Lostorage Incited WIXOSS - 1_11

Segundo os dicionários, um dos significados da palavra memória seria a faculdade de reter ideias, impressões e sensações, ou seja, qualquer tipo de experiência ou informação que obtemos durante a vida é armazenada no cérebro e podemos recupera-las quando quisermos em forma de lembrança. Levando em conta que todas essas informações e experiências moldam nossa personalidade e caráter, ou seja nossa identidade, o que você faria s fosse forçado a entrar em um jogo onde teria que apostar tudo isso?

Normalmente ser o escolhido ou apenas ganhar algum tipo de poder sobrenatural representa uma honra, uma aventura aparentemente inocente e divertida, mas, não é o caso desse anime que irei comentar neste artigo, pois nesse anime as pessoas são forçadas a participar de um jogo com regras cruéis, no qual se perderem vão sofrer consequências graves, pois não são apenas as memórias dos personagens que estarão em jogo, mas todas as lembranças que as pessoas tem delas também serão apostadas.

Curta o anime21 no facebook:

É hora do due... opa! Fras errada, aqui é open!

É hora do due… opa! Frase errada, aqui é open!

A franquia WIXOSS está de volta com uma nova série intitulada Lostorage Incited WIXOSS, que está sendo produzida pelo J.C Staff (Zero no Tsukaima, Toaru Majutsu no Index), responsável pelos animes anteriores da franquia. A staff mudou em relação às series antecessoras, e a mudança mais perceptível é que dessa vez não temos mais a famosa roteirista Mari Okada (Kiznaiver, Ano Hana), conhecida pelo exageros dramáticos.

O primeiro episódio até que foi movimentado, com direito a uma batalha no final, passando uma impressão inicial positiva e agradável, embora tivesse alguns problemas que poderão ser resolvidos mais a frente, como a falta de carisma das personagens e a falta de emoção nas lutas entre as LRIG (a sigla é a palavra girl de trás para frente), além da falta de explicação sobre as regras do jogo, que é um problema desde as séries anteriores.

Apesar que nesse episódio algumas coisas foram faladas a respeito do jogo, eu senti falta de uma explicação mais aprofundada mas isso pode ser resolvido com o passar dos episódios, pois, como esse anime gira em torno de um card game, ele deveria explicar melhor o funcionamento do jogo, embora eu saiba que o show é mais voltado para o lado psicológico do que as lutas, vide Yu Gi Oh!

Para quem não gosta de animes com elenco totalmente feminino, eu recomendo a dar uma olhada nessa nova série da franquia WIXOSS, pois uma das principais mudanças é que há personagens masculinos importantes em Lostorage Incited WIXOSS, o que pode modificar a dinâmica entre as personagens em relação aos animes anteriores da franquia.

Outra mudança importante na série está no sistema de jogo que está diferente das temporadas anteriores, por exemplo, agora temos o sistema de moedas, onde os selectors (nome dado aos duelistas da série) recebem cinco moedas das cores preta e dourada, e dependendo do resultado elas mudam de cor, caso o selector ganhe o duelo a moeda ficará dourada, e se perder ficará preta. Parece que o número inicial de moedas douradas e pretas é definido quando uma personagem escolhe uma das cartas que a LRIG oferece e nelas tem a quantidade de moedas douradas que um personagem pode ter, no caso da protagonista ela escolheu o número 1, e a mesma ficou com uma moeda dourada e quatro moedas pretas.

A história parece ter potencial, pois, com as mudanças feitas na série, evita-se que ela se torne repetitiva e consequentemente chata e previsível. Se antes eram os desejos que estavam em jogo, dessa vez são as memórias, e as regras ficaram mais cruéis, porque se nas séries anteriores as personagens eram enganadas com promessas de realizações de seus desejos, agora as personagens simplesmente elas são forçadas a batalhar durante 90 dias para sobreviver, sem promessas de grandes recompensas, apenas a garantia de voltar a vida normal caso consiga obter cinco moedas douradas.

Não importa se é durante o dia ou à noite, a todo instante pessoas são forçadas a participarem de batalhas com regras impiedosas, apostando suas memórias.

Não importa se é durante o dia ou à noite, a todo instante pessoas são forçadas a participarem de batalhas com regras impiedosas, apostando suas memórias.

As personagens, por enquanto, não parecem carismáticas, e isso atrapalhará o expectador criar empatia com as mesmas. Na séries anteriores tínhamos o mesmo problema, pois a maioria das personagens não tinham carisma, todavia, tanto as protagonistas anteriores quanto os personagens que apareceram no episódio de estreia de Lostorage Incited WIXOSS cumprem suas funções narrativas. Apesar da falta de carisma dos personagens, eu achei compreensível e até natural a reação da protagonista da nova série, pois, inicialmente ela fica confusa por ser escolhida repentinamente para ser uma selector, e disputar forçadamente batalhas cujas consequências serão muito graves em caso de insucesso. Muitas pessoas acharam a protagonista covarde por não querer lutar, mas, saindo em defesa dela, eu tenho a dizer que ela é apenas uma menina normal que não tem obrigação nenhuma de agir como um protagonista de anime Shounen, e querer lutar só por gostar de lutas, aliás nem Shounen este anime é. O foco real do anime é o lado psicológico das personagens e não as batalhas.

Por fim, a parte técnica deixou uma boa primeira impressão tanto na animação quanto cenários, character design e trilha sonora, entretanto, as minhas únicas reclamações, como disse anteriormente, são no que diz respeito a falta de empolgação nas batalhas entre as LRIG (aquelas “fadinhas” que lutam”), e a falta de explicações sobre as regras do jogo.

Nota: Meus artigos estão atrasados devido alguns imprevistos, quando a situação se normalizar voltarei a postar de forma regular, agradeço a vossa compreensão.

 

Gostou desse artigo? Compartilhe:

Deixe uma resposta