Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Yoooooooo

Nesses 3 episódios, 2 foram basicamente “idiotas” pegando aquela velha formula lá do começo, e um bem sério e violento. Nanbaka costuma ter uma trama que só se desenrola no final e começo do episódio. No final do episódio tem uma cena que chama a sua atenção e que se finaliza no episódio anterior. Esse é um truque muito comum nos episódios nonsense e serve para prender a atenção para algo mais sério que irá ocorrer no futuro. Eu acredito que o Anime tenha grande potencial e tenha conseguido se firma e ter 22 episódios justamente por usar essa formula. Existem os episódios não tão interessantes que servem para você passar o tempo e tem levam aos realmente bons e que fazem tudo valer a pena.


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


No primeiro episódio tivemos a sequência de entrega dos prêmios dessa vez de Rock e Nico. Foi mostrado a ligação dos personagens com Juugo conforme foi se passando a entrega dos prêmios. Rock gosta tanto de comida porque era de uma família rica e se envolvia em brigas. Quando chegou na prisão voltou a brigar o que ocasionou sua ida para a solitária. Juugo vendo que seu companheiro passava fome lhe ofereceu ajuda e assim fugiram juntos. Na entrega do forno de pedra Rock chama seu rival do torneio para experimentar a comida. Podemos ver que a interação entre os presos se torna cada vez maior. O torneio em vez de separa-los os uniu.

animestelecine-nanbaka-12-720p-mkv_snapshot_19-00_2016-12-30_14-32-10

O outro que tem seu prêmio entregue é o Nico e nessa parte somos apresentados a outra personagem. Otogi Kasari que é esposa do chefe do setor médico que cuida de Nico. Esses personagens secundários que aparecem geralmente são colocados somente para as cenas de comédia. São como aqueles núcleos das novelas da Globo, que não tem tanta participação na trama principal e só servem para preencher o tempo se envolvendo de alguma forma com os personagens principais.
Temos uma cena de Nico se lembrando de seu passado e de como conheceu Juugo. Todos já sabem que Nico, devido a sua doença, era constante examinado pelos médicos e snetia muita dor não podendo sair e conviver normalmente com os outros presos. Juugo vendo isso o liberta e nesse momento Nico tem o seu primeiro contato com personagens de um mangá que seu libertador lhe deu. Por isso seu desejo como prêmio foi uma sala de jogos para que pudesse jogar com os seus amigos. Assim como ocorreu com Rock, ele chama os seus rivais do torneio para conhecerem o prêmio. Outra vez temos as cenas de comédia frequentes. No final aparece o Musashi que se desculpa e todos ficam felizes e em harmonia. O episódio termina com Musashi na sua cela e Kenshirou lhe propondo que lhe fale mais sobre a sua vida.

Esse episódio foi relativamente bom e foi quase um filler. Como eu falei anteriormente, quando se tem esse episódio idiotas em Nanbaka podem esperar que vem alguma coisa no final e que vem uma bomba no próximo episódio. Foi dito e feito.

No segundo episodio conhecemos mais a fundo a vida de Musashi e a sucessão de tragédias que o levaram a Nanba narradas por ele mesmo. O preso era de uma família estável e que era muito feliz até ocorrer as suas primeiras combustões espontâneas. Oferecendo ajuda, o Homem da Cicatriz prometeu cura-lo daquilo só que o fez controlar o transformando numa máquina de matar. Aqui descobrimos a verdadeira identidade do homem dos dentes de tubaram que sempre espreita a prisão. Seu nome é Elf e aparentemente tem uma resistência absurda e um poder totalmente loco que é revelado no próximo episódio.
Após ouvir toda a história Kenshirou diz acreditar pois quando ele era policial se envolveu em investigação para solucionar um mistério de presos que eram usados em experimentos. Aqui fica subentendido que o governo tem participação nesses casos. Kenshirou diz que irá caçar e prender o homem da cicatriz e percebemos que assim como Hajime ele tem um grande senso de justiça.

Um personagem que realmente me intrigou foi o Elf. Eu particularmente curto muito personagens sádicos e irônicos ao estilo Coringa. Que estão sempre fazendo uma piada.

animestelecine-nanbaka-12-720p-mkv_snapshot_08-07_2016-12-30_14-14-32

Na segunda parte do episódio temos a entrega do prêmio de Uno e essa parte foi bem comédia. Mais uma vez temos a visita dos presos rivais do Torneio. O prêmio é uma sala de jogos de azar que tem a participação de todos na sua construção. A cena serviu para encerrar esse episódio e o anterior na entrega dos prêmios tendo a participação de todos. No final temos uma pequena cena mostrando a fuga de Juugo e Uno. Pensei que fosse mostrar com mais detalhes já que eles são os mais íntimos entre os quatro, mas Nanbaka não é de mostrar coisas que já então mais do que subentendidas e que estragariam toda uma experiência. Na cena final temos a tão aguardada aparição do segundo grande vilão.

No episódio 3 temos a aparição de Elf. Um maluco lunático que aparentemente consegue se mover no espaço tempo. Esse cara é o braço direito do Homem da Cicatriz em suas pesquisas.
Essa aparição me deixou com mais dúvidas do que respostas porque a gente não consegue entender como funciona o poder dele e nem qual o real motivo de estar ali. No final ele fala que é somente para a verificar se Juugo está bem, mas não antes de quase matá-lo. Ele também diz que coletou um espécime, mas não vimos a ausência de ninguém até agora.  Ele aparenta ser uma personagem que se contradiz a todo momentos sem mostrar suas verdadeiras intenções.
Essas foi uma parte bem macabra em contraste com as cenas bobas que geralmente aparecem no Anime. Quase tínhamos um personagem escapelado e espero que as crianças não estejam assistindo isso :v

animestelecine-nanbaka-12-720p-mkv_snapshot_21-42_2016-12-30_16-39-56

Olhando que seus amigos correm perigo, Juugo decide fugir sozinho, entretanto é acompanhado por eles até o final quando os para e decide seguir sozinho para lutar contra Hajime. Depois de todas as coisas boas que vinham ocorrendo o preso percebe que não queria perder os amigos e que nunca encontraria a paz. Hajime o interroga na luta, o porquê dele está fazendo aquilo e que ele não tinha para onde fugir. Isso fica literalmente claro pois Juugo realmente não tem para onde ir e a prisão é o seu único lar. Os presos pedem para que Seitarou abra a saída e quando ele finalmente faz isso eles interveem e param a luta. Essa foi uma parte bem tensa pois foi uma luta bem seria a tal ponto de Hajime suar para parar Juugo e que se não tivesse tido intervenção acredito que ambos teriam ido parar na UTI.

O episódio termina com a boa e velha cena de comédia para descontrair com Hajime batendo na caça dos seus presos e os levando de volta para cela.

No final temos uma cena bastante interessante que é dos 4 olhando para o horizonte o que remete aquilo que irá vim e que tudo que podemos ter é a esperança de que dias melhores virão.

Nessa primeira parte do Anime algo que foi muito acima da expectativa foi a direção. Shinji Takamatsu manteve uma qualidade excepcional na forma como conduziu  a obra e como um todo achei um dos melhores, visto ser um Anime de comédia que aparentemente tem pouca verba em sua produção. Ele soube usar da melhor forma os recursos como fez com que tudo brilhasse o que achei genial pois isso foi muito bem usado quando Juugo estava preso e depressivo. Ele não brilhava em contraste de todos que estavam ali. O Diretor de Som também mandou super bem sabendo absorver toda a atmosfera nas cenas de comédia e mais seria assim como a dublagem que não deixou a desejar e vozes estão em sincronia perfeita com os personagens. Um grande anime e que me agradou bastante mesmo sendo um pouco cansativo em certas partes. Tou dando 4 estrelas para essa parte. Daria menos se o Anime não cumprisse o que foi prometido.

animestelecine-nanbaka-13-720p-mkv_snapshot_20-09_2016-12-30_17-00-46

Ps:

Devido aos meus atrasos constantes nos reviews e ter só mais três episódios para encerrar a primeira parte de Nanbaka, decidi fazer esse 3 em 1. Nesse tempo que passamos juntos tentei abordar diferentes maneiras de falar sobre o que ocorria no episódio, mas nenhuma em especial me agradou ou desagradou os que leram. De fato, ouvia comentários de pessoas que gostavam, mas eu não achava e não acho a estética dos meus reviews muito boa por isso estou sempre mudando e buscando novas formas de escrever e passar o conteúdo ao leitor. Meu reviews nunca foram propriamente reviews pois eu falava sobre o Anime inteiro e ia analisando o que achava interessante. Ao meu ver, isso deixava o texto longo e cansativo e não tanto analítico como se espera. De certa forma, esses textos me frustravam pois como leitor eu quero algo prazeroso de se ler e que seja rápido e conciso. Por isso, daqui pra frente, como foi feito nos últimos reviews de Occultic;Nine, tentarei somente analisar o Anime em si e não tanto descrever o que ocorre fazendo uma “narração” do episódio. Agradeço aqueles que entenderem e peço desculpas aos que já estavam acostumados com o meu antigo modo de escrita. O objetivo unir o útil ao agradável, tanto no que irei passar para vocês nos momentos que estiver escrevendo, quanto o que vocês iram ler será mais dinâmico, conciso e na medida certa para não haver desperdício de tempo. Outra coisa que quero me atentar é ao tamanho. Existem certos episódios em que realmente não se tem muito sobre o que falar. Isso é normal principalmente em Anime de comédia em que não se tem uma grande trama envolvendo os personagens, diferente de Nanbaka que existem os episódios normais e nonsense e tem aqueles mais sérios que envolvem uma trama complexa e que merecem maior atenção. Por isso o tamanho será menor do que o habitual e poderá ser ainda menor dependendo do episódio. Agradeço a compreensão de xD

Nanbaka está disponível no Crunchyroll.

Comentários