Que episódio, meus caros leitores. Sinceramente, finalmente é chegada a hora de segredos começarem a ser revelados e a história tomar e mostrar sua forma real. Touta infelizmente ainda possui algumas questões sobre si, sua origem e outras várias coisas que fazem parte de sua vida (nós também) e não parece que o Fate contará (ainda que esteja disposto), afinal, Yukihime parece ter muito o que esconder. Ou seja, o pau vai começar a comer cada vez mais e eu recomendo pegar sua pipoca (ou seja lá o que você preferir) e assistir sentado essa delícia.

Acertou desgraça

Se tem uma coisa que sempre me incomodou em UQ Holder foi essas atitudes omissas da Yukihime. Pensem comigo: você faz parte de uma organização de imortais e dos seus supostos 14 anos você tem lembrança dos últimos dois. A única pessoa que você pode considerar como família (visto que a sua está supostamente morta) é aquela que parece saber do seu passado também e no fim, o que ela faz quando questionada sobre? Esconde de você as verdades que constituem a sua vida. Serei sincero, se fosse comigo eu simplesmente iria no mínimo ameaçar ir com o Fate a fim de obter respostas. A omissão delas e o impedimento ao tentar saber por fontes externas é algo realmente irritante e que me faz duvidar e muito da Yukihime de várias formas.

Fica difícil de defender…

Claro que por outro lado, o suposto aliado não é o melhor contador de histórias, não é mesmo? Fate foi desmascarado quase que imediatamente e com isso, obviamente sua moral abaixou e fica a questão: em quem Touta pode acreditar? Confiar? Quando ele irá obter essas respostas tão importantes? Bom, caso queiram saber, mesmo nos 140 capítulos do mangá lançados, algumas dúvidas ainda não foram saciadas, restando ainda questões que de certa forma são cruciais em certos aspectos. E apesar de fazer algumas mudanças aqui e ali, o anime teria feito um belo e fiel trabalho ao adaptar essa parte.

Difícil decisão. Mas acredito que a pergunta escolhida foi um ótimo começo.

Eu confesso que fui meio preguiçoso no último artigo e não falei com precisão a parte adaptada. Foi do capítulo 31 até o 36, com uma pequena alteração, Kirie é a pessoa que conta sobre a ligação passada entre Yukihime e Fate (no anime foi a própria Yukihime). Já nesse capítulo, tivemos a adaptação do capítulo 37 até o 42. Sobre o episódio dessa semana, observei que no anime foi dito 20 anos sendo que no mangá é dito 30 anos desde o último encontro entre Yukihime e Fate. Isso provavelmente é um erro do pessoal que traduziu o mangá, visto que no anime é possível identificar a Yukihime dizendo ni-ju (20) e não san-ju (30).

Será mesmo?

E a principal diferença anime x mangá (e essa sim eu reclamo e muito) é a luta entre Yukihime e Fate. Ao chegar no porão, Fate tenta a sorte e começa um ataque contra Yukihime, que após ser selada, simplesmente quebra o selo usando sua magia erebea, Rainha de Gelo para não só se libertar como também encurralar Fate. Após isso, na parte onde Touta faz sua pergunta, a resposta de Fate é a mesma, mas o avô de Touta, Negi, não aparece, Touta não ativa sua magia erebea e Fate acaba “fugindo” após a resposta. Ou seja, mudanças desnecessárias que de certa forma empobreceram a história.

Discussão