Sim, sim, sim, SIM! Se tem duas coisas que eu gosto em relação à opinião de animes é quando eu acho que vai ser ruim e acabo me surpreendendo ou quando prevejo algo que seria bacana e acabo acertando, e bem, desta vez foi a segunda opção.

Há alguns episódios, eu havia falado que o Martin claramente era o King, e bem, eu estava certo, no entanto, não é apenas isso, o bacana de verdade que é o “maior vilão” do anime até aqui é apenas um rapaz que foi enganado e usado como massa de manobra, é… realmente, os horrors são criaturas mesquinhas. Passei praticamente o episódio inteiro pensando que ele pode ser o King, no entanto, não me parecia uma pessoa má em essência, e bem, eu também estava definitivamente certo, pois é óbvio que ele não sabia que a criação de El Dorado havia custado tão caro. A cena final com a Sophie querendo fazê-lo pagar por ter causado tanto mal é bem impactante e coesa, pois é claro que apesar de ela querer achar seu irmão desde o começo de Vanishing Line, ela também passou por poucas e boas, como o assassinato da sua “mãe”, fuga de diversos monstros, medo, viu mortes de pessoas comuns, foi sequestrada, e a última, viu um sacrifício para sua proteção.

El Dorado é um conceito muito interessante, de fato é um mundo “ideal”, onde as pessoas são felizes, têm paz, trabalham exatamente com o que gostam, mas bem, as pessoas não são bem pessoas de fato, certo? Então, isto põe tudo por água a baixo. É um belo paralelo com o paraíso cristão, certo? Onde tudo é lindo, tem paz, não tem necessidades humanas, mas bem, é possível realmente ser humano sem ter os prazeres que um humano comum tem? Claro, prazeres imbecis como deitar na cama depois de um dia imensamente cansativo ou mesmo o de fazer uma boa refeição depois de ter fome por algum tempo. Apenas friso que eu não sou teólogo, então, é apenas um paralelo que pensei enquanto assistia, e que na minha cabeça faz muito sentido.

Quem acompanha meus artigos aqui sabe que eu prezo muito por uma trilha sonora de qualidade, certo? Penso que sim. Animação bem feita é necessária, bom enredo e bons personagens também são necessários, e claro, um bom character design, mas nada disso vai constituir um anime ideal se não tiver uma boa trilha sonora! Não que a trilha sonora por si só já valha algo na minha classificação de “boa obra”, mas sim, é talvez um dos pontos mais importantes para mim, o mais importante de todos; e bem, Garo: Vanishing Line tem uma trilha sonora tão bem executada que não deixa nada a desejar, nos momentos tensos ela passa tensão de fato, nos momentos de luta tem aquela parte mais empolgante e bem, realmente passa o sentimento ideal, e neste episódio não é diferente, tudo aqui é bem feito, animação muito boa, enredo do episódio é pertinente e como já era de se esperar, a trilha sonora é uma delícia.

Eu pessoalmente não gostaria que o Martin morresse, ao menos não pelas mãos da Sophie, e acho que realmente não acontecerá, pois se fosse realmente para acontecer, o episódio não teria acabado exatamente aqui, certo? Em algum momento o Sword vai aparecer e salvar ele, pois ele sabe da real história contada pela sua irmã, e aí faltam cerca de quatro episódios para o final desta temporada, personagens importantes voltaram (Luke e Gina), coisas foram reveladas (criação de El Dorado e quem é o Martin), o passado do protagonista que até então era extremamente nebuloso também foi mostrado; agora, é só amarrar as pontas e finalizar bem.

  1. Fiquei completamente sem reação, apesar de ter ideia de quem fosse o King, ver que é alguém sem más intenções já fez uma diferença e tanto, quando comparado aos vilões dos dois animes anteriores; há uma concepção bem mais profunda e concordo que no fim, duas opções, ou o Martin se livra disto ou morre pra manter a humanidade vida.
    E torcer que façam uma finalização para esta terceira investida anime do “Garo” e não duvido que possa ter uma quarta animação, pois se a franquia é um tanto restrita, os animes dão uma visão mais ampla e acessível ao público em geral.

    • Com certeza espero que haja uma quarta investida. Eu mesmo ainda não vi a série original, mas acredito que verei quando acabar Vanishing Line, enquanto espero por uma quarta.

Discussão