Esse episódio virou o anime 360 graus para mim e sabe que eu adorei isso porque assim Ousama Ranking soube explorar algo para o qual já havia demonstrado potencial em seus dois primeiros episódios introdutórios, a aventura, e o caminho tortuoso dela para ser mais exato.

O rei morreu, o coitado já estava com um pé na cova mesmo, e deixou a coroa para seu primogênito, mas uma manobra política relegou o Bojji as sombras, tornando-o um belo candidato a aventureiro, aventura esta que virá para expandir os horizontes do herói e torná-lo digno do trono?

Ler o artigo →

Não é fácil para a Irina lembrar que os pais foram queimados vivos na sua frente, ainda mais quando toda sua comunidade foi dizimada junto e que mais uma vez ela é violentada por humanos, ainda que, como havia comentado no último episódio, ela tenha entrado nessa por querer.

Em protesto a barbárie humana não me alongarei em comentários sobre a primeira parte do episódio, ao menos ao que se refere aos humanos, até porque não tem muito o que acrescentar. Eles seguem vendo a Irina como uma cobaia, são cretinos, merecem alcançar o espaço só depois.

Ler o artigo →