Categorias como protagonista, vilão e par romântico já estão manjadas. Melhores e piores mães e pais também já são lugar comum. Mas você já viu uma lista de avós nos animes? Aposto que não. Vai ver agora!

E enquanto pesquisava para essa lista entendi porque provavelmente não existe outra lista sobre avós em animes por aí: é porque é muito raro animes que tenham avós mesmo. Faz sentido. A maioria dos animes já esconde os pais dos personagens, que dirá então dos pais dos pais dos personagens? Ou, no caso dessa lista, das mães dos pais dos personagens.

Mas elas existem. Eu não conheci muitas, e descobri que deixei de conhecer umas bastante famosas, mas todas dessa lista são de animes que eu assisti então eu sei do que estou falando quando elogio essas avós!

Ler o artigo →

Bom, minha avaliação final, devo dizer logo de início. Só posso esperar que a Lidy não discorde muito de mim, hehe. Como de costume em temporadas de inverno (não costume do blog, porque essa é nossa primeira, mas se você acompanha anime há alguns anos sabe que é tendência da indústria mesmo) não houve muitos animes que despertassem grande entusiasmo desde o começo, e boa parte dos que despertaram mais ansiosidade eram animes que haviam começado ainda na temporada de outono de 2014 ou continuações. No geral, avalio como uma temporada com alguns poucos animes muito bons, um punhado de animes muito ruins porque foram um tédio só, e uma vasta maioria que foi assistível mas não deve deixar memórias muito duradouras. A avaliação final de cada anime não foi fácil (até escolher as imagens para o banner que ilustra esse artigo foi difícil), e como esperado a minha classificação difere enormemente da enquete (que teve muitos votos a mais dessa vez, obrigado!), mas com alguns pontos de concordância importantes. O resultado da enquete está logo depois das minhas avaliações, que estão logo abaixo desse parágrafo!

Ler o artigo →

Último artigo de saldo da temporada de inverno, adequadamente com muitos encerramentos. Agora começarão os artigos de primeiras impressões dos episódios da nova temporada e talvez ainda nessa semana, ou talvez na próxima, sairá o primeiro saldo da temporada de primavera. Os últimos artigos da temporada de inverno serão o artigo sobre o episódio final de Yurikuma Arashi e o artigo de impressões finais da temporada, que é parecido com o saldo mas inclui a temporada inteira e algumas outras considerações gerais e específicas. Ele incluirá também o resultado da votação popular de melhores episódios da temporada, se você ainda não votou, a enquete está na barra lateral à direita, vote agora mesmo!

Ler o artigo →

Foi um final feliz para a Maria, não é? Então tem isso, eu acho. Eu não queria um final trágico, e esse definitivamente não foi um final trágico. O que não quer dizer que eu esteja satisfeito com ele. O que dizer daquele momento em que ela está encarando Miguel e todo mundo aparece pra dar uma mão? Foi como uma versão piorada da formação da Sociedade do Anel em Senhor dos Anéis. Ártemis e Príapo: “Você (Maria) tem o nosso apetite sexual insaciável!”. Viv: “E os meus cachos perfeitos!”. Edwina: “E-e-e a minha ti-timidez!”. Bando de bruxas sem nome: “E a nossa irrelevância!”. Bem, para o meu gosto, não foi um final feliz!

Ler o artigo →

Esse é o penúltimo saldo da temporada! Alguns animes já acabaram e eu já assisti e estão aqui nesse artigo, outros eu não assisti o final ainda ou não quis incluir porque já havia o penúltimo episódio para esse mesmo artigo, e quase todo o resto deve acabar semana que vem. Já dá para ter uma boa noção de quais foram os melhores da temporada, não dá? Mesmo que faltem tantos finais ainda. Por isso, já abri a enquete para eleger os melhores (e os piores, por exclusão) animes dessa temporada. Diferente da temporada anterior, nessa resolvi incluir todos os animes que passaram na temporada e foram cobertos de alguma forma por esse blog, e não só os encerrados (se bem que quase todos se encerrarão nessa temporada, ao contrário da anterior onde vários continuaram). Está na barra lateral, vota ali, escolha seus três animes preferidos da temporada, é rápido! De novo, não assisti Koufuku Graffiti e Rolling Girls, que agora já acumulam três episódios e terão quatro quando eu for assistir. Prometo que vou assistir! Embora, sendo realista, talvez acabe assistindo só bem depois que essa temporada tiver acabado, porque é episódio pra caramba.

Semana que vem sai o décimo segundo saldo, e daí em pelo menos mais uma semana (talvez mais) publicarei as impressões finais sobre a temporada. O guia da próxima temporada deve sair até segunda, e eu sei que a essa altura você já leu guias noutros lugares, mas leia o meu guia também, pois só ele trará as minhas opiniões e as da Lidy! Se gosta dos nossos artigos e das nossas opiniões, vai querer saber o que nós esperamos da próxima temporada, não vai? E semana que vem começa a temporada de primavera. Tentarei publicar artigos com primeiras impressões de tudo o que eu assistir, vai ser complicado, mas vou tentar. E quando sair o primeiro saldo, já terei definidos os animes que merecerão artigos exclusivos episódio a episódio. A Lidy já está escolhendo os dela também.

Sem mais delongas, segue a classificação dos animes da semana!

Ler o artigo →

Final feliz não é o mesmo que final bom. Em alguns casos, bem longe disso. Agora, não acho que Junketsu no Maria precise terminar em tragédia, nem quero isso tampouco em qualquer momento achei que fosse possível, mas também não esperava o tipo de final feliz que se está desenhando. O ponto alto do anime foi quando Maria estava presa e Bernard foi conversar com ela e teve aquele brainstorm ao conciliar sua própria crença com a crença oficial da Igreja e com as palavras da bruxa. Já no episódio seguinte o próprio Bernard dava de ombros para Maria, e agora o anime dá de ombros para tudo o que construiu.

Ler o artigo →

Ainda não assisti tudo o que deveria. Notavelmente, ainda não assisti Koufuku Graffiti e Rolling Girls, o que significa que já tenho dois episódios acumulados de cada um. Se não assistir logo, próximo saldo pode contar com três episódios desses animes, credo. Também não assisti Binan Koukou, que agora também já acumulou dois episódios. Em compensação assisti dois de Cross Ange, que era o mais atrasado em relação aos saldos (normalmente quando o saldo saía o episódio classificado havia sido exibido quase duas semanas antes), e agora ele será, de fato, o episódio “da semana”. Assisti também o Sailor Moon que eu havia deixado de assistir semana passada.

Para a próxima semana me preocupa, além dos três que já estão com dois episódios, Yurikuma Arashi. Até o momento em que escrevo esse artigo ainda não saiu a versão em português. Eu posso assistir em inglês, como já fiz antes, mas vejo pouco mérito nisso porque daí escreverei um artigo que nem todos os meus leitores poderão ler, pois não irão ter assistido Yurikuma em inglês. E sim, isso significa que infelizmente o artigo do episódio 10 de Yurikuma Arashi vai atrasar e não sei quando sairá. Veja bem, são forças maiores, de que adianta eu escrever algo que poucas pessoas poderão ler? A menos que todo mundo aqui seja amante de spoilers, aí é só me avisarem que tudo bem, continuarei escrevendo mesmo que não tenha saído em português ainda.

Sobre os animes da semana em si, que inesperado, não? Eu sei que a essa altura todo mundo já assistiu o episódio final de Shigatsu wa Kimi no Uso, mas o classificado aqui é o 21, da semana passada, e pela primeira vez ele chega no topo! O que torna o feito mais impressionante é o fato dessa ter sido uma semana acima da média (quase todos os animes estão se preparando para seus finais) e KimiUso ter sido sensivelmente mais fraco nessa temporada do que na anterior. Parabéns, Kaori e Kousei, vocês conseguiram. Não salvaram o anime de forma alguma, mas pelo menos ele não vai acabar apenas com críticas negativas.

Uma última notícia é que já estou preparando o guia da próxima temporada, junto à Lidy, e estamos já escolhendo quais animes assistir e sobre quais escrever. Anote aí: se nada impedir, segunda-feira o guia está no ar.

Ler o artigo →

A essa altura acho que você e todos os meus leitores (umas cinco pessoas) devem estar começando a perceber: quando eu uso títulos com dois substantivos unidos por uma conjunção é porque o anime me deixou com mais dúvidas do que me esclareceu. Foi o caso desse episódio. Mormente porque ações de vários personagens, principalmente vilões e antagonistas, não parecem fazer sentido à luz das ações que tomaram noutros episódios. Mas não o achei um episódio ruim (as quatro estrelas já devem ter evidenciado isso). Foi um episódio emotivo e tenso, e só não foi mais tenso porque era óbvio que Maria não morreria não importa o que lhe acontecesse.

Ler o artigo →

Que semana complicada! Mas não nos animes, a minha mesmo, pessoal. Não vou entrar em detalhes porque não vem ao caso, mas por várias razões diferentes eu tive muito menos tempo do que esperava. O resultado foi o atraso de artigos, do qual me recuperei publicando dois artigos por dia em dois dias consecutivos. Esse saldo mesmo deveria ter saído ontem, no meu cronograma ele é um artigo de quinta-feira, mas como tive menos tempo, também assisti menos animes, e eu quis me dar um dia a mais para assistir mais alguns. Ainda assim, só assisti dezoito animes, de vinte e um que passaram essa semana (não teve Yurikuma Arashi mas teve Sailor Moon). E se eu contar que Rolling Girls não está mais saindo em speedsub, a menos que eu assista em inglês (o que eu fiz a semana passada) esse número cai para vinte. Assim, até que consegui assistir quase tudo, não é? Ficou faltando só Koufuku Graffiti e Sailor Moon, e o segundo não é tanto um problema porque quinzenal, então não irá acumular nessa semana. Acho que vou começar a assistir Rolling Girls em fansub normal, o que significa um pouco mais de uma semana de atraso em relação à exibição original, o que convenientemente compensa essa semana perdida. De todo modo, se esses fossem todos os meus problemas ainda estaria bom, porque eu já estava mais ou menos preparado para tanto. Mas eis que, na madrugada de quinta para sexta, quando eu pretendia escrever esse saldo e o artigo sobre o episódio 9 de Yurikuma, o blog experimenta problemas graves com a hospedagem. Estava extremamente lento, era impossível postar artigos, e mesmo se eu postasse ninguém conseguiria acessar. Essa situação durou até pouco mais de uma hora atrás. O artigo de Yurikuma já ficou para amanhã, não tenho condições de escrevê-lo em tempo hábil para publicar ainda hoje, mas esse saldo, como pode ver, já está no ar.

Como nem tudo na vida pode ser ruim, essa semana coincidiu com a volta da Lidy. Ela estava com seus próprios problemas pessoais e impossibilitada de publicar qualquer coisa, mas essa semana, para a minha e a nossa alegria, ela voltou com tudo. Devo dizer que não haveria melhor hora para isso. Aproveito para pedir para que leia os artigos dela: Kuroko no Basket 2 episódio 7, episódio 8 e episódio 9, e Kamisama Hajimemashita 2 episódio 6 e episódio 7. Obrigado, Lidy!

Agora, os meus animes!

Ler o artigo →

Felizmente, Galfa não estuprou Maria. Infelizmente, ele a deixou sem magia de alguma outra forma não revelada no episódio. É temporário, mas mais do que o suficiente para ela ser capturada, espancada e presa. Aguarda julgamento por heresia em uma cela minúscula. Seus familiares, Joseph e Ezequiel estão, como era de se esperar, fazendo tudo o que podem para reavê-la, mas o mais surpreendente é a participação de Viv. Não surpreendente por ela ajudar, mas a determinação com a qual ela está decidida a ajudar Maria é um pouco inesperada, me faz pensar se não faltou desenvolvimento nessa frente. Mas o ponto alto do episódio durou pouco tempo, e foi a conversa que Bernard manteve com Maria presa, quando as palavras da bruxa rejeitando o divino fizeram o religioso passar brevemente por boa parte do pensamento cristão da época até que ele teve uma epifania como se finalmente tivesse entendido uma verdade mais profunda sobre a essência de Deus e da fé.

Ler o artigo →