O reencontro prometido entre irmãos foi mais rápido do que eu esperava, mas não deixou de ser impactante, provendo um clímax razoavelmente digno para o que foi o anime até aqui, mas que claramente não é o final da história, pois além de faltarem dois episódios até o fim do cour, outro sairá daqui uns meses. Isso significa que a ideia passada no final perde peso? Sim. Esse é um problema tão grande? Não.

Ler o artigo →

O Shin só vai encontrar sua almejada liberdade ao se defrontar com o irmão, ou com o que sobrou de sua mente, e lidar com seus fantasmas do passado, para assim poder partir em paz em seu plano de morte esperado. É triste, mas é poético, não? E sabe o que é mais legal? A convicção desses personagens, que perderam ainda mais companheiros ante da derradeira batalha, mas não se perderam do objetivo.

86 fala sobre o que de pior e melhor tem o ser humano, e se você tinha alguma dúvida disso, tenho certeza de que chegou a mesma conclusão que eu nesse episódio. Annette sente inveja da Lena por ela fazer o papel de heroína que ela não consegue? Os mandachuvas da República acham mesmo que podem varrer tudo para debaixo do tapete? O Shin acha que a Lena não vai se conectar? É hora de 86 no Anime21!

Ler o artigo →

Os fogos de artifício foram usados para simbolizar a conexão dos Eighty-Six com os Albas que os massacram, e é ainda pior que isso tenha ocorrido em meio a um Festival da Revolução que em si não significa mais nada, afinal, se uma revolução aconteceu e a sociedade acabou desse jeito, quem pode dizer que ela realmente valeu a pena? Em um episódio de cortar o coração, vamos tentar entender as cabeças de nossos heróis.

Ler o artigo →

Jurava que esse episódio seria mais ameno, mas estava redondamente enganado, ainda assim, é inegável que o momento de descontração inicial foi bem bacana por N motivos, assim como as consequências das novas mortes que aconteceram. Aliás, não se apegue a ninguém em 86, acho que não preciso explicar o porquê. Sem mais delongas, é hora de mexer com corações em vários sentidos aqui no Anime21!

Ler o artigo →

Imagino que você tenha simpatizado com o irmão do Shin no início do episódio e ficado confuso no final, não vou dar spoilers, só garanto uma coisa, é uma treta cabulosa, que faz parte da construção do herói em aspectos que vão além de sua personalidade aparentemente fria.

Nada novo aí, o interessante é a forma como a situação é construída. Há muito o que comentar nesse episódio sobre a expansão de mundo que foi feita e o problema revelado (estava fácil demais “apenas” segurar uma guerra até um fim marcado, né?), então não percamos mais tempo!

Ler o artigo →

Por que o Theo ficou tão desconfortável com o que falou mesmo tendo a razão? Pela maneira como ele se comunicou, e se tem um sinal de caráter em uma pessoa é a preocupação que ela tem com a forma como transmite algo, com as palavras que usa, a altura de sua voz e os sentimentos que deixa transparecer através dela. Theo foi ríspido demais com a Lena, isso é verdade, mas o desabafo não foi maldoso e sim sincero, diria até que necessário, afinal, sem choque de realidade como mudar, como sair da acomodação em que ela se encontrava, não é mesmo?

E pelo que vimos nesse episódio a Lena buscou sair de sua acomodação hipócrita, mas não sem antes refletir sobre suas ações e ideias, a dissonância que havia entre elas, na verdade. Ela precisava ouvir opiniões de pessoas próximas também, para compreender melhor o peso das palavras do Theo e se incomodar o suficiente para tomar uma atitude, que a longo prazo pode só chafurdar na hipocrisia, mas também pode expandir os horizontes da garota e aproximá-la de seus ideais infantis. Veremos onde a Lena vai chegar, é hora de Eighty-Six no Anime21!

Ler o artigo →

Não sei se você já notou, mas esse anime vai ser assim, qualquer calmaria significa tempestade pouco depois, e como desgraça pouca é bobagem, não bastava que a Lena levasse o tapa na cara que estava pedindo para tomar, uma integrante do esquadrão Spearhead também teve que morrer para nos mostrar o quão cruel é a vida para os Eighty-Six. Quer tenham momentos de alegria e paz, é tudo passageiro, tênue…

Ler o artigo →

Que segundo belo episódio 86 nos entregou, hein? Dessa vez vimos ainda mais “coragem” da Lena, mas também os Eighty-Six em combate, o que encorpa a compreensão da trama que a estreia nos apresentou. Já é o suficiente para esperar boas coisas do anime? Claro, assim como levantar, tentando não dar spoilers, óbvio, alguns pontos interessantes para a continuação da história. Sem mais demora, eu ainda não vi tudo o que eu vou precisar, e você?

Ler o artigo →

86 (Eighty-Six) é originalmente uma light novel escrita por Asato Asato e ilustrada por Shirabii da qual eu gosto muito, e até por isso já escrevi um artigo sobre o primeiro volume que você pode ler aqui. A adaptação é do estúdio A-1 Pictures e tem segundo cour para daqui uns meses.

 

“Na história acompanhamos Vladilena Mirizé, uma militar da República de San Magnolia, país que está em constante guerra com um Império vizinho e se orgulha por não apresentar baixas em suas frentes de batalha, mas a verdade é que as mortes só não são computadas e aqueles que lutam são Eighty-Six, os moradores segregados do distrito 86, que protegem os moradores dos outros 85 distritos. É nesse cenário de horror que Lena é designada para um esquadrão de elite, chamado Spearhead, sobre o qual pairam rumores perturbadores.”

 

Ler o artigo →

Ler nunca pode ser sinônimo de obrigação, mas sim de satisfação e caso não tenha lido a minha primeira lista de 10 light novels para iniciantes, e mesmo se tiver, não tem problema, pois estou aqui para fazer mais 10 indicações que acho adequadas para você que está começando a ler light novels agora, e até mesmo para você que já tem o hábito de lê-las, mas procura diversidade. Sem mais delongas, vamos as indicações!

Ler o artigo →