[sc:review nota=4]

Acho que esse foi um episódio menos importante. Apareceu outro vilão… podemos chamar os outros mestres que não a Rin e o Shirou de vilões? Tratarei disso adiante. Apareceu outro mestre e embora não tenha sido revelado quem seja, ficou implícito que é Shinji, o irmão de Sakura. E seu servo é uma mulher cega ou que gosta de vendar os olhos ou que enxerga através de uma venda sei lá como, que luta de forma atlética fazendo poses sensuais e que usa correntes com lâminas como arma. Leva jeito para assassin. Mas a maior parte do episódio se tratou mesmo da Rin fazendo caras e olhares em reação ao Shirou, razão pela qual esse artigo só terá imagens da Rin. Mentira, vai ter todas as imagens que eu achar relevantes, como sempre (mas a maioria será da Rin).

Rin, irada com Shirou

Rin, irada com Shirou

Como eu disse, foi apresentado outro vilão (que provavelmente é o Shinji). Mas será que faz sentido chamar algum mestre de vilão? Quero dizer, no fundo todos estão lutando um battle royale em condições de igualdade moral (ninguém é melhor que ninguém, ninguém tem mais direito que ninguém), então por que apenas Shirou e Rin estariam do lado do “bem”? A série apenas estabeleceu esses dois como os heróis, e deu-lhes convicções que os diferenciariam dos demais mestres. Shirou quer ser um “herói da justiça”, está sempre ajudando todo mundo e até agora não buscou o confronto, apenas se defendeu das agressões que sofreu. Rin está participando da disputa pelo Cálice a sério, mas se importa com as outras pessoas (particularmente pelo Shirou, de quem já salvou a vida) e é contra envolver não magos na confusão e nunca esconde isso.

Rin, determinada a matar Shirou ela mesma

Rin, determinada a matar Shirou ela mesma

Mas esse episódio não foi sobre essas indagações morais, e mesmo esse novo vilão só serviu de ferramenta de enredo para interromper o combate entre Rin e Shirou. E por que eles combatiam? Porque a Rin havia dito que mataria Shirou quando tivesse a oportunidade, e porque o Shirou resolveu que hoje era um bom dia para dar uma oportunidade para que a Rin o matasse. Falando sério, ele é muito inocente, muito burro ou ainda não entendeu direito a situação na qual se meteu. A Saber foi um dia à escola junto com ele, nada aconteceu, e ele decidiu que por isso a escola era um lugar seguro, mesmo com Saber afirmando o contrário, mesmo com a ameaça da Rin. Aliás, foi como eu supus no artigo sobre o episódio anterior: ele absolutamente não levou a sério a ameaça da Rin. Pagou para ver e a Rin mostrou o que tinha na mão.

Rin, "Emiya Shirou, sabia que esse mês é o Novembro Azul?"

Rin, “Emiya Shirou, sabia que esse mês é o Novembro Azul?”

Rin também não foi acompanhada de seu servo para a escola, mas é porque como uma maga há anos em treinamento ela tem razoável confiança de que pode se virar sozinha, pelo menos por tempo suficiente até que chame pelo Archer, caso necessário. Mas será? Eu acho que ela só está sendo inocente também, e o fato do Shirou ter salvo a vida dela deve bastar para demonstrar o que estou tentando dizer. Contra o Shirou foi uma covardia, ele era incapaz de revidar e só conseguia fugir, e isso porque ela só usou um tipo de ataque. Será que ela tem outros? Toda a preocupação que a Rin tem em não envolver pessoas não se aplica à objetos inanimados, e ela causou um belo estrago à escola. Vários rombos em chãos e paredes e uma sala de aula inteira destruída. Imagino se o Shirou poderia consertar tudo depois com seu poder.

Shirou salva Rin de um ataque sorrateiro de um servo

Shirou salva Rin de um ataque sorrateiro de um servo

Então, quando Shirou havia cansado de correr e presumivelmente morreria no próximo ataque de Rin, a divina providência (o roteirista) o salvou quando o combate foi interrompido por um grito de uma garota. Rin e Shirou, que são os únicos mestres bondosos participando do torneio, correram em direção à fonte do grito. Seria engraçado se alguém tivesse só, sei lá, visto uma barata. Mas não, uma garota realmente foi atacada! Shirou achou que só estivesse desmaiada, mas Rin com seus bem treinados olhos e sentidos de maga percebeu que quase toda a força vital dela havia sido sugada. Ela iria morrer se eles não fizessem nada! Que bom que Rin ficou até tarde na escola tentando matar o Shirou, né? Lição do dia: tentar matar o Shirou salva vidas. Ela usou uma de suas gemas e salvou a garota, mas foi por sua vez salva de um ataque certeiro que atingiria sua cabeça por Shirou, que o percebeu e pôs o braço na frente. Achei que tivesse quebrado o braço, mas parece que só fez cortes profundos mesmo. Shirou reúne todo o heroísmo que possui e com um braço inutilizado parte para enfrentar um inimigo desconhecido, deixando para Rin, a maga poderosa e sem nenhum ferimento, a tarefa de cuidar da garota inconsciente.

Isso preso no braço de Shirou estava mirado na cabeça de Rin

Isso preso no braço de Shirou estava mirado na cabeça de Rin

O novo servo apresentado tem tudo para ser um assassin. Ataques furtivos, movimentos atléticos e precisos, uma arma esquisita, e predisposição para crueldade. Quero dizer, na verdade não sei o que classifica um servo como assassin, então só estou chutando. Saber usa uma espada, Lancer usa uma lança, Archer um arco (ainda que não o tempo todo), Berserker é um monstro descontrolado, Assassin é … um assassino, suponho? Mas todos os outros não são assassinos também, se você pensar direito? Bom, sei lá, quando penso em assassino como classe penso no que aprendi em RPG, mas Fate não se parece nada com um RPG, então acho que estou errado. Enfim. Ela parece mais fraca que os demais servos também, a ponto do próprio Shirou perceber e apontar isso, e dela fugir assim que a Rin chegou. Fraqueza também está no meu manual de características de assassinos.

Eu acho que ela combinaria como assassin

Eu acho que ela combinaria como assassin

Enfim, ela fugiu, Rin fez as pazes com Shirou, curou o braço dele e graças ao aparecimento de um novo mestre eles selaram uma aliança, ou seja, a Rin não tentará matar o Shirou no próximo episódio. Ela claramente gosta dele, então me pergunto porque tentou matá-lo nesse episódio em primeiro lugar. Ou talvez ela não tenha tentado de verdade? Só estava tentando impressionar e assustar o Shirou para que ele ou passe a ser mais cuidadoso ou desista de ser um mestre, entregando os selos de comando para ela (Rin dá a ele essa opção). Quero dizer, com o poder que ela tem e demonstrou ter, não consigo conceber que ela não mate o Shirou, caso queira. Ou seja, foi só o jeito distorcido de demonstrar preocupação que já estou cansado de ver em personagens tsundere.

Mais imagens:

Discussão