E ae galera!!!!!!!! Temos mais um episódio focado numa personagem, desta vez a Machi. O anime não respondeu a muitas questões sobre ela, então é claro que teria um episódio focado só em “COMO????”. Como uma dullahan funciona, então vamos ver como foi!

Fala galera!! Dessa vez tivemos um episódio inteiramente sobre a Machi e assim o lado humorístico protagonizado pela Hikari e a Kusakabe e ocasionalmente pela Sakie sensei e Ugaki foi meio que “esquecido” nesse episódio, para fecharmos de vez todas as questões que envolvem a anatomia de uma dullahan e ainda de quebra soubemos o que a Machi vai ser quando crescer.

Então pessoal, esse episódio teve 2 partes, a primeira foi a da Machi querendo dar (beijos) para o Takahashi. O que esses hormônios de adolescentes não fazem ein? Tivemos muitos pontos para ressaltar nessa cena, mas antes disso o episódio já começa me dando um mini ataque cardíaco falando que a Best girl Hikari já beijou alguém (a reação da Sakie sensei foi pouco). Pessoal da produção do anime, isso não se faz… depois a cena da Sakie falando que estava com inveja foi excelente para complementar a piada.

Ótima cena

Continuando, a Machi escolhe um momento péssimo para falar com o Takahashi, que já esteve meio intolerante, digamos, por ter que carregar um monte de peso para um diretor que me pareceu um tremendo de um babaca (personagem horrível o dele) e assim acaba causando um acidente por tentar forçadamente “pegar” o Takahashi. Assim, com toda razão, Takahashi do jeito paizão que é, fica muito preocupado e acaba por dar uma bronca na Machi e foi nesse momento que o anime me lembrou que estamos num cenário de crianças, com todas essas piadas sexuais e ângulos de câmera focalizados em um personagem, não permitindo ver a diferença de altura (nas raras vezes que mostraram a diferença, eu tomei até susto), dá facilmente para esquecer que as demis ainda são crianças e estão se desenvolvendo e aprendendo com a vida. Enfim, como sempre, a Hikari entra em ação e faz o anime girar de novo para resolver esse desentendimento, mas o que mais me chamou a atenção nessa parte foi a Kusakabe, que entendeu toda a situação mesmo sem presenciar a cena e explicou bem à Machi todo o desenrolar da situação de forma concisa, madura e correta.

MOMENTO AQUELA CARINHA ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Na segunda parte temos bastantes coisas a se pontuar. Primeiro o Souma, que me pareceu um típico personagem pesquisador esquisitão. Se bem que para padrão animes , o Souma ficou devendo na esquisitice, poderia ter mais trejeitos bizarros e falar mais estranhamente, porém, o anime tenta ser normal, como no mundo que vivemos mesmo, só que com demis inseridos, meio que um “como seria se”. Assim o Souma está bem aceitável e consigo ver o porque dele e o Takahashi serem amigos. A segunda coisa a falar foi a explicação de como funciona uma dullahan. Como se explica algo que não dá para explicar? É complicado, por isso que o anime se enrolou e falou um monte de coisa ok, porém meio HAN? (escrevi super bem também agora). Temos duas grandes partes para entender  o que foi dito, a mais fácil é a intenção muda um resultado, o que foi dito nessa frase é que basicamente numa observação de qualquer coisa, procura-se a resposta para determinada pergunta, assim se procurarmos uma resposta que depende de Y, mesmo que tenha na observação elementos A, B e C, o observador focará sua visão só no que acontece que envolva o Y, mesmo que o mais visível sejam os outros elementos. A segunda parte fala que o pescoço da Machi tem um sofisticado mecanismo que aparenta ter tudo que um pescoço normal teria, ao mesmo tempo que não existe (no nosso plano), podendo estar em uma dimensão paralela ou até numa dimensão daqui que não é visível para a gente. Assim não sabemos ao certo das regras dessa nova dimensão, como funciona o tempo e espaço nela e como esse “erro” veio parar na Machi e como tudo que sai tem que ser ocupado por outra coisa, no mesmo lugar aparecer uma chama (será que em outra dimensão tem uns bichos que tinham chamas como pescoço e agora um deles tem um pescoço humano no lugar?). O mais dessa saga foi a Machi descobrir o que vai querer fazer quando crescer e que ela fica meio estranha com um pescoço normal, como o Takahashi disse “não parece direito”.

BOOK BEST GIRL

Então galera o post fica por aqui, até o próximo!!!!!!!!!

  1. Este episódio de Demi-chan foi muito bom. A parte inicial, foi meio estranha, pelo menos para mim. Quem vê o anime desde o inicio sabe que a Machi, nutre sentimentos pelo Takahashi sensei, mas dai querer que este lhe dê um beijo, em plena escola, soa-me a a perigo desnecessário e fora de nexo. Tal cena também atraiu a atenção do director da escola, que parece desconfiado com as atitudes que o Takahashi sensei tem pelas demis. Ver a Kusakabe a a Hikari de volta da Machi, a tentarem consolá-la foi uma cena bastante bonita. Eu acho que a Kusakabe a Hikari sabiam o motivo, mas não disseram nada. Mas como a best girl Hikari, não aguenta ver as pessoas que a rodeiam a sofrer, foi chamar Takahashi para que este se desculpa-se com a Machi. Se bem que ela também teve culpa, aquele devaneio do beijo poderia ter corrido mal. E compreendi o porquê do Takahashi ter gritado com a Machi, ele preocupa-se com ela.
    Mas foi a segunda parte, que me surpreendeu, nunca pensei que um anime destes, fosse falar de Física, para explicar a situação das dullahans. Eu gostei bastante do colega do Takahashi, o Souma. E gostei ainda mais do facto, de ele não ter aqueles tiques bizarros que a maioria dos ciêntistas dos animes têm. A forma como ele explicou o problema da Machi fez bastante sentido, e o mais impressionante é que a explicação não ficou chata em momento algum. Ver a Machi com a cabeça agarrada ai corpo, foi estranho, mas ainda assim um momento bonito. Eu gosto bastante da Machi, ela é muito simpática, tem uma fala cuidada e acima de tudo é uma boa amiga (se bem que é impossível destronar a Hikari, do papel de best girl do anime).
    Muito obrigado pelo BOOK BEST GIRL, eu nunca me canso de ver as figuras que a Hikari faz. Ela de longe é das personagens mais expressivas que, eu já vi num anime.
    Como sempre, mais um excelente artigo de, Demi-chan Poketoty.

    • Poketoty

      A primeira parte foi uma mistura de inveja e hormônios na Machi, que causou aquela situação toda , com toda razão o professor repreendeu a Machi e a Hikari fazendo o episódio girar e o diretor com jeito de quem vai aprontar foram os destaques da primeira parte.
      A segunda parte, eu nunca sou fã de quando tentam explicar algo inexplicável e foi o que o anime tentou fazer, apesar de fazer sentido, fica aquele gosto de tá. Agora como bem disse a Machi com pescoço normal ficou muito estranho, gostei não, mas o mais impostante e palavra chave do episódio ÉTICA (olha lá ein Takahashi). Me mato para fazer o BOOK Best girl quando quase não temos a Hikari e quando não temos palavras de duplo sentido também fica difícil, mas vamos tentando.

Comentários