Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Um início bem tranquilo e dentro do esperado para momentos de reação, estabilização e aprofundamento ativo das histórias, dos discursos e dos diálogos. Afinal, estamos falando de uma obra com um elevado grau de maturidade e que sabe brilhantemente distinguir as subjetivações dos momentos de construção direta e simples. Como sempre: funciona muito bem. Então, venha descobrir como gatos podem materializar os conflitos de Chise e muito mais nessa análise de Mahou Tsukai no Yome comigo.

Ler o artigo →

Juro que não esperava um episódio sobre os gastos de um autor, nem que a loli linda loira fosse ser a contadora kkk. Dando o devido desconto da idade – ela usa Produtos Ivone, isso é certo! – até que deu para levar a sério a situação e curtir as referências a light novels e os muitos títulos estranhos de jogos +18 – que são bem estranhos mesmo. Vamos a mais um episódio do romcom siscon de Outono!

Ler o artigo →

Eu realmente achei que estava faltando algo neste anime que fala sobre animes. Senti um caroço enorme no angu. Algo estava me incomodando demais. E parei de me sentir tão incomodada assistindo este episódio. Como não apenas bastava o discurso de Kaikai, acho que a cena em que Erika decide colocar as cartas na mesa fez com que o anime melhorasse bastante. Para mim, o que realmente faltava era a colocação da líder do Clube de Animes, o que trouxe um passado “esquisito” à tona.

Ler o artigo →