Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Tenho uma interpretação para esse episódio que é altamente controversa. Com todos que conversei, em toda parte que comentei, foi mais fácil encontrar quem discorde do que quem concorde comigo. Quando algo assim acontece é fácil suspeitar de si mesmo, não é? Mas vou sustentar minha posição mesmo assim. Não porque eu sou teimoso, mas porque eu acho que mesmo as alternativas à minha interpretação levam ao mesmo resultado. Na verdade não apenas acho: já vi por aí interpretações diferentes que, no entanto, chegaram a uma conclusão parecida. Exporei minha posição, portanto, e listarei também algumas alternativas.

E de que estou falando afinal? Bom, não escrevi esse título no sentido metafórico. Eu realmente acredito que a Mumei matou a própria mãe nesse episódio. Além disso vou comentar sobre outras coisas desse episódio, então não feche a página agora ainda, mesmo se discordar de mim que a Mumei tenha matado sua mãe, poderá concordar noutras coisas, não é?

Ler o artigo →

O título é uma menção e uma homenagem a um artigo do blog É Só Um Desenho que acabei de recomendar no oitavo artigo de recomendações da Blogosfera, no qual o Diego disserta sobre a influência que obras de ficção em geral e o anime em particular pode ter em seus espectadores/consumidores.

A cena sobre a qual vou falar aqui não é particularmente significativa para o episódio, embora seja muito bonita e seja perceptível o capricho que a equipe de animação colocou nela. Me refiro, como a imagem de capa já revelou, ao momento em que a Yukina, a maquinista do Koutetsujou, desveste sua jaqueta para melhorar a mobilidade e num movimento brusco e poderoso puxa uma alavanca do trem, tensionando vários músculos nas costas e nos braços, que ficam bastante visíveis.

E o que tudo isso tem a ver? Eu pensei em comentar isso no artigo do Diego, mas achei que escrever aqui em forma de testemunho seria melhor: eu nunca vi mulheres musculosas como belas ou sexualmente desejáveis. A minha imagem de mulher musculosa era a imagem que eu tinha de qualquer pessoa que malha em academia, e aqueles movimentos repetitivos, aquele suor gratuito e aquelas roupas coloridas e coladas nunca me agradaram. Esse episódio de Kabaneri me mostrou uma mulher musculosa em uma situação prática. E nossa, ela é bonita, não é? Nunca mais vou enxergar mulheres musculosas da mesma forma, graças a Kabaneri of the Iron Fortress. É só uma bobagem, mas você ainda acha que anime é só um desenho?

Veja um gif animado da cena em toda a sua glória abaixo:

Kabaneri of the Iron Fortress - 6 - Yukina