[sc:review nota=2]

Esse só não foi o pior episódio de Cross Ange porque a princesa não foi estuprada. Ao invés dos abusos pesados e apelativos dos dois primeiros episódios esse teve aqueles clichês de comédias românticas, como o sujeito desajeitado que cai em cima da mocinha. Só que foi o episódio inteiro assim. No final estava até rolando tensão amorosa entre a Ange e Tusk, o cara que a amarrou nua na cama e ficou o episódio inteiro dando um jeito de enfiar a cara na virilha dela sem querer. A princesa até mudou com essa incrível experiência e passou a ser agradável com suas companheiras! Como um tributo que o vício presta à virtude, houveram uns poucos detalhes importantes para a história entre uma cena do Tusk tropeçando e caindo em cima da Ange e outra dele dando comida na boca dela.

Ela sai correndo pelada com o uniforme na mão. Lembre-se que poucos episódios atrás ela não sabia se vestir sozinha ainda ...

Ela sai correndo pelada com o uniforme na mão. Lembre-se que poucos episódios atrás ela não sabia se vestir sozinha ainda …

Primeiro, Tusk já conheceu a comandante da Ange. Sua mãe parecia ser uma pilota, seu pai era pelo menos um militar, os dois morreram por algum motivo e de entre chamas ele viu a comandante. Não tenho a menor ideia do que a cena significa. Não parecia que ele a visse como inimiga, então talvez ela o tenha salvo? Ele sabe mais do que falou, isso é certo. Aliás, lógico que isso é certo, porque ele não falou nada, essas cenas foram flashbacks mudos. E não foi porque a Ange não perguntou, porque ela perguntou pelo menos uma vez quem ele era e como conhecia para-mails. Mas ele não falou nada e ela não se importou em perguntar novamente.

... mas agora ela já consegue se vestir enquanto corre. É um prodígio essa princesa

… mas agora ela já consegue se vestir enquanto corre. É um prodígio essa princesa

A outra coisa que achei interessante mas talvez tenham entregado de um jeito muito bocó diz respeito aos dragões e à magia do mundo. Se eu entendi direito, a humanidade não está apenas se defendendo dos dragões, que por sua vez não estão exatamente invadindo. Veja bem, um dragão é visto sendo transportado congelado (ou cristalizado, tanto faz, ele tava dentro de um troço transparente, pronto), e outro aparece perseguindo a formação de aeronaves que o carregava. A humanidade usa os dragões para algo, e se me perguntarem, digo sem pestanejar que os dragões são a origem do poder mágico do ser humano, por isso são capturados. E porque eles são capturados, outros dragões vêm atrás. E acho bocó isso ter sido apresentado nesse episódio porque é um episódio muito ruim e porque é algo importante demais para ser revelado de uma vez só e assim como se fosse apenas um detalhe.

Ela odeia o Tusk até a alma e odeia a comida dele também ...

Ela odeia o Tusk até a alma e odeia a comida dele também …

E isso foi tudo de útil desse episódio. No resto do tempo os personagens estavam ocupados me brindando com cenas clichês de comédia romântica ou sendo mais burros que uma porta. Por exemplo: durante uma tempestade Ange vê diante de seus olhos uma árvore rachar ao meio em chamas por causa de um raio. Reação dela? Se esconder … embaixo de uma árvore! Mas acho que nada me constrangeu mais do que o biquinho que a Ange fez para o Tusk dar sopa pra ela. No instante anterior ela ainda estava compreensivelmente desconfiada dele e da sopa, mas bastou uma colherada para fechar os olhos e dizer “ah!”. Uma colherada! Acho que nem a Sopa pá nois afeta tanto o cérebro de uma pessoa.

... mas basta uma colherada para ela fazer esse biquinho constrangedor pedindo mais. Nota: nunca comer sopa de serpentes marinhas

… mas basta uma colherada para ela fazer esse biquinho constrangedor pedindo mais. Nota: nunca comer sopa de serpentes marinhas

Falando em cérebro, ainda bem que seres humanos têm vários, porque eu perdi um assistindo esse episódio de tão sem noção que ele é. O quê, não temos mais de um cérebro? Ih rapaz…

Mais imagens:

    • Fábio Mexicano Godoy

      Obrigado =)

      É que o 13 foi a mudança de temporada. Entraram vários animes novos e alguns que eu já cobria (como Cross Ange) continuaram. Como eu só consigo publicar sete artigos por semana acabei cortando alguns, e Cross Ange infelizmente foi um desses. De todo modo, apesar de não ter um artigo inteiro, eu continuei assistindo e continuei publicando impressões mais curtas sobre seus episódios nos artigos de Saldo Semanal, dê uma olhada =)

Comentários