Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Um episódio tranquilo — nada movimentado — que passou rápido. Neste 12º episódio tivemos o prólogo do anime —basicamente — em formato de flashback e mais outro flashback do mundo mágico — só que agora por parte da Tooru. Sendo sincero, o episódio se resumiu a flashbacks, pois foram as coisas mais importantes que “ocorreram” neste, além de outra coisinha que irei citar depois.

Pisquei e o episódio acabou. Sério, foi literalmente isso que aconteceu, me lembrou muito os episódios de Flying Witch, em que existia um clima extremamente agradável e os episódios davam a sensação de terem acabado mais rápido. Como um “slice of life”, o episódio dessa semana foi perfeito, pois foi justamente isto que foi apresentado, novamente vimos o dia-a-dia de empregada da Tooru. Além — claro — dos flashbacks.

Meio tarde pra mostrar o prólogo, não? Certo, não é bem o prólogo do anime, mas quando digo isto tenho certeza de que você entende o que quero dizer. Caso o anime tivesse finalizado sem mostrar esse flashback, não faria diferença alguma, pelo menos para mim não. Ao meu ver, não foi um flashback tão necessário assim, apesar de “tapar uns buracos” — inexistentes — não faria falta alguma caso não tivesse ido ao “ar”. Aliás, querendo ou não, esse flashback foi bem divertido e engraçadinho, na verdade, creio que tenha sido a parte mais divertida do episódio.

Aceitei de boa este flashback da Kobayashi, mas o da Tooru foi difícil de engolir. Caramba, que forçação de barra, não? Sério, eu sei que esse anime tem uma “tara” por empregadas, mas isso não quer dizer que tudo tem que girar ao redor de empregadas. Ok, o flashback teve como objetivo mostrar como a Tooru era no outro mundo — no caso, uma espécie de tsundere — mas eu definitivamente não gostei. A parte que se referia a Tooru foi totalmente OK, mas a parte relacionada a garota eu ignorei completamente depois de ouvir o sonho dela, que era ser uma empregada. POR QUE TUDO NESSA ANIME GIRA EM TORNO DE EMPREGADAS?

O último episódio será o próximo, certo? Eu acho que sim. Caso realmente seja o último episódio, vou guardar minhas opiniões finais do anime para o próximo artigo. Aliás, no finalzinho desse episódio um dragão — aparentemente maligno — apareceu. Aposto que é o pai da Tooru ou coisa do tipo, deve ser algo do gênero. Talvez seja um episódio com mais ação, então existe a alta probabilidade de ser excelente — não que um episódio não movimentado seja ruim, ok?

Não tem mais o que dizer, sendo bem sincero, realmente não tenho mais sobre o que falar. O episódio foi muito tranquilo, não deu muito caldo pro meu angu. A relação entre Kobayashi e Tooru como sempre está ainda melhor, provavelmente o ápice será no episódio final — ou em uma próxima temporada. Foi um episódio bem “ok”, diria que foi uma preparação para o clímax final. Aliás, é coisa da minha cabeça ou antes da abertura a animação estava travada? Eu realmente estou confuso com relação a isto.

Comentários