Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Aparentemente a Presidente e o Honda estão resolvidos, pelo menos foi o que demonstraram suas atitudes durante todo o episódio. Agora é finalmente a vez do Mishima e da Mashiki, a não ser que novamente resolvam inventar um novo casal aleatório para ser o foco de um episódio inteiro. Também temos a triste chance de que aconteça algo de ruim com a Mashiki, pois é o que eles estão tentando nos dizer.

Ler o artigo →

“Todo homem tem em si o traidor mais perigoso.”

Será que teremos uma surpresa por parte da turma C no próximo episódio? Eu tenho uma leitura bem simples da possível e provável estratégia que eles vão usar. Eu estou na torcida para que não consigam pois, se der certo, vai arrasar com as estruturas das outras equipes, inclusive a dos nossos protagonistas.

Ler o artigo →

Maldita cabeça de baixo que fala mais alto que tudo no seu corpo. Maldito Neji que não consegue controlar um impulso. Maldita Ririna que repete um conjunto de ações sempre e nunca dá certo. Maldita Takasaki que não sabe o que quer (ou pelo menos não fala). Esse conjunto de malditos me fazem ficar puto todo episódio por se afundarem cada vez mais uma situação quase impossível de sair.

Ler o artigo →

Atenção: Todos as Screenshots apresentadas neste artigo serão do Honda correndo por motivos de micão. Obrigado.

Como um anime do estilo de Konbini ia terminar sem a clássica cena, que sempre me dá uma vergonha alheia inexplicável, do cara correndo para chegar onde a garota estar, ou vice-versa? Claro, eu já imaginava isso, tava até demorando. E o melhor, não foi com o casal principal, foi com o suposto secundário que tem mais foco que todos os outros!

Ler o artigo →

 “O homem está condenado a ser livre.”

Eu tenho uma leve saudade de quando estas frases do começo faziam o maior sentido e tinha total a ver com o episódio. Agora elas só parecem frases retiradas da cabeça dos dirigentes que falaram “bota qualquer coisa aí“. Porém, diferente das frases, o anime continua interessante e coerente.

Ler o artigo →