Depois da pressão deixada pelo gancho do episódio anterior, cabia a nós apenas aguardar pelo que esse arco final traria de mudança, especialmente para a Shii. Se antes ela se sentia só como as outras um dia se sentiram, agora não mais, porque assim como alcançou Koguma e Reiko, a Cub encontrou a sua chance de mudar mais uma vida.

Ler o artigo →

Finalmente conhecemos a terceira garota da história e essa é a Shii, uma menina dócil e alegre, mas que ainda não pilota uma Cub – com destaque para o “ainda”. Chegando como um ar de mudança para compor o grupo das silenciosas motoqueiras, como será que ela vai mudar nesse meio, e como o seu eu mais animado vai influenciar as outras duas, especialmente a Koguma?

Ler o artigo →

Depois que as almas gêmeas Reiko e Koguma se encontraram, o mundo das duas mudou e aquelas que antes eram motoqueiras solitárias, tentando se encontrar e traçar objetivos, agora são verdadeiras companheiras para toda uma vida, partilhando esse amor em comum e singular pelas Cubs – ou como elas mesmas dizem, companheiras de Cub.

Ler o artigo →

Super Cub teve uma estreia bem interessante ao abordar com delicadeza o cotidiano da calma Koguma, as suas questões pessoais e modo como vê a própria vida. Dado o primeiro passo para que o seu mundo vá se abrindo cada vez mais, o que pode ser dito sobre a forma como ela vem evoluindo nesses outros episódios? Vamos ao nosso bate-papo para responder.

Ler o artigo →

Koguma é uma colegial que não tem família, amigos ou hobbies. Difícil imaginar alguém assim, né? Mas não nesse anime, pois Koguma encontra algo para chamar de seu, que é o prazer em pilotar sua Super Cub, um modelo clássico de lambreta da Honda que tem mais de 60 anos e muita história para contar.

Sendo assim, por que não criar um anime slice of lide belíssimo para homenagear esse modelo de tamanho sucesso? E não só ele, mas o prazer de andar de moto como um todo, muito bem representado na mudança de ânimo que ele trás a vida da heroína. Aperte os cintos, opa, se segure na garupa, pois a diversão vai começar.

Ler o artigo →