Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Este episódio foi muito interessante! Antes de assisti-lo, fiquei com receio de quase dormir no meio, mas percebi que me deixou mais entretida do que o esperado. Vamos dizer que uma boa parte do turismo do Japão surgiu por causa dos animes. Muitas paisagens são conhecidas, e os fãs de animes se divertem muito tirando fotos nas mesmas posições em que seus personagens favoritos se encontram. Claro que nem todo cenário é conhecido, mas com certeza a mídia tenta encontrar artifícios para que seja visitado, mesmo que inconscientemente.

Curta o anime21 no facebook:

Este episódio mostrou coisas bastante relevantes para a cultura japonesa, principalmente para quem gostaria de visitar o país. Já estamos familiarizados com certos pontos turísticos, como a Torre de Tóquio, Akihabara e afins, mas tem alguns que são meio difíceis até mesmo para os turistas visitarem. Também tem vários cenários que são mostrados em animes, como rios e praças. Tudo isso é mostrado e gostei muito mais por mostrarem mais sobre os pontos turísticos que o povo gostaria de ver.

Todos temos vários motivos para conhecer um dos nossos pontos turísticos favoritos. Esse é um deles q

Além disso, temos a Minoa caindo em várias armadilhas da sua de sua falta de atenção, enquanto todos os membros do Clube de Anime estavam absortos no mundo de Girls und Punzer. Esse é um anime que sempre tive curiosidade de ver, porém nunca consegui. Por quê? Eu não sei, mas me pareceu bem divertido tirar fotos com as montagens das personagens, conseguir selos enquanto passeavam pelos principais pontos do local e ainda poder comprar várias lembrancinhas de seus personagens favoritos.

Interagir com todas as atividades é super importante!

Além de fazer uma propaganda mais que óbvia sobre o turismo japonês, também temos a confusão na cabeça de Kaikai, o que serviu para quebrar o clima. Não posso falar que não gosto de casais em animes, até porque seria mentira, mas acho que esse sentimento de confusão e paixão mais serviu para rolar um “ship yaoi” que desenrolar algo entre ele e a Miko. Com esse climão de romance, também temos várias referências, como Danmachi e Ore Monogatari.

Um ship yaoi já esperado!

O que eu acho que pecou mais foi na parte da Minoa deprimida por estar estragando a viagem do Clube. Eu particularmente não acho que ela estava fazendo nada demais. Alguém estabanado nesse tipo de viagem é mais normal do que se pensa. Se perder é comum, ser alvo de pássaros é comum, e até deixar folhas voarem é super comum(e clichê), porém a protagonista estava fazendo a sua parte, dando opiniões sobre passeios, o que comer, onde ir… estava mais participativa que nunca!

O esforço de Minoa para se sentir parte do grupo não foi em vão!

Isso acontece bastante em qualquer coisa que você faça na vida. Imagine um curso que acabou de entrar e não sabe praticamente nada, digo N-A-D-A sobre as atividades. A primeira coisa que pensa é “Acho que não vou entrar, não”, mas se for algo do seu interesse, com certeza vai querer pesquisar mais e conseguir conversar de igual para igual com os seus companheiros. Se o seu nível está abaixo, com certeza vai querer de inteirar e fazer muitas perguntas para saber do que estão falando. Claro que não é obrigatório saber de tudo mas, se quiser ficar por dentro, ler um pouco de tudo é super importante, sendo do seu interesse ou não.

A mesma coisa que acontece com o clube também acontece em ambiente laboral, onde precisa saber pelo menos um pouco de sua área de atuação para conseguir desenrolar as coisas. E o local de trabalho não se restringe apenas aos seus companheiros de equipe, como pessoas de fora, então ler jornal é importante por causa disso. Ler sobre a concorrência, saber mais sobre o que fazer para ajudar a empresa, tentar conversar com os clientes da forma mais amistosa possível… tudo isso ajuda a ganhar mais experiência de vida.

Muito obrigada por lerem este artigo, e até o próximo!

Comentários