Occultic;Nine - 01 (1280x720 HEVC2 AAC).mkv_snapshot_00.44_[2016.10.15_23.35.30]

Baseado na Light Novel de mesmo nome, Occultic;Nine tem uma premissa interessante e um primeiro episódio tão confuso quanto, mas que, infelizmente, não consegue prender a atenção de quem o está assistindo.

Curta o anime21 no facebook:

Uma das primeiras coisas que eu olho quando estou garimpando Animes de temporada é quem os está produzindo. Creio não ser o único que faça isso quando se chega a um certo nível porque muita coisa fica repetitiva e a falta de tempo faz com que não acompanhemos tudo. Alguns assistem por estúdio, outros por franquia, gênero… Eu costumo pegar pelas pessoas que os estão produzindo, como roteirista, diretores, sendo esse o caso de Occultic;Nine. Sendo assim, um Anime dirigido por Kyohei Ishiguro, que já trabalhou em Psycho Pass e Shigatsu wa Kimi no Uso, e Jin Aketagawa, que foi Diretor de Som das duas temporadas de Aldnoah Zero, eu não poderia deixar passar.
Occultic;Nine tem uma premissa interessante mas que infelizmente não consegue ser bem usada se levando em conta um primeiro episódio bastante corrido e cheio de informações inúteis que não conseguem prender a atenção até o final mediano. As principais cenas são ligadas ao Yuta, sempre remetendo muito àqueles Animes Ecchi que têm um personagem nerd tarado e uma garota meio retardada com peitões. Essas cenas cortam totalmente o clima de mistério que poderia ser bem trabalho nos 8 personagens que aparecem em destaque. Foi um desperdício de plot que poderia muito bem ser trabalhado se fosse levado mais a sério.

No primeiro momento, somos levados a uma cena a que, creio eu (ASSIM ESPERO), tudo vai ser ligado no decorrer do Anime. Depois, conhecemos o criador de um site sobrenatural, assim como a sua assistente. Yuta é dono do famoso (não tão famoso assim) blog do Kiri Kiri Basara, que é um portal agregador de acontecimentos sobrenaturais. Ele trabalha pura e exclusivamente por dinheiro vindo dos patrocínios e conta com a ajuda da Ryoka, que só está ali pra puro Fanservice.

Yuta Gamon- Dono de um Blog de portal sobre eventos sobrenaturais.

Yuta Gamon- Dono de um Blog sobre eventos sobrenaturais.

Yuta está sendo um dos piores personagens que eu já olhei. Fala de forma exagerada com grande euforia e a sua ajudante é aquela típica garota burra de Light Novel. Toda vez que aparece, é um desvio cômico muito desnecessário. Lembro que Hamatora também se utilizava disso e era um Anime que em si se levava a sério mesmo tendo essa pegada, mas a comédia não chegava a atrapalhar como está sendo em O;N.

Ryoka Narusawa- Ajudante do Yuta

Ryoka Narusawa- Ajudante do Yuta

Logo depois, somos levados a um programa de TV com um debate sobre paranormalidade, com destaque no professor Hashigami, que é um cientista que estuda a área de parapsicologia e que diz acreditar em almas.

Sarai Hashigami- Filho de um famoso cientista que membro de uma organização de pesquisas sobrenaturais.

Sarai Hashigami- Filho de um famoso cientista que é membro de uma organização de pesquisas sobrenaturais.

Em seguida, vemos o filho de Hashigami, Sarai Hashigami que, pelas suas palavras, não acredita no trabalho do pai. No pátio do colégio, temos o encontro com Ririka Nishizono, uma mulher misteriosa cujas palavras terão total impacto no final do episódio.

Ririka Nishizono- Demonio?

Ririka Nishizono- Demônio?

Agora somo levados a uma sala editorial da Mumu Mensal onde Touko Sumikase trabalha. Ela conversa com o editor chefe sobre uns manuscritos do professor Hashigami.

Touko Sumikase- Trabalha num jornal que ao que se parece investiga fatos sobrenaturais.

Touko Sumikase- Trabalha num jornal que, ao que parece, investiga fatos sobrenaturais.

Aqui surge o segundo mistério sobre a real existência de fantasmas. Mas nada tão explícito como a apresentação da próxima personagem principal.

Kurenaino Aria é uma garota que faz trabalhos de magia negra. No primeiro momento, ela aparece com uma cliente que deseja colocar uma maldição em alguém. Pelo lado cético, você passa a não acreditar desde o começo que aquela garota tenha algum poder, mas logo vem a surpresa. Assim que a cliente sai, aparece um fantasma que a garota chama de Sr. Diabo. Logo depois, se segue uma cena bizarra que eu não irei mencionar.

Kurenaino Aria- Faz trabalhos(macumba) e parece ter conivência com espíritos. Foi a personagem que mais me chamou atenção.

Kurenaino Aria- Faz trabalhos (macumba) e parece ter conivência com espíritos. Foi a personagem que mais me chamou atenção.

Agora voltamos a Yuta e à ajudante em mais uma fuga de comédia que tanto destruiu esse Anime. Aparece um Flashback do primeiro encontro de Yuta e Ryoka. Logo depois, temos o encontro dos dois com Miyuu.

Miyuu Aikawa, ao que parece, é uma vidente que transmite um programa de TV daqueles que só o Japão tem. Depois de Yuta revelar que gosta dela, Ryoka lhe diz que estuda na mesma escola que eles. O encontro acontece e, pra surpresa de todos, Miyuu parece conhecer Yuta, pois diz estar à sua espera.

Myiuu Aikawa- Clarividente juvenil que tem um programa de televisão pela qual Yuta é apaixonado.

Miyuu Aikawa- Clarividente juvenil que tem um programa de televisão pela qual Yuta é apaixonado.

Esse é o último personagem a ser apresentado. Ele aparece na frente da casa do Professor Hashigami como se estivesse observando. São poucos segundos e, além disso, não se tem mais nenhuma informação sobre ele.

Shun Moritsuka- ??????????

Shun Moritsuka- ??????????

Voltamos para a lanchonete/bar(?) em que Yuta e sua ajudante ficam, agora com a presença de Miyuu. Ela decide entrar pro grupo e, em meio à discussão sobre uma investigação, Yuta acaba indo para a casa do professor Hashigami fazer uma entrevista surpresa. E é aqui que acontece a cena mais bizarra do Anime sucedida por uma sequência de cenas que ligam todas as lacunas do episódio à cena final.

Occultic;Nine - 01 (1280x720 HEVC2 AAC).mkv_snapshot_21.49_[2016.10.15_23.05.58]

A animação está bem fluída, como era de se esperar do diretor. O traço está simples mas compensa pelo trabalho bem feito sem aquelas quedas de qualidade horríveis vistas pela Toei. Esperava mais da Direção de Som, que só se resumiu a um som ambiente bem localizado.
As Opening e Ending estão bem feitas e não são enjoativas, prendendo a atenção. Foram feitas, respectivamente, por Kanako Itou (veterana que trabalhou também em Steins;Gate, Dramatical Murder e School Days) e Asaka que, apesar de não ter nenhum trabalho de destaque, conseguiu superar a sua senpai na música de encerramento.

O autor da Light Novel é Chiyomaru Shikura. Bastante conhecido por ter trabalhado em Steins;Gate. O mesmo se utilizou da fórmula Ponto e Vígula (”;”) que já remete a uma obra de mistério científico para dar maior viabilidade a sua obra, que também usa a mesma formula de S;G, só que de uma maneira bem ruim. Ainda não tive a oportunidade ler a Light Novel, então não entrarei mais a fundo na questão sobre adaptação. Também não irei comentar mais sobre o primeiro episódio por ser uma bagunça. Farei isso nas próximas postagens que irão vir.

Occultic;Nine não é uma obra que se deva esperar mais do que ela mostrou. Tentando ser bastante original numa fórmula de sucesso, acabou falhando e se tornando só mais um Anime de Fanservice apelativo. Os próximos episódios irão confirmar ou rejeitar a minha opinião sobre a mesma.

 

Revisado por Tuts

Gostou desse artigo? Compartilhe:

  1. Este anime com toda a certeza vai ser um dos mais fracos nesta temporada, senão o mais fraco. Eu para ver o primeiro episódio demorei uma eternidade para o ver de tão desinteressante que este primeiro episódio foi. Eu quando li a sinopse até que parecia que ia ser uma coisa decente, mas pelos vistos enganei-me. Não gostei dos personagens, não gostei do desenvolvimento da trama, a única coisa que me manteve a ver o episódio foi a arte diferente deste anime.
    Vamos ver se daqui para a frente a coisa melhora um pouco, o protagonista por enquanto não é nada de jeito, os outros personagens não tenho nada a dizer.
    Este anime vai ser bom para quem goste de coisas ligadas ao isotérico e esse tipo de coisas, por enquanto vou seguir o anime, eu já vi o segundo episódio e já achei mais interessante.
    Parabéns pelo teu primeiro artigo Kevin Mathias estava muito bom.

  2. Acho bem complicado julgar um anime apenas pelo primeiro episódio, mas O;N teve tantos pontos negativos que fica difícil defendê-la.
    No entanto, eu não diria o pior dos piores, vou dar mais uma chance pra obra tentar se alinhar e mostrar sua história.
    Espero no mínimo que haja uma desconstrução de alguns personagens, pq lidar com essa comédia forçada não vai dar não.

    Parabéns pela Review :)

    • Fábio
      Fábio "Mexicano" Godoy

      “Respondendo” aqui no lugar do autor:

      Escrevemos artigos episódio a episódio, naturalmente “o mais fraco da temporada” quer dizer que, _até esse episódio_, o KM achou-o mais fraco que todos os outros que ele assistiu =)

      Eu não acho nada porque não assisti e acho que nem pretendo =D Mas é isso, nenhum julgamento aqui é definitivo antes do episódio final o//

      • Só complementando…não foi uma crítica ao autor da review não, nem a Review em si. Só disse que eu não diria que é o pior anime da temporada (até pq nem assisti a todos e nem vou >.<). Ele pode até ser, mas na minha opinião eu não consigo falar isso assistindo apenas um episódio.

        Eu não acho errado ele dizer isso no entanto, pois expressa a opinião dele.

    • Opa. Valeu pelo feedback. Tou fazendo a analise por episódio e ,creio eu, não vai melhorar. Dei só uma estrela e se melhorar vou aumentando ou diminuindo. Espero que realmente melhore pq tava no maior hype pra ser algo bom, mas tá mais do que fraco. Tá mega ruim.

Deixe uma resposta