos voltar ao início do episódio.

Ler o artigo →

Ok, agora sim tivemos um baita episódio. Confesso que o desenvolvimento do Kageyama foi tão marcante que eu nem prestei atenção na partida em si, por isso nem sei o placar (sei que a Date Koi tem um set a favor). Foi finalmente o desenvolvimento que eu esperava ver no Tobio após tanto tempo, afinal, o processo no Hinata não só começou como já mostra as mudanças claras e o seu rival não poderia ficar para trás.

Ler o artigo →

O anime inteiro, Furuya ficou tenso toda vez que jogava. Claro, ele já chegou chegando, conseguiu entrar para o time oficial de primeira, enquanto Sawamura dava o sangue de todas as formas para chegar à posição de às.

Finalmente, no episódio 45 – ou 170 – Sawamura consegue alcançar o seu objetivo, porém não esperava que o mesmo sofrimento que Furuya estava tendo passaria para os seus ombros.

Ler o artigo →

Me desculpe o carnaval, mas prefiro ver anime, ainda mais se for um tão divertido e fofo tipo Budoukan.

De novo tudo deu certo de um jeito torto, o problema em voga foi resolvido na base da “força” e a Maina sentiu as consequências de todos os mal-entendidos entre ela e a Eripiyo, a qual também sofreu, mas conseguiu consertar a coisa de algum jeito no final.

Ao mesmo tempo em que esse anime me faz passar raiva me dá alegria aos montes. É hora de Budoukan no Anime21!

Ler o artigo →

Richard Ranashinha de Vulpian, Edward Baxter, Lorde Claremont, olha já não sei por qual identificação o joalheiro atende. Não sei se existem mais nomes, ou sequer se Richard seria o verdadeiro mesmo, mas o fato é que quanto mais a história avança, mais cabeludo o passado dele aparenta ser.

Ler o artigo →