Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Mais uma semana, mais um ranking! E consegui assistir mais animes dessa vez! Ok, só um a mais, mas tirei os atrasos de todos esses que listarei, o que significa que agora está mais fácil acompanhá-los e deverá sobrar mais tempo para eu tirar o atraso de outros animes. Quem sabe semana que vem não consigo postar todos os 22 animes que estou assistindo? Quanto aos animes da semana em si, a variação foi enorme dessa vez. Alguns episódios excelentes e outros que eu queria me matar de tão ruins. E o resultado final você confere a seguir!

Curta o anime21 no facebook:

18 – Inou Battle wa Nichijou-kei no Naka de, episódio 4

Episódio absolutamente esquecível, terrível, tedioso, e com insinuações nojentas.

17 – Terraformars, episódio 6

Fico cada vez mais triste com esse anime. A premissa é boa, pelo menos para uma ação de primeira, mas fazem questão de contar uma história muito abaixo da linha do medíocre (embora o tom pareça querer afetar profundidade) e destroem as cenas de ação, tão cheias de potencial com a criatividade do autor em criar personagens e poderes, com cenas interrompidas e longos monólogos sem razão de ser. Quando tinha censura pelo menos tinha desculpa para ter uma ação ruim, agora não tem mais.

16 – Karen Senki, episódio 6

Outro que já deu. A premissa era boa mas a execução é horrorosa. Não passa de uma porcaria prepotente.

15 – Amagi Brillant Park, episódio 5

A história do episódio em si nem foi ruim, tampouco irrelevante, só foi chata mesmo. Kyoto Animation fazendo o que sabe fazer, enfim.

14 – Ookami Shoujo to Kuro Ouji, episódio 5

Apareceu alguém que poderia ajudar a protagonista sem salvação, mas ele é burro demais. O episódio não foi chato, mas é constrangedor assistir a garota ser humilhada pelo bonitão e saber que isso vai ficar barato.

13 – Cross Ange, episódio 4

Ange continua sendo uma sociopata e o trio de valentonas continua querendo se vingar dela. Enquanto as duas patetas fracassam com planos que fariam inveja a Tom, o gato, Hilda Furacão é mais inteligente e simplesmente sabota a nave da princesa. Deu certo. Teria ficado algumas posições acima se Ange não tivesse depois acordado amarrada nua na mesma cama que um homem. Leia meu artigo sobre esse episódio.

12 – Selector Spread WIXOSS, episódio 4

Tama reaparece como LRIG de Urisu-no-corpo-de-Iona. Chiyori parece ter sido finalmente adicionada à party, e elas encontram a autora dos livros originais sobre WIXOSS. Parece bastante coisa, mas a execução foi bastante lenta, deixando o episódio bastante entediante.

11 – Fate/Stay Night – Unlimited Blade Works, episódio 4

Episódio chato demais. Pelo menos ri com as caras da Sakura, senão estaria abaixo de WIXOSS. Leia meu artigo sobre esse episódio.

10 – Sanzoku no Musume Ronja, episódio 4

Não é um episódio exatamente chato, mas não acontece muita coisa, então décimo lugar está mais do que bom para ele. No final de um episódio apenas mediano Ronja encontra um garoto, outra criança da mesma idade que ela. Leia o que achei desse episódio no artigo que escrevi.

9 – Sailor Moon Crystal, episódio 9

Depois de dois episódios carregados de ação e emoção, sem falar nas revelações bombásticas, esse episódio se arrastou até o fim sem que nada relevante acontecesse. Precisou de um episódio inteiro da Usagi chorando o sequestro do Mamoru para elas decidirem ir para a Lua.

8 – Gugure! Kokkuri-san, episódio 4

O guaxinim é um velho engraçado, admito, mas ainda estou com a estranha sensação de que ele está deslocado no meio dos demais personagens. Mas ri pra caramba com o Yamamoto-kun.

7 – Hitsugi no Chaika – Avenging Battle, episódio 4

Finalmente a verdade sobre as Chaikas é descoberta na ilha secreta onde pesquisas ainda são realizadas em nome do Império Gaz. Elas são órfãs do Império com a memória alterada para acharem que são filhas do imperador e recolher seus restos mortais. Nessa ilha muitos experimentos com faylas (criaturas mágicas) são realizados afim de se obter tecnologia para sua reprodução massiva. A Chaika branca é capturada bem como a Chaika vermelha e toda sua equipe, Toru quase consegue salvar sua Chaika mas acaba capturado também. O cientista a cargo na ilha quer tirar pedaços dos cérebros das Chaikas para realizar experimentos. Akari e Fredrica terão que salvar todo mundo? Por último mas não menos importante, o Alveric ainda está vivo (previsível) e agora trabalha para o ex-líder dos Heróis, que parece saber algo mais sobre as Chaikas também e as aguarda ansioso. Ele próprio tem duas gêmeas que se parecem muito com as demais Chaikas.

6 – Akatsuki no Yona, episódio 4

Hak e Yona chegam à tribo do vento enquanto Soo-won convoca os líderes de todas as tribos para que o reconheçam como rei. Como esperado, apenas Mundok da tribo do vento se recusa, alegando que Hak é o líder e que cabe a ele reconhecer o rei. Soo-won já tinha tudo planejado com a tribo do fogo e começam uma tática de enfraquecimento da tribo do vento, bloqueando o rio que atende a tribo e atacando os mercadores que a visitam, o que leva Hak a ordenar que Mundok retome a liderança da tribo do vento e aceite Soo-won como rei. Agora, Hak partirá para o exílio, e espera que Yona viva disfarçada e em paz na tribo do vento, mas sabemos que ela não fará isso.

5 – Psycho-Pass 2, episódio 4

Apesar de eu achar que estão pegando pesado no tom e preferir uma execução mais sutil, Psycho-Pass 2 continua entregando ótimos episódios. Mas temo que não seja lá muito sustentável e espero que acalmem um pouco as coisas nos próximos episódios, ainda que os protagonistas estejam correndo mais risco do que jamais correram nas duas temporadas. Leia o artigo onde detalho minhas impressões sobre esse episódio.

4 – Shigatsu wa Kimi no Uso, episódio 4

Outro episódio poderoso. Outro episódio com bela execução musical. Não foi nesse departamento tão bom quanto o segundo episódio, mas foi muito mais eficiente em transmitir emoções, principalmente as de Kousei. Kaoru colapsa no palco no final do episódio, e agora não sei o que vai acontecer, mas só consigo imaginar coisas ruins. Leia o artigo que escrevi sobre esse episódio.

3 – Garo: Honoo no Kokuin, episódio 5

Episódio dedicado ao príncipe Alfonso. Raphael, o cavaleiro makai chamado Gaia explica para ele e para nós da audiência mais sobre os cavaleiros makai em geral e sobre os cavaleiros atuais em específico, a origem do atual Garo e o papel que o príncipe deve ter. Aliás, descobrimos também que eles são parentes: quase ninguém sabe, mas a rainha é irmã da mãe de Leon, a bruxa queimada no começo do anime. Assim, Leon e Alfonso são primos. As armaduras makai são passadas adiante pelo sangue, e Raphael dá a entender que se Leon não tivesse despertado como Garo, poderia ter sido Alfonso. Como não foi Alfonso, imagino se ele vai virar um alquimista? E apesar de toda essa exposição, o episódio teve ação também.

2 – Kiseijuu, episódio 4

O plano de Migi é executado com perfeição e ele e Shinichi derrotam A-san facilmente. Sua mãe começa a estranhar e a não entender mais o filho, e isso a deixa muito preocupada. A professora Ryouko abandona a escola para não chamar atenção para si por ser uma mãe solteira professora em escola, algo escandaloso no Japão. Estou cada vez mais interessado em sua futura relação com o bebê que carrega. Para mais detalhes, leia o artigo que escrevi.

1 – Shingeki no Bahamut, episódio 4

O melhor anime da temporada segue invicto com um episódio fantástico onde todos os quatro personagens principais finalmente se reencontram em uma batalha marítima com sahuagins, piratas, zumbis e monstros do mar. Um parágrafo só jamais faria justiça a esse episódio, então leia o artigo que escrevi sobre ele.

Comentários