Entre monstros sobrenaturais, demônios e uma sociedade tecnológica super desenvolvida que conta com a ajuda de poucos humanos com poderes especiais – vulgo espers -, essa estreia traz mais um daqueles enredos onde essa turma especial precisa combater um mal maior e por vezes mais enigmático do que devia ser. A pergunta agora é, será que isso presta?

Ler o artigo →

Depois de uma leve pausa da sua segunda temporada, World Trigger retorna nos preparando para toda a ação frenética que virá com as mudanças causadas pelos últimos eventos. De brinde essa estreia acaba nos revelando não só mais algumas figuras “novas” da Tamakoma, como ainda aprofunda outras que nem sabíamos que faziam parte dela. Estão animados para esse retorno? Eu definitivamente estou e vamos para o artigo!

Ler o artigo →

Um país sem otakices, dois “Japões” em conflito, com repressão e explosões pra tudo quanto é lado. Nessa guerra interdimensional contra tudo o que é bom – viva os otakus – o que podemos esperar da estreia desse anime que não esconde a sua galhofa, mas que tenta dar um charme especial a essa loucura?

Ler o artigo →

Quem diria que depois de todo aquele imbróglio e tristeza, a Kukuru iria feliz para o Tingaara? Pois bem, mas como nem tudo são flores, a pobre foi parar em um ambiente um tanto hostil e principalmente, fora das suas mais positivas expectativas. Como será que ela irá se desenvolver daqui para frente e o que esperar dessa nova fase?

Ler o artigo →

Amantes de um bom romance açucarado e a dois, se regozijem, pois estreou o anime que aguardávamos. Chegou a hora de acompanharmos uma bela história de amor e porque não, de superação, onde as duas figuras centrais precisam vencer o desamor e os infortúnios que a vida trouxe, para assim construírem sua felicidade.

Ler o artigo →

Depois de muito apoiar o seu grupo de heróis como um guia, Red os deixa para viver a margem da vida agitada de seus companheiros, sem pressões ou a preocupação de ser um fardo para os demais. Dito isto, o que esperar de uma aventura sobre um cara pacato vivendo numa cidade praticamente isolada e com um trabalho tranquilo?

Ler o artigo →

Entre uma ideia ambiciosa e um grupo de jovens animadas e sem nada a perder com qualquer loucura, o que surge? Bom, PuraOre estreia nessa temporada para nos responder essa pergunta através da jornada de várias garotas que estão pondo o seu pé no mundo do hóquei, mas não de qualquer jeito, afinal elas também são idols fofas e cativantes – aliás, serão.

Ler o artigo →

Algumas vezes certas produções são tão exageradas e bregas que tornam uma coisa potencialmente trágica em algo ironicamente funcional, claro, desde que esses excessos estejam compreendidos nos conceitos que a sua história estabelece – e que você também aceite isso. Bom, em Muteking the Dancing Hero eu posso dizer que encontrei o “tão bizarro que é bom” da temporada.

Ler o artigo →

É o dia da despedida e assim como é pra nós, aos personagens cabe a tristeza por ver partir um lugar, uma pessoa importante e também o sentimento de dever cumprido. Mas dentro disso, nem tudo é o fim, afinal as meninas finalmente conseguiram enxergar que ainda há uma luz no fundo do túnel para elas.

Ler o artigo →