Bem… Eu escolhi fazer esse artigo pois estava com vontade de ver um filme de anime bom, mas aconteceu o contrário. Eu sei que muito provavelmente minha opinião vai contra mais de 80% das pessoas que viram  filme, mas eu tenho meus motivos e vou listar todos aqui. Esse artigo vai ser apenas para explicar o porquê eu não gostei, então eu quero que vocês me refutem nos comentários, tentem mudar minha opinião!

O primeiro motivo é que o filme é confuso demais. Eu tive que fazer um desenho pra entender as direções para onde a gravidade apontava em cada canto no qual eles estavam. Eles precisavam dar mais atenção pra isso, deixar mais detalhado o que são os mundos, como funcionam. O filme tem uma ideia que no gênero de ficção cientifica ficaria muito interessante, mas dava pra terem dado o MÍNIMO de atenção pra explicar o que aconteceu direito, e não com uma historinha de 20 segundos.

O segundo trata-se da minha insatisfação com um universo bem criado que não foi explorado. Eles desconsideraram completamente tudo que envolvia o mundo no céu (o que a Patema não é a invertida, e sim ele). Tinham várias casas, OBVIAMENTE haviam pessoas ali, mas não apareceu ninguém, e ele simplesmente concertaram a máquina e foram embora. A Patema nem considerou explorar o mundo onde ela pode encontrar pessoas que possam explicar a ela o que ela é, ou o motivo dela ser assim, esse pra mim foi o maior erro.

Terceiro e último, eu não gostei dos personagens. Me desculpem, mas o filme não me deu um motivo pra gostar deles. A Patema é uma “princesa” (não sei de que, provavelmente daquele povo invertido, mas ninguém sabe de quem ela é filha) que quer sair do lugar onde está e explorar o mundo, ponto. E o protagonista é um cara que não é babaca como os líderes de onde ele mora e é filho de um cara legal (a Patema tem parentesco com o outro cara lá, amigo do pai do menino, mas só isso também) E SÓ!!! Eles não te dão motivos suficientes pra você falar “eu gosto deles”, e isso em um filme, na verdade em qualquer obra, é péssimo.

Bem, é só isso mesmo, tirando esses detalhes o filme é aceitável. Eu sinceramente não acho que o filme mereça metade da nota que tem no MAL. Ele nem chega a ser tão divertido. Sim, eu só trouxe os lados negativos, mas até que o filme é fofo, tirando isso é ruim mesmo. Quero que minhas próximas experiências com filmes “antigos” (esse não é tão antigo, 2013) que me recomendarem não sejam tão ruins. O filme tem mais 4 episódios que funcionam tanto como prequel quanto como spin-off’s, mas eu não vou ver. Se vocês viram e eles tapam buracos do filme, me avisem!

 

 Um abraço e até a próxima <3!

  1. Bom, eu gostei do filme, mas em hipótese alguma posso discordar das tuas críticas sobre ele, pois essas são verdadeiras.
    Começando pelas personagens, eu só gostei minimamente da Patema e um pouco mais do Age (o protagonista). Já o vilão da história, além de ser maléfico, manipulador e hipócrita, ele era muito cartunesco, em momento algum, deu para sentir raiva dele, e os lacaios dele a mesma história.
    Agora a história, ela tem imensos furos, não usou o tempo como devia (que poderia ter sido usado, para explorar e explicar o porquê daquela catástrofe ter acontecido), perdeu tempo, com algumas coisas insignificantes e nos momentos chave, não soube impactar e nem surpreender.
    A trilha sonora e a dublagem, foram medianas no filme, sendo que as ost, foram meio esquecíveis, mas a dublagem em alguns pontos compensou isso.
    O filme como um todo, falhou redondamente como um sci-fi, mas funcionou razoavelmente como um seinen.
    Eu dei uma boa nota para o filme, na altura que o vi (que foi um 8, salvo erro), mas se visse o filme hoje, com certeza a minha nota seria completamente diferente.
    Excelente artigo do filme de Sakasama no Patmema MarcosBSG.

Comentários