[sc:review nota=5]

Um punhado de coisas aconteceram nesse episódio que focou na Ginko. Não foi um episódio inteiro de flashback como o anterior foi para a Lulu, mas há um pouco de flashback da Ginko nesse episódio, e também tentativas incessantes dela de se aproximar da Kureha, seus sonhos acordados com ela, e sua dedicação em proteger Kureha que culmina com sua captura no final do episódio. Sobre isso não vou falar muito porque não tenho a menor ideia do que possa acontecer agora: ela será presa? morta? exposta? Kureha irá descobrir a verdade? Não dá para saber. Dedico esse artigo a tratar da forma obsessiva e egoísta de amor que a Ginko, mas não só ela, demonstra nessa série. E mais um comentário ou outro conforme for pertinente.

Desde quando Ginko apareceu no primeiro episódio ela vem declarando seu amor por Kureha e age de acordo, mas todas suas investidas são forçadas, ela nunca se importa com a Kureha de verdade. Ou melhor, ela se importa com a segurança e bem-estar da Kureha, mas não se importa nem um pouco com seus sentimentos. Ela está determinada a entregar seu amor e a afastar qualquer outra pessoa que se aproximar dela. Curioso como ela foi imprestável nas ocasiões em que outras ursas atacaram Kureha, mas nesse episódio a defendeu proativamente, sem sequer contar nada a ela antes. Quero dizer, se você descobre uma conspiração contra uma pessoa que você ama, a primeira coisa que deveria fazer seria informá-la, não é? Mas isso nem passa pela cabeça da Ginko. Na verdade, mesmo que não houvesse armação nenhuma ainda assim ela teria agido da forma como agiu. Defender a Kureha foi apenas um efeito colateral de sua verdadeira intenção de afastar qualquer outra pessoa que se aproximasse dela.

Mas não é como se Kureha fosse melhor do que Ginko nesse departamento. A única diferença é que o objeto de seu amor, Sumika, já morreu. Mas isso não importa para Kureha: ela irá amá-la para sempre, porque é isso que importa para ela. Não arrisco certezas em Yurikuma, mas no mundo real em situação equivalente seria seguro dizer que não era isso que Sumika desejaria: uma Kureha para sempre infeliz agarrada a um amor que não irá se concretizar enquanto afasta de si todas as pessoas que tentem chegar perto. Colocando de forma simples, por que Kureha não pode ter mais nenhum amigo enquanto amar Sumika? E por que Ginko não pode permitir que Kureha tenha outros amigos que não ela própria enquanto ela a amar? Dito dessa forma acho que fica bem fácil perceber o quanto ambas são egoístas. Não pretendo duvidar da verdade de seus sentimentos, mas me parece claro que esse egoísmo não serve para amar mais ou amar melhor, muito menos que seja um requisito do amor, e sim que é apenas para alimentar o próprio ego delas. Talvez não se sintam seguras o suficiente com seus sentimentos. Pelo menos Kureha parece se encaixar nessa descrição. Mas e Ginko? É por que ela é uma ursa? Definitivamente não. O flashback e toda a caracterização da Lulu mostram que ursos podem manifestar seu amor de tantas formas quanto um ser humano.

Ginko, há 11 anos atrás (quantos anos ela tem hoje?) participou de uma batalha entre homens e ursos na qual os últimos foram dizimados. Até onde a vista podia enxergar haviam corpos de ursos. Ginko estava entre eles, ainda viva, e uma Kureha então criança a encontrou e a levou para casa, prometendo depois que não a abandonaria nunca. Isso para Ginko foi o gesto de amor que hoje ela busca retribuir de forma obsessiva. A mãe de Kureha também conheceu Ginko na ocasião.

Fora isso, esse episódio mais uma vez trata as garotas da turma pelo termo “invisíveis”. Acredito que a Tempestade Invisível seja mesmo a tempestade criada pelas invisíveis. Ao mesmo tempo, ursos só podem devorar invisíveis, conforme Ginko e Lulu dão a entender, e isso dá o que pensar. Será que Sumiko no último instante decidiu se tornar uma invisível? Talvez achando que assim pouparia Kureha de ser excluída ou ser alvo da tempestade ou qualquer coisa nesse sentido? Ou talvez essa regra de comer apenas invisíveis valha apenas para a Ginko. Mas talvez não. Talvez essa seja uma forma de atrair e capturar ursos (aqui já estou especulando alto)? Quero dizer, Ginko só pode devorar invisíveis, e é capturada quando tenta fazê-lo. Bom, esse parágrafo inteiro é altamente especulativo e nem estou ligando direito coisa com coisa. De qualquer forma, fica registrado o quanto as garotas invisíveis da sala são horríveis com ou sem uma ursa as instigando.

Discussão