Olá! Mais uma semana se passa, e estou aqui novamente para repetir o que vem sendo a máxima de Nanatsu no Taizai: Imashime no Fukkatsu: Um ótimo episódio. Basicamente, tivemos retorno da nossa querida Maga, Merlin e também desfrutamos um pouco mais sobre a situação de Meliodas em sua volta.

Inicialmente Meliodas e Elizabeth mataram a saudade. E nosso querido capitão voltou novinho em folha (seus 7 corações nos lugares correspondentes). Já fica cada vez mais nítido que a ligação de Elizabeth com Meliodas está muito forte, e está aquele cheirinho de relacionamento, o fato de ela ter acesso ao passado dele ajudou muito nesse sentido. Outra coisa intrigante é que cada vez mais fica claro que os antepassados de Elizabeth vão para além de apenas a Liz. É evidente que pelo menos mais outra vida, tenha antecedido sua reencarnação, notoriamente tenha sido a vida de uma Deusa importante. Sobre a Mãe porca não a vejo morrendo por conta do soco de Derierri. Afinal, o Hawk tomou um chute e voou para bem longe e continuo vivo. Então provavelmente a querida mãe porca ficará bem.

Meliodas.

Bom, em meu artigo passado levantei o fato de provavelmente Meliodas voltar ainda mais forte. E por conta de sua luta contra Derierri e Monspiet fica mais claro isso. Ele venceu os dois de maneira bem fácil. Isso nem chegou a ser uma luta. Durante essa batalha dá para notar uma súbita mudança no humor de Meliodas, isso irei abordar melhor na parte final do episódio. Derierri e Monspiet morreram? Não duvidaria que eles morressem, um golpe 100% de um mandamento repelido pela habilidade de Meliodas pode sim matá-los. Mas, também não seria nenhum erro eles estarem vivos (se defender com escuridão, ou algo assim).

Derierri e Monspiet.

No proceder do episódio descobrimos o que o mandamento não matarás faz: basicamente aquele que mata algum ser com vida em frente ao mandamento tem seu tempo de vida roubado, isso através de um processo de envelhecimento súbito. Então Grayroad passou a tocar o terror na situação, e quem podia pará-lo? Somente ela, a maga mais linda de todas: Merlin. E ela voltou com tudo, e acima de tudo com seu corpo de volta.

O mandamento não matarás agindo

Mas, como matar um inimigo cuja habilidade é roubar a sua vida caso o mate? Seria bem difícil pensar em uma solução, no entanto a habilidade de Merlin foi revelada, e essa habilidade é perfeita para enfrentar tal inimigo: “Infinito”. Essa habilidade faz com que Merlin simplesmente possa manter todas as suas magias conjuradas sem consumir sua energia (você deve lembrar-se daquele cubo perfeito impenetrável, não é?), para, além disso, essa habilidade também afeta no tempo de vida de Merlin. Resumindo a opera: como roubar o tempo de vida de alguém que tem o seu tempo parado (o tempo de Merlin através do “Infinito” parou)? A resposta é simples: não há como ela ser afetada pela habilidade de Grayroad. Merlin ainda capturou o tal mandamento. Aliás, essa questão do tempo de Merlin ser parado evita que ela envelheça mantendo-a sempre nessa sua forma.

Grayroad sendo capturado.

Ainda dentro desses momentos da luta de Merlin contra Grayroad, ela revelou quem é seu pai: “Belial”, e também falou seu nome verdadeiro, isso na língua de demônios. Isso fez Fraudrin e Grayroad ficarem muito receosos com relação a ela. Agora a natureza de Merlin é questionável, será que ela realmente é humana? E por que os mandamentos temeram tanto a ela? Ainda é difícil definir, mas em momentos futuros talvez seja recobrado pelo roteiro da obra( ou em uma 3° temporada).

Vamos continuar o episódio, e o que tivemos depois foi à tentativa de recuperar o corpo de Dreyfus do domínio de Fraudrin. Para isso Zaratras e Hendrickson tentaram cumprir tal missão. Utilizaram-se principalmente da magia chamada “purge” que serviria para expurgar o espirito maligno do corpo de Dreyfus. Após uma luta torrencial, Zaratras utilizou sua vida no “purge” para poder libertar seu irmão do mandamento, isso culminou em vermos a forma original de Fraudrin.

A batalha principal seria entre Meliodas e Fraudrin. Através do poder Merlin vimos o poder de Meliodas atualmente, que é de 60.000 (literalmente um monstro em poder). Como você caro (a) leitor (a) já deve saber Fraudrin foi aquele que matou a Liz, ou seja, o pecado da ira pode ser justificado no próximo episódio.

Fraudrin passou seria dificuldade lutando contra o clone de Meliodas.

É notável a mudança de Meliodas, não só em poder, mas também em sua personalidade, agora alguém que aparenta realmente utilizar o poder demoníaco. Afinal, o quão diferente o poder de Meliodas ficará ao usar seu poder com aquela marca demoníaca em seu rosto… Será que Meliodas pode voltar a ser do mal e se tornar o grande vilão da obra? É tem muita coisa a ser desenvolvida. Infelizmente isso deverá ganhar lugar em uma próxima temporada, por conta que o episódio 24(o próximo) será o ultimo dessa 2° temporada.

Essa foi à análise de Nanatsu no Taizai: Imashime no Fukkatsu que, novamente trouxe um ótimo episódio, e que deixa a todos ansiosos pelo próximo episódio. A 2° temporada lamentavelmente acaba na semana que vem então boa parte das respostas com certeza ficarão para uma possível 3° temporada. Mas enfim, o próximo episódio promete bastante.

Obrigado por acompanhar mais um artigo, e semana que vem estarei de volta para comentar o último episódio da segunda temporada de Nanatsu no taizai.

Discussão