PUNCH_Lostorage_incited_WIXOSS_-_02_FullHD.mp4_20161021_182327.079

Em quaisquer filmes, seriados ou animes que tenham por tema sobrevivência, apenas aqueles personagens mais equilibrados e que assimilam com mais rapidez situações adversas e bruscas conseguem sobreviver por mais tempo, já os fracos tem como destino a morte ou a loucura.

O grande charme de animes com essa temática é saber o que tais personagens estão dispostos a fazer para sobreviver, e como ele(a) irá lidar com o conflito entre valores morais x instinto de sobrevivência. Até onde uma personagem pode mudar psicologicamente ao ser colocada em uma situação insana como ser forçada a jogar um card game onde suas memórias estão em jogo?

Curta o anime21 no facebook:

Cenário surreal e sombrio.

Cenário surreal e sombrio.

Nesse episódio, mais selectors apareceram, com destaque para Chinatsu, uma das protagonistas da série, que era a melhor amiga de Suzuko na infância. Chinatsu é uma garota séria e esforçada que trabalha meio período para conseguir dinheiro para entrar numa escola particular.

Diferente de Suzuko, que entrou nesse jogo de forma inocente ao comprar um deck de WIXOSS para tentar se enturmar com suas colegas de classe, não sabemos o que levou Chinatsu a jogar WIXOSS, e consequentemente se tornar uma selector.

Chinatsu não pareceu abalada quando foi forçada a entrar nesse jogo perigoso cruel, ela encarou apenas como “um simples jogo” e queria acabar logo com isso para ter sua vida normal, todavia, ela não tinha a dimensão da importância dos jogos, e muito menos os riscos que ela estava correndo ao ser uma selector. Ela poderia ter vencido partidas se tivesse ido com força máxima, mas a mesma acabou hesitando porque queria vencer de modo justo, usando suas habilidades sem precisar apelar para o uso da moeda.

Apesar da atitude de Chinatsu parecer covarde, ela apenas se guiou pelo seu senso de moral. Outro fator que permitiu que ela hesitasse nas batalhas foi o simples fato dela ter três moedas douradas, no caso da personagem Suzuko foi algo mais desesperador pois a mesma só tinha uma moeda dourada.

Enquanto ela perdia, a sua vida pessoal começava a entrar em colapso, pois, devido ao trabalho de meio período, o seu rendimento escolar caiu, tornando cada vez mais difícil conseguir a bolsa para a escola que ela almeja estudar, fora isso, tem a crise financeira da sua família, e para piorar ela perde o trabalho de meio período por ter se envolvido em problemas na escola.

Para lidar com todos esses problemas é necessário força e equilíbrio para não entrar em desespero, entretanto, apesar de Chinatsu passar por problemas que qualquer pessoa poderia passar, ela tinha algo maior com o que se preocupar.

Apenas quando estava apostando sua última moeda dourada foi que ela percebeu o quão realmente são graves as consequências de uma derrota, antes ela “podia se dar ao luxo de perder”, mas é com uma moeda em jogo que nós sabemos quem são os fortes e os fracos. Sob toda a pressão existente durante a batalha, Chinatsu não hesitou, venceu a luta e ainda fez uma garotinha chorar.

Esse jogo não é feito para os covardes, e nem para aqueles que são totalmente puros de coração. Não estou dizendo que para se manter vivo tem que ser mau, pelo contrário, todas as ações dos personagens vão determinar seus destinos, apenas quem for equilibrado vence, pois quando aquele que joga apenas por diversão pensando que as batalhas entre selectors são “apenas um jogo inocente” descobrir a verdade, poderá ser tarde demais.

Por fim, parece que há uma recompensa para quem conseguir ganhar as batalhas. O vencedor pode mudar uma das suas memórias, possibilitando o selector alterá-la, apagá-la, restaurá-la ou criar uma memória que não existia.

Open!

Open!

 

Revisado por Tuts

 

 

Lostorage está disponível no Crunchyroll.

Gostou desse artigo? Compartilhe:

Deixe uma resposta