Kyokou Suiri, ou In/Spectre, foi um anime da temporada de inverno de 2019. Além do seu casal de ótima química e o destaque por ser o primeiro anime com o selo Original da Crunchyroll, a obra é também de um autor de uma obra relativamente conhecida: Zetsuen no Tempest. Considerando esses aspectos, querendo ou não é de se esperar um certo “nível” da obra, ainda que seja uma avaliação prematura e extremamente precoce. Enfim, vamos “falar” um pouco sobre a obra.

Ler o artigo →

Ok, aqui temos um belo caso de enrolação extrema. Eu já perdi as contas de quantos episódios estamos tendo sobre esse arco e confesso que a paciência está esgotando. Fica difícil você assistir a mesma coisa durante vários episódios, ainda que tenha acontecido algo aqui e ali. Enfim, espero que o próximo episódios seja o último desse arco, pois está ficando enfadonho demais.

Ler o artigo →

Nos últimos três episódios estamos acompanhando o caso da idol que acabou falecendo num acidente lamentável. Vem sendo um caso interessante, porém, a falta de uma resolução e a demora no mesmo vem me incomodando um pouco. Tirando isso a obra vem fazendo o que pode para continuar deixando o caso interessante e vem conseguindo, até o momento. Por outro lado, confesso que estou preocupado com outros aspectos que envolvem essa “demora” em todos os casos até aqui. 

Ler o artigo →

Depois de um episódio morno e outro empolgante, Kyokou Suri partiu novamente para uma abordagem investigativa. Porém dessa vez foi algo mais interessante, ao invés de uma mera especulação que não levou para absolutamente lugar algum. Claro que ainda não acabou e ainda tem muita água para rolar, mas até então vem sendo um caso interessante e intrigante considerando tudo o que está envolvido (e as farpas entre as duas moças).

Ler o artigo →

No primeiro episódio de In/Spectre tivemos um vislumbre de algo completamente diferente do que a obra apresentou nos episódios seguintes. De uma obra que mostrou ter lutas contra youkais e afins, recebemos um episódio inteiro que reconstituiu um crime (com apenas suposições) e outro que finalizou isso e colocou a obra num estilo similar ao mostrado inicialmente. Isso, não é um problema, afinal, mostra que a obra vai tentar trabalhar em ritmos diferentes, sempre dependendo do caso e dos detalhes envolvidos, algo que é bem interessante mas que pode resultar em algo não tão empolgante.

Ler o artigo →

In/Spectre, ou Kyokou Suri no original, é uma das minhas apostas para essa temporada e sua estreia não deixou a desejar em absolutamente nada. Foi divertida e mostrou um pouco de seu potencial em aspectos bem diferentes.

Confesso que estava um pouco apreensivo sobre a obra pois a chance de se decepcionar é sempre grande quando há uma boa expectativa, mas fico tranquilo que foi uma estreia bem interessante e promissora. Aliás, eu já conhecia a obra pelo mangá e comparações à parte, o resultado é bem satisfatório.

Ler o artigo →