Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Muito falatório e pouca ação de verdade no começo do episódio 5.

Somos apresentados à Hiragi Tenri, o general do Exército Demoníaco Imperial Japonês e percebemos que, no fundo, Guren tem muito a ver com Hyakuya, sendo ele mesmo bem insubordinado com seus superiores diante do que parece ser uma reunião bem importante, onde eles discutem o avanço dos vampiros pela região de Kanto. Ele deixa a sala no meio da reunião, depois de ser desperto de seu cochilo e sai com aquela pose de que no fucks were given. Algo que o EDIJ está fazendo lhe deixa apreensivo, porém, e quando Hyakuya aparece para ser o pirralho barulhento de sempre (reclamando que Guren sumiu por 10 dias, sem mais nem menos) a única coisa que parece preocupar Guren é que o General Tenri descubra algo sobre Hyakuya. Numa ação que, acredito, foi pensada para tirar Hyakuya do alcance do exército, Guren diz ao garoto que andou pensando e que ele finalmente pode fazer o teste para o armamento da série do Demônio Negro e Hyakuya não poderia estar mais feliz com a decisão.

Curta o anime21 no facebook:

Enquanto os vampiros se preparam para a guerra, a sala dos recrutas da EDIJ se recupera de uma prova de Japonês e Shinoa está genuinamente impressionada com o fato de que Hyakuya zerou a prova (não, não de verdade, ela só está sendo a bully sacana de sempre, mas não deixa de ser divertido ainda assim). Kimizuki gaba-se por ter gabaritado todas as provas (inglês, latim e japonês) e, como sempre, ele e Hyakuya trocam suas farpas de amor enquanto Yoichi tenta botar panos quentes na situação. Nada de anormal no mundo até que Guren chega na sala e Hyakuya e Kimizuki deixam de discutir sobre suas notas e passam a indagar o Tenente Coronel sobre quando eles farão o teste para a série do Demônio Negro. Como Guren está longe de ser o ser humano mais paciente do mundo, ele simplesmente desembainha sua arma amaldiçoada e dá uma amostra do poder demoníaco, nocauteando todos os alunos, menos Shinoa, Yoichi, Hyakuya e Kimizuki. Aqueles idiotas que ficaram de pé serão testados para o armamento, aqueles que desmaiaram podem continuar tentando.

Chega o momento de decisão sexual de Yoichi.

Sayuri, a instrutora da sala, diz que Yoichi não tem resistência necessária para enfrentar a  série do Demônio Negro (embora ele seja o menos provável ali de ser possuído por um demônio, segundo ela), enquanto Guren os guia até a sala, e o Tenente Coronel faz um discurso sobre como esse mundo é feito apenas para os fortes, dando à Yoichi a chance de voltar e não colocar sua vida na reta. Hyakuya e Kimizuki encorajam a saída do garoto, dizendo que ele é gentil demais para um teste como esse; mas ele ficou profundamente marcado pela morte de sua irmã, bem em sua frente, e está firme em sua decisão: ele vai tentar, mesmo que isso signifique sua morte.

Depois de sua demonstração de convicção, Hyakuya e Kimizuki passam a aceitá-lo no clubinho de “perdedores que não tem mais o que perder nessa vida além da própria existência” e tentam encorajá-lo no caminho. Shinoa aproveita a chance para aloprar Kimizuki, ressaltando como o garoto teve que se apoiar na carteira para não desmaiar como o resto da sala de aula (eu amo essa menina, sério).

Eles finalmente chegam à sala do teste, onde as armas amaldiçoadas são mantidas. Caso falhem em suas convicções, apenas a morte os aguarda. Mas se forem bem sucedidos, eles conseguirão a força que desejam para matar os vampiros (pelo menos no caso de Hyakuya e Yoichi; Kimizuki só está nessa pela grana lol). O episódio chega ao fim, com muito suspense sobre nossos heróis, pan pan paaaaaaan.

O episódio 6 começa.
Kimizuki, Yoichi e Hyakuya estão presos em visões do passado.

Lembrança do Yoichi: O dia em que sua irmã morreu.
Vampiros invadem sua casa e sua irmã o esconde debaixo da cama, dizendo-lhe para não sair de lá não importa o que aconteça. Lacus, um vampiro de cabelo azul (e que se apareceu e ganhou um nome agora eu só posso supor que há de aparecer novamente na história, para que Yoichi possa ter sua vingança), bebe o sangue da menina e larga o corpo dela, inerte, depois que seu colega informa que o quartel está lhes chamando.
Yoichi encara sua irmã morta quando os olhos da menina se abrem, subitamente. O demônio fala com ele usando o rosto e voz de sua irmã, reafirmando a morte da menina.

Lembrança do Kimizuki: A cidade devastada, sua irmã doente.
Kimizuki e Mirai conversam brevemente sobre o estado da menina, que diz sentir-se bem. O local está praticamente todo destruído, mas Kimizuki mantêm-se bem humorado e disposto, decidindo buscar comida para Mirai. A menina sugere que ele não precisa se esforçar, que ela é apenas um peso e que ele pode deixá-la para trás, já que ela o está atrasando. Ele nega, mas o demônio passa a brincar com suas emoções, revelando que sabe que de noite ele chora em desespero pela situação. Kimizuki saca que é o demônio e não sua irmã

Lembrança do Hyakuya: Mikaela
Hyakuya já é recebido por um golpe: O demônio o saúda, com o rosto de Mikaela criança, referindo-se à Hyakuya como aquele que os abandonou e fugiu. Com um approach tão discreto, até Hyakuya percebe que aquilo não era verdade, ultrajado pelo demônio estar usando a imagem daqueles que lhe são preciosos para seus propósitos profanos. O demônio acha a reação de Hyakuya estranha e o garoto pressiona: Cale-se, desista e entregue-me seu poder. Mas, por alguma razão, seu breve senso vai embora e Hyakuya cai numa armadilha NEM 2 SEGUNDOS DEPOIS!
SÉRIO MESMO HYAKUYA?! MESMO!?

CHEGA! PRA MIM JÁ DEU!

CHEGA! PRA MIM JÁ DEU!

O demônio continua tentando fazer patê da mente e do coração de Hyakuya, mas a força de vontade do nosso protagonista é mais forte do que isso e ele finalmente admite que, mais do que a vingança pela família que ele perdeu, ele deseja poder para proteger tudo. O demônio, que agora revela-se como Asuramaru, finalmente concorda em seguir Hyakuya, mas avisa: se você vacilar, mesmo que por um único momento, eu vou consumir você.

Hyakuya desperta, apenas para ver que Kimizuki já tinha terminado antes dele. Farpas de amor devidamente trocadas, a preocupação deles volta-se para Yoichi, que ainda está pra lá de Bagdá nas badtrips dos poderes do demo.
O demônio do sonho de Yoichi fica desapontado e bravo com o garoto; aparentemente, seu desejo de vingança não é lá aquelas coisas e a gentileza e amor no coração do menino deixam o demônio bravinho. O demônio diz que vai se vingar pela irmã de Yoichi no lugar do menino e exige que ele lhe entregue seu corpo.

Segura a onda fera! Calma aí com essa revolta.

Segura a onda fera! Calma aí com essa revolta.

A estátua do demônio se parte, no mundo real, e Hyakuya e Kimizuki ficam preocupados pelo garoto. Guren acha que 2/3 é uma boa margem de sucesso e manda que os rapazes dêem cabo de seu amigo possuído.

Os garotos, claro, se opõe. Yoichi é parça!
Até Shinoa tenta dissuadir Guren da ordem, eles não estão preparados para lidar com uma situação como aquela. Hyakuya joga sua arma de lado e conversa com o Yoichi-demônio, sobre como eles são iguais, sobre como ambos desejam proteger aqueles que lhe são queridos. Vendo que não pode ir contra a maré, até Guren entra na dança e tenta trazer Yoichi de volta à si na base dos gritos. Yoichi finalmente veste as calças de sua vida e controla o armamento da série do demônio negro, tudo em nome do poder da amizade (e for bromance’s sake!). Eles nem tiraram o pó de suas roupas depois da breve batalha contra Yoichi-demônio e Guren já anuncia que vai mandá-los para a vanguarda, investigar as ações dos vampiros na região de Kanto.

No avião dos vampiros, vemos Mikaela junto com Lacus e o outro vampiro da visão de Yoichi, dirigindo-se para Shinjuku. Será que finalmente o reencontro mais esperado da série vai acontecer?! Será que Yoichi vai reencontrar Lacus e seremos surpreendidos por um berserk do garoto!? Será que Shinoa vai deixar de ser uma insuferable bitch!? (Tá, esse eu sei que é impossível)

Vamos ver o que o episódio 7 nos reserva.
Com certeza, uma cacetada de clichês xexelentos, mas vamo que vamo.

BÔNUS:
Bromance, pra alimentar seus egos fujoshi.
De nada.

Yuu-kuuuun! TToTT

Yuu-kuuuun! TToTT

Awww, there, there.

Awww, there, there.

<3

<3

 

 

Comentários