Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Acho que Shingeki no Bahamut pretende mostrar cenários variados típicos de um RPG eletrônico. Já teve cidades, campos de batalha, covis de criminosos, mansões abandonadas de feras, nesse episódio uma vila de mortos-vivos, e no próximo se o título for para ser levado a sério haverá uma cidade portuária. Isso pode parecer óbvio, mas não é tão óbvio assim. Sem dúvida, animes de fantasia medieval mostram vários cenários como esses, mas quantos deles têm tantos cenários diferentes em tão poucos episódios? E como os protagonistas são um grupo pequeno (ainda não coeso) de heróis com habilidades diferentes e complementares em uma aventura, se preferir uma quest, o ambiente de RPG eletrônico está completo. O curioso é que o anime é baseado em um card game (não sei se físico, eletrônico ou ambos), não em um RPG (ou MMORPG). Bom, não importa, faz tempo que não jogo nada mas adoro RPGs eletrônicos, não é de se espantar que seja meu anime predileto até agora. Nesse episódio, além de mortos-vivos tivemos importantes flashbacks, revelações e o acréscimo de mais um membro à party!

Curta o anime21 no facebook:

O céu desmoronando

O céu desmoronando

Foi mesmo Amira quem roubou a chave celestial, mas creio que ela o tenha feito por sugestão ou influência de outra pessoa. Acompanhe: ela, um demônio, conseguiu se infiltrar com sucesso no céu, ou paraíso, ou qualquer que seja o nome daquele lugar onde os anjos moram, chegou sem ser notada até o local onde a chave era guardada sob encantos, desfez tais encantos com magia que, segundo dizem, só anjos poderiam conhecer, e só quando absorveu a alma da chave em sua própria alma é que finalmente foi notada. Já vi como ela é absurdamente poderosa, mas tanto assim? Quero dizer, eu nem sei o poder daqueles anjos ainda, mas não pode ser pouca coisa. E foi no combate durante a fuga que ela perdeu uma de suas asas.

Esse anjo parece ser o mais poderoso, ou ter alguma posição de liderança, ou ambos. O que quer que seja, ele conserta o desmoronamento em seguida

No outro flashback do episódio fico sabendo do triste passado de Kaisar. Seu pai era um cavaleiro de uma família de várias gerações de cavaleiros. Kaisar não dava muita bola para isso, achava o treinamento implacável para que sucedesse o pai um saco, e provavelmente qualquer um concordaria com ele. Mas então seu pai foi designado pelo rei para escoltar um objeto mas fracassou. Um bando de ladrões atacou o comboio e roubou o tal objeto. Como consequência seu pai foi responsabilizado, condenado e enforcado, e sua família perdeu os direitos nobiliárquicos e foi expulsa da cidade. Há apenas seis meses atrás sua mãe cansou da tristeza e se suicidou atirando-se em um lago. Não ficou claro, contudo, se Favaro estava no tal bando de ladrões que assaltou o pai de Kaisar. Suponho que ele acredite que sim.

O pai de Kaisar, condenado

O pai de Kaisar, condenado

Flashbacks à parte, o episódio dessa semana tem como cenário a cidade-fantasma de Nebelville. Favaro e Amira se dirigem até lá atrás da recompensa por capturar a Black Bible, enquanto Kaisar se dirige para lá porque enquanto procurava Favaro se perdeu na névoa próxima à cidade, caiu, se machucou e foi salvo por uma garotinha, de nome Rita, e seus pais. Durante um jantar na casa que o acolheu, Kaisar escuta dos pais de Rita que monstros aparecem na vila de tempos em tempos e matam o gado e levam embora as crianças. Eles lhe pedem ajuda, e como o bom e leal cavaleiro que é, Kaisar se prontifica a derrotar tais monstros, ainda que estivesse com o braço quebrado. Rita parece entediada o tempo todo, se recusa a comer e destrata os pais, o que é o estopim para que Kaisar tenha uma conversa particular com a garota sobre dar valor à família e essas coisas que ele só aprendeu que eram importantes depois de perder a sua própria, mas não consegue tocar o coração de Rita.

Rita, assim que Kaisar desperta

Rita, assim que Kaisar desperta

Falando em monstros, coisas grandes estão acontecendo. Anjos e demônios sabem dos movimentos de Favaro e Amira (e os demônios parecem saber sobre Rita também) e observam tudo à distância. Enquanto isso os planos de existência parecem estar em perigo. De fato, um anjo diz que após o roubo da chave celestial se desfez o equilíbrio entre seres divinos e celestiais (não tenho certeza se essa tradução está correta, mas o importante é ter se desfeito algum equilíbrio que certamente era importante para a própria fundação do mundo), o próprio céu está desmoronando, embora o poder de um único anjo seja o suficiente para consertá-lo num instante. Na terra, o campo de batalha onde Joana D’Arc está com suas tropas é acossado por uma tempestada de areia poderosa, e miasma aflora da terra. Segundo um anjo, isso é sinal de que Bahamut está renascendo. Até mesmo Favaro acha estranho encontrar um monstro em plena luz do dia.

Kaisar comendo com Rita e sua família. Ou só com a família, já que Rita não comeu

Kaisar comendo com Rita e sua família. Ou só com a família, já que Rita não comeu

De volta à Nebelville, Kaisar está a frente da população da cidade pronto para defendê-la do ataque iminente dos monstros, que, de fato, chegam. Mas o anime nem tenta disfarçar que os monstros são apenas uma ilusão, na verdade são Favaro e Amira. Favaro alcança Kaisar e aplica-lhe um antídoto para o encanto causado pela névoa, e agora ele podia ver claramente que os habitantes da cidade eram todos zumbis, exceto Rita. Os três derrotam os zumbis com certa facilidade, e foi divertido ver os três lutando juntos pela primeira vez embora tenha sido curto e fácil demais (Amira nem ativou seus poderes), mas quando Kaisar vai atacar os zumbis pais de Rita ela se coloca na frente para protegê-los, e morre após ser mordida pela própria mãe. A vila havia sido destruída há 200 anos atrás e Rita foi a única sobrevivente, usando os poderes da Black Bible para manter-se viva e reviver todos da vila, além de manter a névoa que enfeitiça quem entra nela.

Favaro e Amira prontos para entrar em Nebelville

Favaro e Amira prontos para entrar em Nebelville

Favaro destrói a Black Bible e vai cobrar de Baco a recompensa por ela. O divertido é que a recompensa pela Black Bible é menor do que a recompensa pelo Favaro, e talvez seja justamente por ser tão baixa que em 200 anos ninguém se deu ao trabalho de ir lá reclamá-la. Quanto à Rita, Kaisar se recusou à matá-la mas de alguma forma ela não se tornou um zumbi. Talvez seja resultado de 200 anos em posse da Black Bible. O importante é que agora ela o está seguindo. E para não me deixar mentir quando digo que todos os poderes do mundo estão de olho nos heróis, o episódio termina com Baco dizendo a Favaro que sabe que ele está indo para Helheim.

Kaisar pronto para enfrentar os monstros que atacam Nebelville

Kaisar pronto para enfrentar os monstros que atacam Nebelville

No geral, o episódio dessa semana foi do Kaisar. Favaro e Amira apareceram pouco, e tiveram papéis limitados a seus estritos deveres. O enredo desse episódio poderia muito bem ser o de uma aventura de RPG ou uma quest de um RPG eletrônico. E é um bom enredo, que se encaixa bem no grande enredo maior, principal. Da mesma forma como de aventuras se faz uma campanha em RPG tradicional, ou de quest em quest se ganha níveis e se passa para quests, lugares e objetivos maiores no eletrônico. Adicione uma animação competente e personagens carismáticos e esse anime deve estar na lista de melhores da temporada de qualquer um que goste do gênero. Os personagens já partem de um nível inicial alto, o que é bom porque evitará missões menores só para ganhar experiência. Estou ansioso pelo momento em que os heróis finalmente formarão um grupo único, mas talvez isso aconteça só no arco final ou quase. E não sei, mas minha intuição me diz que a Amira pode vir a ser um personagem trágico.

Mais imagens:

Comentários