Olá pessoal, aqui é o Poketoty e quem diria, meu segundo artigo atrasado, mas esse não terá tanto atraso, porque esse artigo vai cobrir 2 episódios!!! Então vamos nessa ver o que aconteceu nesses episódios de reta final.

Nesses episódios tiveram lutas, lutas e possíveis mortes.

Essa frase descreve esse anime, por isso achei justo colocar ela com esse destaque

Essa frase descreve esse anime, por isso achei justo colocar ela com esse destaque

Bom pessoal, como dito pela Yamada no episódio 10, “esse episódio é baixo em comédia e em teor de sódio”, então eu pensei que seria melhor juntar com o episódio 11 e fazer um artigo de 2 episódios, fora que também o episódio 11 é uma continuação direta do 10, até a mesma fala do final se repete no começo do outro.

Começaremos do começo, logo no início temos um flashback da mãe da Min-chan indo embora. A alguns posts atrás eu havia me indagado “por que a mãe da Min-chan foi embora e não levou a filha?” A Haoliners fez questão de me responder e basicamente a resposta foi porque sim, ela queria ser livre, sem preocupações com a filha e um marido mulherengo, foi embora simplesmente por isso. Continuando, a Min-chan vê que seu pai não será capaz de protegê-la e aprende artes marciais. Ainda falando de flashbacks, vendo os  de todos os episódios, eu acredito que o Ossan até tenha sido um bom pai, teve grandes momentos de ausência, porém sempre voltava para Min-chan em emergências, ao contrário do que eu achava no começo do anime, ele foi um péssimo marido.

Agora temos a grande luta do Grande versus todos os personagens protagonistas. Gostei da animação da luta, dado ao que o estúdio pretendia. Acredito que tenha ficado de bom tamanho a luta no geral, teve até uma parte que o Grande faz uma alusão a Cutscene e que ficou bem legal, diga-se de passagem.

Os poderes do Ossan, nem ele sabe ao certo que poderes ele tem, nem nós sabemos, porque apesar de ser imortal, sem super força ou invulnerabilidade parece ser uma coisa bem ruim e aparentemente o único poder dele é esse, como bem diz o Ossan, todos os inimigos se mataram, então ficou difícil saber o que ele poderia fazer.

Sobre o poder do Grande, eu não estou convencido que ele tenha um ataque que desintegre seres, visualmente o poder dele parece algo que teleporta matéria para outro lugar, visto que quando ele atira no Moe, é o que aparenta ser, um teleporte de perna (??), porém, para me provar o contrário, quando o poder foi usado no Yamada, aparece sangue voando no rosto do Ossan (?), então fico na dúvida do que realmente o poder faz. Entretanto, torço para ser teleporte, pois senão vários de nossos queridos morreram mesmo nesses episódios, incluindo a mocinha a ser salva, a Min-chan.

Até em episódios que a comédia não é muito explorada, tem uma ou outra que escapa. No episódio 11, temos uma quebra de quarta parede interna.

E no flashback da dataniana explicando porquê a raça humana é um enigma até para os seres mais inteligentes, foi apresentado uma revista de colegiais de biquíni com uma url, e sim!!!!! Esse link nos leva para um site de verdade, que também pertence a Haoliners e aparentemente a imagem usada é uma ilustração de um artista da pixiv.

Divirtam-se com o site ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Divirtam-se com o site ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Dentre todas as piadas pesadas e atrocidades que o anime nos apresentou, para mim ele deixou o pior para o final, não era só a esposa do Grande que abusava dos filhos, o próprio Grande fazia “brincadeirinhas noturnas”.

Bom, então pessoal, esses episódios foram tensos, com cenas tristes e bastantes possíveis mortes (??), espero que Ossan libere um poder oculto e junto com Moemoe consiga derrotar o Grande. E se todos morreram mesmo, espero que haja algum jeito de fazer voltar a vida, pode ser até uma paródia de Dragon Ball, onde eles vão coletar estátuas (??) de dragões ou qualquer outra coisa, até porque não permite que deixem a Best girl Yamada morrer e ficar assim, então vamos ver no próximo episódio e até lá!!

  1. Começando pelo episódio 10. tenho que admitir que o Ossan não era bom pai, ele lá no fundo preocupava-se com a filha, mas ainda assim foi um mau marido e ainda por cima mulherengo. A explicação dada, ao facto de a mãe ter abandonado a Min, foi até aceitável, mas aquela mulher como ser humano era um lixo, que mãe abandona os seus filhos. Agora a parte melhor, o inicio do fim, com a entrada do grande imperador (só tenho uma frase para ele, que personagem) a destruir tudo e todos que se ponham no seu caminho.
    Agora no episódio 11, como hei-de o dizer, veio-se a descobrir alguns segredos tabu na família do grande Imperador, afinal não era só a mãe dos irmãos Moe que abusava deles, o próprio pai também, aquela cena em que o irmão Moe mais velho faz aqueles gemidos sensuais, foi muito errado em todos os sentidos, ainda bem que o anime passa de noite, se uma criança visse aquilo ainda dava problemas ao estúdio. Aquela parte da revista também foi muito boa e já agora obrigado pelo serviço público que fizeste com a revista Poketoty. Agora passando ao Grande imperador, que personagem, eu rio muito cada vez que ele fala, faz aquelas coreografias de ataques especais e não bastando isso ele tem um seyuu que é um mito, o seyuu que dubla o Grande, já é bem velho, nem sei com ele consegue falar tão depressa. As lutas do episódio 11 estavam muito boas, até um pouco acima da média daquilo que a Haoliners nos costuma apresentar, com estas lutas o senhor Yamada morreu, a dataniana que estava acoplada a ele morreu também, até a Min não teve hipótese contra o grande vilão, mas ainda estou na esperança que aquilo seja tudo obra da imaginação da cabeça do Ossan, pelos menos até agora o desenrolar do anime não me tem desapontado.
    Como sempre mais um excelente artigo de To Be Hero Poketoty.

    • Poketoty

      Os dois últimos episódios foram de shounen ao invés de full comédia como havia sido antes, também achei bem animado e fluído para o trabalho que a haoliners havia fazendo. Quero acreditar que foi teletransporte realmente o poder do Grande, ao invés de desintegração. Aliás o Grande tem destaques, já não bastava o melhor episódio ter sido exclusivamente sobre ele, ele ainda ganha uma ótima cena de luta e com direito é o “mais forte da galáxia”, como disse a dataniana, conseguindo ser um bom antagonista.

      • O Grande Imperador para mim, de longe é o melhor personagem deste anime, naquela cena do episódio 11 onde ele está a preparar-se para dar uma surra no Ossan e o seu filho do meio Moemoe lhe lança um ataque de merda (literalmente) e o Grande nem parecia muito afectado por estar a ser atacado com bosta, isso e aqueles desvios dos ataques dos seus oponentes com isto o Grande é um mito.

      • Poketoty

        Os desvios realmente foram demais, eu não consigo escolher um personagem só, todos eles foram muito bom e tiveram seus momento, não consigo esquecer o quanto o Yamada era genial na comédia, mas o Grande realmente teve um grande destaque nessa reta final.

Comentários