Suna, Takeo e Yamato.

Ore Monogatari!! é um anime estilo shoujo que começou a ser exibido em 2015, tendo ao todo vinte e quatro episódios cheios de cenas fofas, em sua maior parte. O mangá começou a ser escrito em 2011 e terminou no meio deste ano, e recentemente começou a ser publicado aqui no Brasil pela Panini, sendo conhecido como Minha História.

Curta o anime21 no facebook:

Logo de cara podemos imaginar que seria um shoujo totalmente normal, a não ser pelo fato do personagem principal, Takeo Gouda, estar longe de ser considerado o tipo ideal pelas garotas de sua idade com a sua altura exagerada e todos os seus músculos em excesso, sem contar o fato de que ele não possui o rosto que se encontra normalmente nos garotos mais desejados nos animes. Acho que à primeira vista isso meio que me chocou, pensei realmente que seria algo forçado demais, mas à medida que os capítulos passavam eu só conseguia me apaixonar mais e mais por ele.

Takeo e seu olhar apaixonado.

Takeo e seu olhar apaixonado.

Takeo é um cara excepcional. A maior parte das meninas o acham bizarro, já os caras só queriam ser como ele. Forte, amigável e prestativo, ele está o tempo todo ajudando e se importando com os outros, principalmente com o seu melhor amigo de infância, Makoto Sunakawa, o cara bonitão da história, mas que está longe de fazer parte do casal principal. Suna, como é chamado por Takeo, mesmo que passe a maior parte do tempo “na dele”, está sempre perto do amigo. No começo pensei que ele seria aquele tipo de personagem um pouco idiota, como muitas vezes acontece com aqueles caras que são extremamente charmosos e recebem toda a atenção das meninas, mas para a minha surpresa ele era totalmente o oposto disso. Para quem assistiu o anime é possível perceber claramente que o Suna sempre se importou muito com o Takeo, principalmente quando o assunto era uma menina.

Mesmo nunca chamando a atenção positiva das garotas, Takeo nunca perdeu o seu lado romântico. Quando ele encontra a pobre Rinko Yamato sendo assediada em um trem, ele não pensa duas vezes antes de ajudá-la. Depois disso, Takeo se transforma em um herói para Yamato e os vários acontecimentos durante o anime só reforçam isso para ela. Eles se apaixonam, mas devido ao seu histórico, Takeo pensa que ela gosta do Suna, porém isso é algo que se resolve logo nos primeiro episódios.

Yamato entregando uma de suas várias comidas deliciosas a Takeo.

Yamato entregando uma de suas várias comidas deliciosas a Takeo.

Ore Monogatari!! é, principalmente, a história de amor do Takeo, porém não deixa de fora outras histórias paralelas envolvendo as pessoas ao seu redor. Mesmo que muita gente tenha achado que ao decorrer do anime a história tenha ficado muito repetitiva, já que passa boa parte do tempo naquelas cenas fofas entre o Takeo e a Yamato, devemos nos lembrar que se trata de um cara que nunca foi correspondido no amor e que não possui nenhuma experiência em relação a isso, juntamente com uma falta de tato enorme, já que muitas vezes ele não percebe o que está na sua frente.

Yamato e Takeo demonstrando o seu amor da forma deles, bem desajeitados.

Yamato e Takeo demonstrando o seu amor da forma deles, bem desajeitados.

Para mim, mesmo que tenha sido um romance bem normal no final das contas, não deixei de me apaixonar pelos personagens e de dar várias risadas com as coisas que aconteciam, até porque, de certa forma, parecia uma história romântica mais real que muitas outras que vejo por ai, sem contar que é impossível não ser cativado pelo Takeo ao decorrer do anime.

 

Revisado por Tuts

Gostou desse artigo? Compartilhe:

  1. Este anime num todo é muito bom, na altura em que ele começou a ser exibido, lembro-me que muita gente o dropou, só por ser mais um shoujo bonitinho e que parecia ter uma trama rasa. Para quem dropou o anime não sabe o que perdeu, o anime estava cheio de personagens bons, principalmente o grande protagonista (literalmente) super gente boa e amigo do seu amigo, a carismática Yamato, um personagem super doce e kawai e o melhor amigo Suna.
    Eu acho que este anime tentou mudar um pouco o estereótipo do protagonista super elegante e bonito, na realidade nem todos são bonitos (se bem que uma pessoa que se prece não liga à aparência exterior mas sim à interior), neste quesito o anime se saiu muito bem, com o protagonista muito fora do padrão no mundo dos animes. O Takeo é um personagem impossível de esquecer, desde já pelo seu tamanho e aspecto, mas acima disso pelo seu carisma e de ser super gente boa, A cena que ele chama a atenção ao cara que estava a assediar a Yamato no trem foi muito boa, quem não ficaria com medo se um homem de 2 metros e 120 quilos se dirigi-se a nós com uma cara enfurecida, aquela cena em que ele na delegacia dá um muro ao molestador foi muito boa. Depois dai o anime desenvolveu-se muito bem, a relação entre o Takeo e a Yamato foi muito bonita até ao final do anime. Não me posso esquecer o melhor amigo do Takeo, o Suna, aquele que tinha as características para ser o protagonista padrão no anime, mas não foi apenas um personagem de suporte, mas executou muito bem o seu papel na trama. Ganhei um respeito enorme pelo personagem, quando se veio a descobrir que ele rejeitava todos os pedidos de namoro das garotas, simplesmente pelo facto de estas dizerem e falarem mal do seu melhor amigo Takeo, simplesmente um personagem que merece respeito.
    Excelente artigo Isabella.

    • Isabella

      Eu realmente acho que quem desistiu de ver ore monogatari perdeu a chance de conhecer uma boa história. Com toda a certeza é um shoujo bonitinho, mas acho que vai bem além disso, já que é impossível não desejar ter um amigo como o Takeo ou o Suna, ou achar a Yamato fofa. Ao meu ver a história fugiu do normal e ela tem um legar especial pra mim, até porque ela não era pra ser apenas a história de como o Takeo encontrou a Yamato, e sim a história que nos mostra como ele é uma pessoa incrível com todos a sua volta e que, muitas vezes, as aparências enganam. Acho que deveriamos nos lembrar sempre de como o Takeo é e tentar ser o melhor para os outros, mesmo não recebendo o devido respeito por isso e, também, nos lembrar de procurar o melhor nas pessoas.
      Obrigada por gastar um tempinho lendo.

      • Eu já sou um leitor assíduo do Anime21, era impossível eu não ler e comentar um artigo de um anime que eu gostei muito de ver.

Deixe uma resposta