Olá, sou o novo redator da página e no meu primeiro artigo irei falar sobre Kuromokuro.

Kuromokuro é um anime produzido para comemorar o 15° aniversário da PA Works, composto por 26 episódios. Atualmente a Netflix tem seu direito de transmissão.

A ideia de que o planeta Terra pode ser atacado por misteriosos e implacáveis seres chamados ”onis” faz com que a humanidade desenvolva a tecnologia necessária para tentar combatê-los.

Durante a construção de uma base de pesquisas, uma importante relíquia negra é encontrada no solo da cidade de Kurobe.

No verão de 2016, a profecia de um cientista malvisto se torna realidade e os “onis” retornam para aniquilar o planeta. A relíquia negra e seu piloto da época feudal finalmente despertam, sem saber que 450 anos se passaram desde a última vez que viu o mundo.

Bem, dada a premissa, falarei dos meus pontos de vista a respeito da obra.

De um modo geral, Kuromokuro é um dos melhores animes sobre mecha e sci-fi (além de ação e comédia) que já vi. Em especial, esse anime é simplista em seus diálogos sobre ficção cientifica, o que torna mais fácil do público entender como as coisas funcionam. O anime consegue mesclar muito bem momentos mais sérios com a descontração do dia a dia da personagem principal com seus amigos. A trama passa a ficar realmente interessante quando “Kennosuke Tokisada Ouma” aparece; apesar de ser bruto e durão, a maioria das atitudes que ele toma são engraçadas. Vou usar como exemplo a sua primeira aparição, em que ele sai do ”cube” completamente pelado e começa a lutar contra um ”oni”.

Mais um ponto positivo a ser ressaltado em Kuromokuro, é o quão impecável é o projeto gráfico do anime, além disso, a animação de veículos e máquinas é ainda mais ousada e de uma qualidade memorável. Falando um pouco mais sobre os mechas, eles são um pouco diferentes da maioria dos animes, ou pelo menos dos que eu já assisti; cada um com sua graciosidade e com suas habilidades especiais. A forma de pilotagem das máquinas é variada.

Definitivamente, esse anime não é cercado por fan service, sendo assim, não espere um alto grau de romance ou cenas de ecchi, tais momentos não fazem parte do roteiro, porém, mais para o fim do anime algumas surpresas irão ocorrer, inclusive, o fim se encaixa perfeitamente na classe de surpresa. Não entrarei em mais detalhes para evitar spoilers. Aproveitando esse gancho, falemos um pouco mais especificamente dos personagens da obra. Eu não acho necessário falar de todos, então vou citar os que julgo mais importantes:

Yukina Shirahane: essa é a protagonista, com uma personalidade doce e avoada e sem qualquer interesse na vida militar que lhe é ofertada, entretanto, ela é a única capaz de pilotar o “black relic” com o Kennosuke. Seu principal sonho é ir à Marte.

Kennosuke Tokisada Ouma: esse é o personagem principal, um cara durão e bruto que leva seu lema de samurai para todas as situações: “Nasce samurai, morre samurai”. E também o único capaz de pilotar o “black relic” com a Yukina.

Julguei importante pontuar apenas os dois personagens principais do anime, pois trama irá se desenvolver a partir deles.

Agora falando um pouco mais sobre transcendência de tempo (que citei lá em cima) – como esse ponto foi bem trabalhado no anime -, o que poderia ser algo chato se tornou a principal fonte de comédia da trama: um samurai da era feudal, vivendo em uma sociedade atualizada, com costumes totalmente diferentes e que na sua visão são coisas malucas e desnecessárias (como a roupa que as meninas usavam, ou as formas de comer). Resumindo: ficou muito engraçado e sem sair do foco principal da obra.

Mais uma qualidade de Kuromokuro é sua trilha sonora; seja na sua opening, ending ou na OST do anime, há uma mistura de pop/ rock e de música tradicional japonesa, o que leva, tanto para suas cenas de ação intensa, quanto às de emoção, um grande toque especial (aliás, até hoje tenho o mp3 da opening salvo em meu celular).

Vamos às considerações finais. Kuromokuro me surpreendeu, um anime que comecei a ver sem esperar nada demais e que quando terminou ficou aquele gostinho de quero mais. Que venha logo a próxima temporada!

Enfim, espero ter conseguido transmitir todos os pontos principais de Kuromokuro e, além disso, de uma forma ou outra despertar seu interesse em assistir essa grande obra.

Bom, chega ao fim essa indicação de anime, obrigado pela atenção e até o próximo artigo.

Valeu!!

Comentários