Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Bom dia!

Nessa semana em Toji no Miko a party contra o Rei Demônio Yukari Origami finalmente se completou. Tudo porque a Sayaka gostou muito dos cookies e do band-aid fofinho da Mai e do abraço da Kanami e não quis, para espanto da diretora da Renpu, se tornar uma máquina de combate sem sentimentos.

Essa Yukina está sendo um personagem terrível, ela faz sentido na proporção inversa ao tempo de tela que tem – e ela tem muito tempo de tela. A Mai, por outro lado, é super boazinha e grande amiga da Kanami, a protagonista, mas não foi por causa dela que finalmente se uniu à causa. Foi porque aquela menininha franzina, que fala pouco e baixo e que amou seus cookies, lhe pediu ajuda. E mesmo assim ela não parecia ter noção de em quê estava se metendo. Mas está tudo bem quando acaba bem, não é?

Ler o artigo →

Bom dia!

Nessa semana em Toji no Miko uma garota loira, de busto avantajado e miscigenada tomou uma decisão estúpida, que poderia ter-lhe custado a vida, por nada. Pior: se não lhe custou a vida, no mínimo já lhe custou a liberdade de andar por aí insuspeita, o que sem dúvida era muito útil.

Por que ela precisava se deixar capturar? Para que nós, expectadores, soubéssemos que as guardas de elite usam drogas.

Ler o artigo →

Bom dia!

Nessa semana em Toji no Miko descobrimos que a Hiyori não está sozinha! Quero dizer, lógico que ela não está sozinha, tem a Kanami desde o começo do anime e até se separaram e reataram no episódio anterior, fortalecendo o laço entre elas, mas não estou falando de uma pessoa. Estou falando de uma organização inteira, La Résistance de Toji no Miko: a Mokusa, que se opõe à Yukari Origami porque acredita que ela está mudando a tradição e isso é uma coisa ruim. Eu tratei de algo parecido no artigo anterior, não foi? Bom, eu vou retomar o tema aqui. Mas ter mais aliados é sempre bom, parabéns, Hiyori!

Ler o artigo →

Bom dia!

Nessa semana em Toji no Miko as heroínas quase se separaram por diferenças de ideal e determinação, mas é lógico que isso não poderia acontecer, então elas se reuniram e decidiram como trabalhar juntas e usando suas diferenças a seu favor.

Além disso, um pouco da história do mundo é revelada. Faço uma longa digressão nesse artigo sobre a natureza do inimigo e o que está realmente em jogo, e me pergunto se a equipe criativa por trás do anime colocou tanto esforço mental nessa história quanto eu especulo (o que eu acho: provavelmente não!).

Ler o artigo →

Bom dia!

Frequentemente as pessoas apenas estão na hora errada, no lugar errado. Ou hora certa, lugar certo. É uma forma de dizer que é por acaso – errado ou certo, então, indicam se o acaso redundou em má ou boa fortuna. Quando o acaso leva a uma longa cadeia de eventos, nem sempre é possível determinar logo se a sorte esteve ou não ao lado do vivente. Nesses casos, é melhor usar uma expressão neutra, como “cair no colo”. A grande conspiração que é a Yukari Origami na verdade ser (ou ser controlada por) um aradama caiu no colo da Kanami.

E Toji no Miko caiu no meu colo. Eu absolutamente não pensava em escrever sobre ele. De fato, quase não pensava em assisti-lo em primeiro lugar. Mas aqui estamos.

Ler o artigo →

Toji no Miko é um anime original, daqueles que têm garotas fofas como protagonistas e que claramente é feito para vender bonecos e/ou jogos – ou alguma outra coisa que agrade ao público japonês. Então, quem vê o anime deve entender que ele segue um modelo pré-pronto e por isso não pode reclamar de seus defeitos? De forma alguma, mas acho que o que se pode esperar desse tipo de obra não é muito diferente do que foi entregue por Kancolle – que eu adoro – e similares.

Ler o artigo →