Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

MEU DEEEEEEEEEEEEEUUUUUUUUSSSS!!!! Tá, calma… respira… Faz mais ou menos uma hora que eu vi e tudo ainda está bem fresco na minha mente.

Como eu faço pra descrever isso? Perfeito! Só essa palavra define este final de Tsuki pra mim, é o tipo de final que eu sempre sonho em ver nos animes de romance com pitadas de drama, finais onde o amor prevalece, finais mais mágicos e menos “realistas”, mas Tsuki conseguiu ser ambos.

Ler o artigo →

Tá aí a resposta para a minha pergunta, não estavam todos os problemas resolvidos, esqueci do fato do Azumi não contar aos pais da pretensão de ir para a Koumei. Claro que não ia ficar de graça, teve um episódio todo para resolver este problema. A Akane me parece 100%, mas o Azumi ainda tem esse arco para finalizar.

Ler o artigo →

Infelizmente a mudança da Akane parece inevitável, mas como o Japão é pequeno e o Azumi a ama muito, isso não será lá um grande problema.

No momento final do último episódio o Azumi fica chocado e liga para Akane na hora. Ela fala sobre o Koumei, colégio que pretende ir, e sem falar nada a ela, no dia seguinte o Azumi procura saber mais sobre o lugar. No outro dia, a Akane pega uma recomendação para a Koumei e se matricula no mesmo curso do Azumi. Na saída, eles resolvem conversar no caminho para casa. A Akane fala que vão ficar longe e pede desculpa, mas ele diz que vão ficar bem assim e anuncia sua pretensão de ir para a mesma escola.

Ler o artigo →

Com o relacionamento dos dois “bem resolvido”, está na hora dos problemas, que serão: A nova escola dos dois, a possível mudança da Akane e o rumo do Azumi no seu sonho como escritor.

Eles estão na loja do amigo do Azumi conversando sobre a possibilidade da mesma escola para os dois, o dono chega e eles vão pra casa. Em casa a Akane está falando com sua mãe sobre a escola também, até que seu pai faz um anúncio: talvez tenham de se mudar por causa do trabalho dele. Já o Azumi, no jantar com os pais, leva uma bronca da sua mãe, que também briga com o pai por protegê-lo.

Ler o artigo →

Com um intervalo pequeno, Tsuki não rende muito e já mostra o tão esperado beijo. O tal aconteceu de forma bonita e, principalmente, natural. A Naturalidade é a característica que deixa Tsuki tão bom. Começamos com a Akane conversando com as amigas sobre o fato de seu namoro estar ficando famoso na escola; oAzumi ensaiando para o festival, feliz ao pensar na Akane. No intervalo do seu ensaio conversa com a Akane querendo ir para casa com ela depois da escola, mas ela tem atividades do clube. Na sala de aula, o Azumi chega, e todos estão comentando sobre seu relacionamento com a Akane, seus amigos até brincam. Já com a Akane, ela nem entra na sala e as amigas já a arrastam para o banheiro, lá perguntam o que ela gosta nele, mas ela fica corada e não consegue responder. Comentam também sobre o beijo, que ainda não havia sido dado e dizem que o Azumi não conseguiria. Coitadas. O Azumi está com os amigos quando eles o sugerem espera-lá para irem embora juntos, afinal ele é o presidente do próprio clube.

Ler o artigo →

O que falar desta obra prima? O estúdio Feel tá arrasando em todos os pontos do anime, menos no tempo dos episódios, que poderiam ter uns 500 minutos fácil, né? E neste eles vieram para partir corações, inclusive os nossos, ao ver a Chinatsu chorar. Não tem quem não tenha chorado junto. Mas vamos ao episódio. Neste eles vão ao parque de diversões, pois a Chinatsu conseguiu alguns ingressos e chamou a Akane, o Azumi e o Hira, o resto comprou o seu próprio. Na fila da montanha russa, na hora de entrar, a Chinatsu chama o Azumi para sentarem juntos, deixando ele encucado e  a Akane enciumada.

Ler o artigo →

Mais uma divindade em forma de animação (estou exagerando sim, eu sei). Um episódio de evolução dos personagens, que, assim como nós, tem problemas. A Akane vai visitar a Chinatsu mas não a encontra; o Azumi treina para a apresentação do seu bairro. A Akane está conversando com as amigas sobre a próxima competição e tomando sorvete; o Azumi recebe uma ligação de uma editora, enquanto leva uma “bronca” da mãe por causa dos estudos. A Akane está jantando quando os pais perguntam se querem sua companhia na competição, ela diz que não precisa, quando indagam o porquê a sua irmã insinua que ela pode ter um namorado, e a cara que a Akane faz é impagável. O Azumi a chama para a “biblioteca amanhã” de novo.

Ler o artigo →