A segunda temporada de Amanchu!, adaptação do mangá de Kozue Amano (autora também de Aria) acrescenta à temporada que foi ao ar em 2016 novas personagens e elementos de fantasia, com alguns toques sobrenaturais. Com direção de Junichi Sato e Kiyoko Sayama, composição de série a cargo de Deko Akao e Hiroku Fukuda e produção do estúdio J.C.Staff, Amanchu! Advance mantém em alta as qualidades da primeira temporada, como a incrível e emocionante ligação entre suas protagonistas, Teko e Pikari, e o seu design de personagens equilibrando beleza e comédia na forma que os apresenta (os rostos que lembram os bonecos da franquia Muppet, olhinhos de botão etc.), além das deslumbrantes sequências no oceano.

Ler o artigo →

O episódio final de Amanchu! Advance é um impressionante lembrete de como a série (especialmente, a primeira temporada) é comovente, divertida e uma celebração à vida. Mesmo com as polêmicas sobre “isca yuri” e episódios em que a fantasia (de modo repentino e deslocado) se sobrepôs à realidade, o anime consegue entregar sua última pérola, ao apresentar que invariavelmente na vida nem sempre nos sentiremos confortáveis com quem somos, pois existir é uma batalha constante de altos e baixos, mas é justamente isso que nos guia à incrível possibilidade de criarmos memórias inesquecíveis com aqueles que nos acompanham. E algo a se destacar: do primeiro ao último segundo do episódio, Teko e Pikari reinam absolutas, em uma fina sintonia. Realmente, é a elas que Amanchu! pertence.

Ler o artigo →

A inserção da personagem Kokoro e sua relação com Pikari trouxe uma enorme polêmica a Amanchu! Uma polêmica importada do mangá (já que, apesar de boa parte dos animes que é adaptação se manter bem ou mal fiel a sua origem, pode acontecer dos autores/produtores tomarem certa liberdade com o texto) que levou muitos espectadores a abandonarem a série e taxarem a autora Kozue Amano de homofóbica, seja pela introdução de uma personagem masculina impossibilitando uma declaração de amor entre as protagonistas, seja pela suposta indignação dela ao saber que o público compreendia (e assumiu) que a obra apresentava um subtexto yuri.

Ler o artigo →

O ano se encerra em Amanchu!, e, com ele, o desejo de cumplicidade e diversão entre Teko e Pikari é renovado. O episódio 10 concentra-se na virada do dia 31 de dezembro para o dia 1 de novas expectativas e esperanças. Um episódio que reúne praticamente todo o elenco, sendo um dos mais emocionantes, engraçados e relaxantes. Ainda nos é apresentado o passado de Kino Kohinata, avó de Pikari e proprietária da escola de mergulho e restaurante Amanchu-ya (diga-se de passagem, belíssima em sua juventude).

Ler o artigo →

Ai Ninomiya, enfim, conhece o amor. Ou melhor, na intensidade dos arroubos juvenis, apaixona-se em uma noite por uma personagem que encontra (vive) em um sonho, declara-se, ajuda-o a se libertar e é obrigada a superar o sentimento, por se tratar de um amor impossível (o sonho tem ressonância na vida real, e a realidade assume facetas que trazem frustrações e obstáculos).

Ler o artigo →

O episódio 8 dá continuidade ao arco Peter e é, até o momento, um dos mais melancólicos de Amanchu!. E o espectro de um elemento que viria a compor a fantasia, que surgiu no episódio anterior, não se confirma, que é o do sinistro, com a possibilidade de Peter ser uma espécie de fantasma maligno  – um “fantasma nojento” como acusa Katori-sensei – que rouba (ou aprisiona) vidas que desejam eternizar um evento feliz, viver eternamente dentro de um “agora”. Mas a Terra do Nunca, onde Peter é o senhor do tempo, localiza-se no mundo dos sonhos e está prestes a encontrar o seu fim. Ane- chan e a jovem Mato Katori encontram-se nesse mundo, gerando questões que provocam dúvidas sobre a mistura entre o real e a fantasia no anime, e a respeito do quanto o realismo mágico acrescenta a Amanchu! nesta segunda temporada.

Ler o artigo →

A fantasia chegou a Amanchu! pelos sonhos de Teko nos episódios 4 e 6 desta temporada. Teko, a sonhadora profissional, compartilhou um espaço imaginário com uma menina em um café (ambas despertam na cafeteria após voarem em vassouras até o Vale das Cerejeiras) e com Pikari em uma casa de banho, um conto de príncipe e princesa. Um sonho sonhado juntos. No episódio 7, surge o fantástico confrontando a realidade, criando um clima de impossibilidade, marcando um novo arco, o de Peter, um garoto que anda pelos corredores da Escola Yumegaoka procurando quem deseje eternizar um evento, viver para sempre em um momento de felicidade.

Ler o artigo →

Dia de Halloween em Amanchu! Advance. Mais uma vez, o realismo mágico se faz presente, são os sonhos lúcidos de Teko. Além disso, o esperado encontro entre Teko e Kokoro ocorre neste sexto episódio, ocasionando uma disputa aberta pelo coração de Pikari. Constrangimento, ciúme e tensão atravessam o primeiro contato entre elas. Em um evento, uma corrida de caça ao tesouro, o beijo do “príncipe” Pikari se torna um dos prêmios. Motivo para Teko lutar até o fim para impedir que qualquer outra pessoa obtenha a recompensa e macule a querida amiga. Um episódio movimentado, com um sonho quase romântico (quase?) e emoções à flor da pele.

Ler o artigo →

No episódio 5 temos novamente o mergulho em foco. Além disso, uma nova personagem, Kodama, irmã de Pikari, e a lenda de uma mergulhadora, chamada de “sereia negra”, que resgata quem está em dificuldade no oceano. O mistério, para o público, é revelado no final, aumentando a presença da família de Pikari no anime. Um episódio divertido que manteve em primeiro plano Teko, e mais um obstáculo a superar, e o enigma do mar.  E a animação merece uma menção, pois, invariavelmente, consegue entregar cenas deslumbrantes do mundo marítimo. Desta vez, não foi diferente.

Ler o artigo →

O primeiro verão no ensino médio de Pikari e Teko se finda. Chega o outono em Amanchu! Advance. E, com a nova estação, oportunidades para mais diversão e memórias, por mais que Teko se mostre reticente a respeito. Pikari aconselha a amiga a ficar atenta para as maravilhas do outono. O episódio 4 traz a confirmação de que para testemunhar ou viver um momento inesquecível, basta estar aberto para as surpresas que podem estar pelo caminho. Além disso, Amanchu! Advance se aproxima de um terreno ainda não explorado na série, o da fantasia.

Ler o artigo →