Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Uma batalha divertida, em que imperou o elemento surpresa e sem surpresa nenhuma acabou não tendo nenhum vencedor no final. A Frente de Libertação do Japão pode se considerar a maior vitoriosa por não ter sido derrotada, mas teve baixas pesadas e vai precisar se deslocar para outra base. Zero e sua Ordem dos Cavaleiros Negros definitivamente não ganharam nada já que tinham um objetivo bem definido e não só não o alcançaram como ainda tiveram que sustentar suas próprias baixas – menores que as da FLJ, com certeza, mas ainda assim não desprezíveis. E Cornelia e sua divisão do Exército Imperial, tiveram perdas devastadoras em uma batalha na qual tinham vantagem numérica colossal, faltando pouco para a derrota total – a captura da princesa comandante.

E teve um punhado de outras coisas interessantes – provavelmente mais interessantes para o futuro da história do que essa batalha em si. Mas vou começar pela batalha mesmo – e por seus defeitos, que ah, se você está lendo minha série de análises de episódio de Code Geass, sabe que eu não seria eu se não enxergasse e apontasse um punhado de defeitos, não é?

Ler o artigo →

Uma nova temporada está próxima de começar com animes para todos os gostos que tem como destaques continuações de animes populares como My Hero Academia 2 e Ataque dos Titãs 2. Pessoalmente acho que tirando as continuações, essa nova temporada, a princípio, é mais fraca que esta que se aproxima do seu final. Eu não irei falar a respeito de todos os animes que serão lançados na próxima temporada, apenas vou comentar alguns.

Ler o artigo →

Qual é o seu preço? Essa é uma pergunta meio canalha, que assume que qualquer pessoa é capaz de abrir mão de seus valores morais ou de coisas mais substantivas, como relacionamentos ou até mesmo de pessoas (“Por quanto você mataria a sua mãe?”). Assume ainda que dinheiro é naturalmente mal e que portanto corrompe, bastando para isso encontrar a quantia certa para corromper qualquer dada pessoa.

Não acredito que qualquer pessoa seja capaz de atos vis por motivos mesquinhos, bastando para isso que o prêmio compense. É claro que nesse momento estou parado na porta de entrada do salão da discussão sobre a própria natureza da moral e etc. Não vou entrar nesse salão. Mas acredito sim, que dadas as condições adequadas, qualquer um é capaz de cometer vilezas.

Ler o artigo →

Está um frio danado aqui em São Paulo essa semana. Também pudera: o outono está começando, e com ele os dias começam a ficar mais curtos e os ventos polares deslocam os ventos tropicais. Aqui é o hemisfério austral, então meus ventos polares são naturalmente ventos do sul (não exatamente, por conta de outras questões geográficas, mas é do sul que eles vêm originalmente). No hemisfério boreal, gelado é o vento norte. E não é surpresa nenhuma que a ficção produzida por autores do hemisfério norte também associe o frio ao norte, mesmo quando a história se passa em um mundo completamente diferente, como é o caso de Zestiria.

Mas o avanço dos heróis em sua jornada em direção ao norte não foi a única coisa que gelou a alma nesse episódio.

Ler o artigo →

Alô, pessoal! Aqui estou eu, Tamao-chan, trazendo o último artigo deste anime incrível: Sangatsu no Lion!

E o último episódio não deixou de me surpreender. Desde o início, o anime seguiu à risca os acontecimentos dos pequenos capítulos que o mangá traz. E mais: os sentimentos de Kiriyama se tornaram mais reais. Dá para sentir o quão angustiado ele é, a depressão dele, o que se passa na cabeça dele com exatidão. E ainda rola aquela dúvida do porquê ele voltar para o colégio, sendo que ele é um jogador profissional de Shogi, e que obviamente os seus colegas de classe nunca se ateram a isso, já que Rei é um ano mais velho e todos se perguntam o que o faz faltar tanto. Lembrando que todos os jogos importantes caem em horário de aula e até mesmo de provas e que jogadores profissionais só podem faltar por motivos de morte de alguém próximo.

Ler o artigo →