onetongueman suwa

Não estava. Fiquei impressionado com esse episódio, o melhor até agora na minha humilde opinião , nesse episódio me emocionei amei e odiei tudo que havia me emocionado amado e odiado no mangá, foi realmente  um episódio que julguei muito bem trabalhado (ignorando o clássico problema da arte ao qual francamente nem me incomoda mais). Ainda assim, sinceramente não estou com uma perspectiva tão boa para a rota que o anime parece que vai traçar agora. Acho ótimo que a Naho esteja se esforçando para salvar o Kakeru, achei ótimo que o Kakeru tenha percebido seus erros e pretenda dar um pé na bunda de Ueda, porém… o que acontece agora ? eles ficam juntos e aí tudo fica bem ? Namorar o Kakeru é realmente suficiente para preencher o vazio da alma dele ? Namorar uma pessoa só para que ela não se suicide…é uma relação saudável ? eu realmente acho que não, mas vamos ver…

Curta o anime21 no facebook:

nesse episódio recebemos mais informações do futuro, Kakeru sempre falava de seus amigos para a avó, especialmente de Naho (não me diga…) No presente, Kakeru porém não se encontra ao lado de Naho mas num encontro com Ueda senpai, uma jovem rasa, possessiva e que se apaixonou pelo Kakeru porque ele não é um “caipira” que nem todo mundo da escola (sim, mais óbvia do que isso só a Farnese). em meio a essa situação tensa Naho, que não sabe mais o que fazer decide tentar se afastar do Kakeru (?) para não ser um incômodo (?) para a senpai e ele, parando de acorda-lo e de fazer o almoço dele.


Nessa hora tento entender o que exatamente isso quer dizer, nós sabemos que o Kakeru se suicidou, a Naho se eu não me engano também, da mesma forma ela sabe que o Kakeru e a Ueda namoraram e ela sabe também que ela do futuro eventualmente se afastou do Kakeru por causa disso, então Nesse momento Naho basicamente havia decidido que “não se meter na vida do kakeru seria a melhor opção para ajuda-lo” não é algo que faça sentido se você pensa com cuidado mas é uma mentira que alguém lerda como a Naho que nem mesmo sabe que o Kakeru gosta dela faria para se proteger e se convencer de que ela não precisava continuar se machucando pelo Kakeru até a situação com a Ueda se resolver (o que… surpreendentemente funcionou) já que convenhamos, era uma relação fadada ao fracasso.


Mantendo o Kakeru prezo constantemente a ela, Ueda é… assustadoramente possessiva fazendo questão de posar ao lado do Kakeru para que todos saibam que ele é “dela” e o impedindo não só de ficar com suas amigas mas também amigos (não tão nem tentando deixar ela minimamente boa na fita lol), devo dizer que a capacidade de observação da de cabelos pretos é surpreendente (acho que…o nome é Yukako ?) ela notou que havia algo de errado com a Naho, que a Naho esconde um segredo (provavelmente ela está pensando que a Naho sabe o que houve com a mãe do Kakeru o que, apesar de ser verdade não é nem metade do problema) porém infelizmente não é algo que Naho possa contar (só que não né ? tipo me foge porque é tão difícil simplesmente mostrar para eles que as cartas prevem o futuro e coordenar todos para ajudarem nessa bagaça mas enfim…clichês a parte vamos seguir em frente)


Nesse episódio, Naho parece estar começando a  finalmente admitir o que já era claro para muitos, não basta simplesmente dizer “não vá por aí”, “faça isso”, “faça aquilo”, depois que já aconteceu com você, não importam as boas situações da Naho do futuro, o fardo sendo empurrado para a Naho é gigantesco, e ter que agir sem garantia de que a situação melhore é simplesmente cruel demais, desamparada e desesperada Naho continua a ignorar Kakeru e sempre que tenta reunir coragem para encara-lo é interrompida por Ueda, até que Kakeru não aguenta mais ver aquela situação e finalmente se manca do quão terrível a senpai de “cara bonita” é ao vê-la empurrar Naho e ainda ficar irritada quando ele foi ampara-la. (com um puco de sorte terminamos com essa piada de relação em breve)


novamente vou louvar ao lorde salvador das dublagens, Suwa, o nosso “onetongueman” capaz de acabar com as dúvidas da Naho com uma única conversa,  que protagonizou mais um excelente momento com a Naho quando ela finalmente se desespera em meio a dor de ter que ignorar o Kakeru para que as coisas se estabilizem entre ele e a senpai, ouvindo o desabafo de Naho nosso trágico herói apaixonado que no episodio anterior havia decidido apoiar Naho x Kakeru para que ela não mas ficasse triste ( o que aparentemente não aconteceu no futuro em que eles se casam já que essa aparição não consta nas cartas), nessa conversa Suwa deixa uma coisa clara, não vai ser guardando tudo para si e fugindo das iniciativas do Kakeru que Naho ou Kakeru serão felizes, Naho precisa conversar com ele, afinal não deveria ter nada de errado em amigos conversarem. nota-se aí, quão hábil é o Suwa, ele convence Naho a falar com o Kakeru de uma forma que tudo pareça uma conversa entre amigos, para que ela não sinta a pressão de que pareça que ela vai se declarar e que assim a conversa consiga fluir, é essa movimentação do Suwa que da forças para a Naho fazer a mudança mais critica no futuro até agora. Ela e o Kakeru estão novamente um do lado do outro.


Gostou desse artigo? Compartilhe:

  1. Concordo contigo, este episódio foi o melhor até agora, a dublagem melhorou um pouco, já não parece aquela dublagem quase trash, a animação já me acostumei, por isso não vou criticá-la e finalmente parece que os personagens tiveram mais expressão facial do que o costume. Agora falando do episódio, a Naho parecendo que não tem um grande fardo às costas, ter que alterar os acontecimentos do passado não é fácil, eu pessoalmente gostei de uma frase que a Naho disse quando se mantinha afastada do Kakeru «depois de certos acontecimentos terem passado é fácil dizer que podia ter feito as coisas de maneira diferente, mas no presente não é assim» e eu concordo com ela, por muito que ela quisesse conversar com o Kakeru não era fácil, principalmente por este estar a ser guardado por uma pessoa chamada Ueda senpai. A Ueda senpai é daqueles personagens ou que se ama ou odeia, arrogante, convencida e como tu bem disseste possessiva, ela quando deu aquele empurrão na Naho, quase que tive um ataque de fúria, no mangá também me deu raiva, mas ver a versão animada ainda me deu mais, aquilo foi um empurrão intencional e a Ueda senpai nem tentou disfarçar a maldade que fez. Gostei da atitude do Kakeru, ele agiu muito bem em ter amparado a “sua” amiga Naho, aquela explosão de ciúmes da Ueda senpai foi tão desnecessária, qual o problema do Kakeru falar com os seus amigos e amigas, tornando óbvio o sentido possessivo que a Ueda tem sobre o Kakeru. Cada vez que vejo o Hagita e a Anzu juntos quando que me apetece apertar o botão do ship como tu bem referiste. A amiga da Naho de cabelo preto, identifiquei-me com ela, a minha vontade também era de lhe dar um soco depois de ela ter empurrado a Naho. Agora vamos ao personagem mais humano deste anime e o mestre das dublagens, o Suwa, eu acho que uma das coisas que fez o mangá ser bom foi ter este personagem lá, ele gosta da Naho, mais na cara é impossível mas a Naho gosta de outro (neste caso o Kakeru) mas guarda os seus sentimentos para sim para prol dos sentimentos da Naho. Neste episódio o Suwa subiu bastante na minha consideração/admiração que eu tenho pelo personagem, que discurso que ele fez para a Naho para esta deixar os seus medos de lado e ir falar com a pessoa que ela gosta, mas como tu bem referiste ele deve estar destroçado por dentro, mesmo aparentando estar bem (o Suwa no mangá é sempre super gente boa mesmo quando está a sofrer de amor pela Naho). Adorei aquela parte do episódio em que a Naho tenta falar com o Kakeru e fica um tempo a olhar para ele e quando ela finalmente tenta falar alguma coisa, aqueles personagens secundários a falar sobre namoro foi uma sacada de génio. Aquele cameo de cabelo loiro já nem disfarça nada qualquer dia ainda aparecem as gémeas. Eu acho que o Kakeru está com a mente arruinada, eu desde que li o mangá que percebi isso, ele consecutivamente está a culpar-se da morte da mãe, o que obviamente vai afectar as relações dele com as outras pessoas, aquele sorriso que ele dá quando está ao pé da Naho e dos outros é uma mascara que esconde os seus verdadeiros sentimentos. Aquela relação entre o Kakeru e a Ueda senpai já estava fadada a correr mal desde o inicio, principalmente desde antes da Ueda se ter declarado a ele, o Kakeru tinha apelado à opinião da Naho, mas esta já não foi a tempo de evitar a declaração de amor da Ueda para o Kakeru. Neste episódio deu para notar o quão má era a relação entre o Kakeru e a Ueda, ele sempre desligado de tudo, de vez em quando dava um sorriso cínico e mais nada e a Ueda sempre super possessiva, a nunca deixar o Kakeru falar com os colegas por capricho e por uma certa discriminação dos mesmos por estes serem do interior e ela ser da grande cidade. Ainda bem que ele se vai separar da Ueda, ele tem que ficar com a Naho, está mais que na cara que o Kakeru gosta da Naho e a Naho gosta do Kakeru.
    Como sempre uma excelente matéria Iwan e peço desculpa pelo texto enorme, mas este episódio merece um comentário descritivo dos acontecimentos.

  2. Iwan

    uau…vejo que não fui o único inspirado pelo episódio, da-lhe assunto
    mas sim, daqui a pouco vou fazer uma lista “melhores cameos em orange” porque ta dificil isso aí
    eu fiquei muito impressionado, o título não é mentira, comecei o episódio achando que ia ficar até o fim olhando com cara meh pra ueda, e mesmo assim eu gritei de raiva, ri e me emocionei, foi realmente incrivel

    • Já fazia um bom tempo que eu não fazia um texto desta dimensão, mas este episódio de Orange foi muito bom por isso merece que se puxe o assunto. Quando fizeres a lista de melhores cameos de Orange lá estarei para comentar.
      É quase impossível não odiar a Ueda, este episódio foi um misto muito bom de sentimentos. Orange daqui para a frente só vai melhorar, espero que o estúdio continue com a boa adaptação do mangá como tem feito até agora.

      • Iwan

        po então
        4 episódios e literalmente só muita estupidez pra Naho e Kakeru não ficarem juntos
        a lógica porém dita que eles ficarem juntos assim no inicio num anime de drama faria pouco sentido se não se separassem
        então no minimo ainda têm muita coisa pra rolar mesmo teoricamente faltando problemas pra serem resolvidos
        não sei como isso vai se traduzir pra te-la
        mas sinto que vai puxar mais pro lado slice of life da coisa
        mas vamos ver…

      • Eu pelo menos tenho esperança que o estúdio vá fazer um bom trabalho, se puxar para o lado do slice of life não me importo desde que adaptem bem o resto do mangá. Seria muito bom se eles depois do anime acabar, anunciassem um especial sobre o Haru-iro Astronaut, para darem mais destaque ao cameo mor de Orange.

Deixe uma resposta