Fábio "Mexicano" Godoy

Bom dia!

Eu pensei em fazer um artigo longo, mas já fiz isso nas últimas semanas, seria basicamente a mesma coisa mas terminando com “voltei” ao invés de “espere mais um pouco”.

Também pensei em já começar com um artigo de verdade, mas para isso eu precisaria de tempo para pesquisar, coisa que não tive, pois realmente acabo de retornar, então iria ficar uma porcaria.

Então, ao invés disso, um direto e reto “voltei”.

Obrigado pela paciência.

 

Bom dia!

Não estou de brincadeira, é isso aí do título. É difícil mesmo.

Digo, agora na fase final está bem difícil, mas o olho da tempestade é essa semana, para o bem ou para o mal.

Então, pois é, esse editorial na verdade é um pedido de desculpa por não ter um editorial decente. Me desculpe, de verdade. Nem uma imagem mais legal para a capa desse texto que inventei só para dar satisfação eu consegui.

Quero dizer, adoro Love Hina, e o Keitaro só se ferra estudando, então pensei em usar uma imagem dele estudando. Quem disse que achei? Suponho que se tivesse procurado com mais afinco, encontraria. Mas e o tempo? Estou tendo problemas justamente com o tempo, não faz sentido. Fica essa daí então, minha cara não é muito diferente nesse momento.

Em todo caso, já escrevi sobre clássicos e terminei aquele artigo separando o que é clássico do que é apenas nostálgico. Love Hina é nostálgico pra caramba para mim, até quero crer que seja algo importante para o subgênero harém, mas … um clássico?

Então fica uma ideia para editorial futuro, quem sabe. Já escrevi sobre clássicos, agora que tal escrever sobre nostalgia?

Lupin III

Bom dia!

Ou: Por que ler mangás clássicos.

Ou na verdade serve para qualquer tipo de mídia. Mas o foco aqui são animes e mangás, e nesse artigo em particular vou concentrar os exemplos em animes.

A ideia para esse editorial veio das infelizes notícias sobre as mortes dos mangakás Monkey Punch, mais famoso por Lupin III, e Kazuo Koike, mais famoso por Lobo Solitário.

A morte de uma pessoa é sempre uma tragédia. Sendo duas pessoas importantes para a história do mangá e do anime no Japão, dado que suas obras são inequivocamente clássicos, é também um momento de pesar para toda a indústria e aqueles que com ela se importam ou ela acompanham.

Ao invés de uma eulogia, porém, e notando a minha própria ignorância sobre as obras desses autores, decidi escrever um artigo sobre a importância dos clássicos e porque deveríamos assistir ou ler essas obras.

Ler o artigo →

Angela

Bom dia!

No editorial da semana passada eu recapitulei as primeiras impressões que já haviam sido publicadas no Anime21. Eram poucas, porque a maioria dos animes estreou no fim de semana imediatamente anterior e não houve tempo hábil para que redigíssemos os artigos.

Uma semana se passou e agora praticamente todos os animes já estrearam, bem como já tiveram seus artigos de primeiras impressões publicados. Acho que estamos apenas no aguardo de Ataque dos Titãs, que no momento em que esse editorial é redigido ainda não estreou.

Então nesse artigo irei listar todas as 17 primeiras impressões de animes da temporada de abril que publicamos nessa última semana. Dá uma olhada se você perdeu algum!

Aproveito também para informar sobre as mudanças que teremos em algumas de nossas colunas. É coisa pouca.

Ler o artigo →

Desculpa!

Estamos planejando algumas mudanças nas colunas que se efetivarão na próxima semana. Isso não significa que estamos com problemas com elas, apenas decidimos mudar algumas coisas mesmo para tentar oferecer conteúdo ainda melhor para você e nossos demais leitores.

Mas infelizmente houve um problema pontual hoje que nos impediu de publicar a coluna normalmente. Semana que vem estamos de volta! Agradecemos a sua compreensão e vamos continuar nos esforçando para que casos como o de hoje não se repitam.

Pelo resto dessa semana as mesmas colunas que você já conhece se é nosso leitor contumaz continuarão saindo normalmente.

Até mais!

 

Bom dia!

Quais animes assistir nessa temporada? Já sabe? Escolheu algum? Assistiu quantos?

Estamos entrando na segunda semana do mês, mas só nos últimos dois dias, esse fim de semana, que a temporada começou pra valer. Um monte de estreias! Fizemos o possível para cobrir vários animes. Durante o dia, a semana, e enquanto ainda houver anime estreando, continuaremos publicando artigos de primeiras impressões.

No editorial de hoje, as estreias que já cobrimos até o momento em que esse artigo foi redigido. Já dá para começar a escolher alguns animes, não dá? Às vezes dar uma chance para algo que normalmente deixaria passar é recompensador – nunca se sabe de onde virá a próxima surpresa!

Ler o artigo →

Bom dia!

Altos executivos da Disney, reunidos com Mickey e Pateta no Castelo da Cinderalla, fizeram o anúncio bombástico: o próximo filme da série paralela “Uma História Star Wars” vai ser um anime. O estúdio, porém, não foi revelado.

Ok, eu não sou bom com brincadeiras de primeiro de abril, e eu sei que a perda da canonicidade da série animada Guerras Clônicas, de 2003, ainda é motivo de amargor para muitos fãs da franquia. Não quis chatear ninguém, desculpe.

Para compensar, que tal se eu listar alguns animes espaciais legais?

Ler o artigo →

Bom dia!

Sexta-feira passada encerramos uma das mais grandiosas sequências temáticas de artigos até então na história do Anime21: as listas de animes artísticos.

Foram 55 animes, divididos em 6 listas, dos mais diversos gêneros de anime e retratando diversas formas diferentes de arte. Eu, o Flávio e o JG21 escrevemos os artigos, e quase todos os demais redatores (e até o parente de um redator) ajudaram a compor os artigos descrevendo animes específicos.

Caso tenha perdido algum, esses foram os artigos:

6 Animes de artes ocidentais
6 Animes de artes “de otaku”
6 Animes de artes tradicionais japonesas
13 Animes sobre idol femininas
10 Animes sobre idol masculinos
14 Animes musicais

A divisão entre eles é arbitrária – em alguns casos mais arbitrária do que em outros. Mas se é difícil definir quais são esses ou aqueles tipos de artes, essa dificuldade é ainda maior para definir o que é arte.

Ler o artigo →