[sc:review nota=3]

Esse episódio não é revoltante como o anterior. Quero dizer, quem é que não gosta de ver uma Exclamação de Atena? Ou o Shaka enfrentando um deus (e tirando todos os sentidos dele, ainda que tenha sido por pouco tempo)? Ainda teve a importante revelação de quem afinal é o vilão, que embora seja um pouco frustrante por não ter nenhuma criatividade, pelo menos faz sentido e ficou interessantemente retratada. Ah, só não gostei da voz com efeito dele, mas isso é o de menos. Agora, o que dizer das inúmeras coisas que deixaram de fazer sentido ou foram simplesmente deixadas para trás sem explicação nenhuma?

O Samba do Crioulo Doido original é uma criação de Stanislaw Ponte Preta, pseudônimo de Sérgio Porto. No meu tempo todos os livros de português o citavam, não sei como é hoje. Mesmo que esteja direitinho dentro do livro, não confio muito no atual nível da educação ou, mesmo para quem tem a sorte de estudar em uma boa escola (pública ou privada), na retenção do conteúdo pelos alunos. Não estou chamando os atuais alunos (o que pode ou não pode ser o seu caso) de burros não, acalme-se. É só que há tanto mais o que prestar atenção hoje em dia que me parece, e isso me entristece, que não se dá mais nenhum valor para o conhecimento “clássico”. De todo modo, o anime21 não é um blog sobre educação, mas sobre anime, então cortarei essa digressão aqui, ok? O Samba original é uma bagunça de fatos e personagens históricos desconectados e unidos de forma que absolutamente não faz sentido nenhum. Mais ou menos o que o enredo de Soul of Gold se tornou. A crítica de Ponte Preta não era, como alguns podem achar (eu achei isso por anos! acho que a educação não era muito boa no meu tempo também…), uma crítica à própria história do Brasil, colocando seus personagens sob uma nova luz como que a dizer que “são tudo a mesma coisa, não temos heróis ou vilões”. Era uma crítica a algo bem mais específico: na época, as escolas de samba do Rio de Janeiro haviam sido obrigadas, pelo então Estado da Guanabara, a retratar apenas fatos históricos em seus sambas-enredo. Se quiser conhecer, pode ver a letra da música aqui, e para ouvir eu recomendo as duas versões mais famosas dela, pelo Quarteto em Cy e pelo Demônios da Garoa.

A causa da confusão no enredo de Soul of Gold é desconhecida. Suspeito de puro desmazelo mesmo. Já vi isso antes em Cavaleiros do Zodíaco: Ômega. Quero dizer, para ser honesto não vi. Assisti a primeira temporada até a altura da casa de gêmeos, se me lembro bem, e até estava achando o enredo razoável. Bem direto, estilo anime de ação para garotos, mas funcionava. Aí por motivos que me atormentam até hoje (desde aquela época eu já assistia muitos animes) acabei deixando acumular episódios e fui parando de assistir. Quando acabou, um amigo meu me contou o final, o vilão, essas coisas, e eu agradeci ao Monstro Espaguete Voador Invisível por não ter continuado a assistir. Mas Ômega era para um “novo público”, ao passo que “Soul of Gold” é para os fãs antigos, então deveria ser diferente, né? Bom, de fato estão tentando seguir o traço dos personagens original do Shingo Araki, responsável pela série animada original. Ao contrário dela (e de Ômega), contudo, é uma série curta, mas isso eu relevo. Aproximando-se do fim, porém, parecem ter feito o mesmo tipo de acrobacia no enredo. É uma pena. Acha que estou exagerando? Então me acompanhe:

Já no episódio anterior eu havia ficado irritado com o destino da Lifia. Não necessariamente por ela ter morrido, mas por como toda a coisa aconteceu. Ela estava obviamente sendo manipulada, mas como, e por quem? Será que vamos descobrir um dia? Com apenas mais dois episódios e ela já morta, duvido. Ela morreu e desapareceu no ar – como assim? Ela não era um ser humano normal? E o pior de tudo: ela queria salvar Asgard, mas ao descobrir que ela havia ressuscitado os cavaleiros de ouro foi tomada por uma súbita culpa e um desejo incontrolável de expiar seu pecado com sua própria vida. Por quê? Mesmo que tenha sido um pecado gravíssimo, posso aceitar isso, por que inverter as prioridades? Não é como se Hilda tivesse ficado doente, Andreas tivesse assumido o poder e recriado a Yggdrasil e todo a cadeia de dor e sofrimento que se seguiu a isso fosse culpa dela ter ressuscitado os dourados. E por um motivo bem simples: ela ressuscitou eles depois de tudo isso acontecer. Percebendo que seus adversários não são muito bons em lógica, causa e consequência, o Andreas proclama que todos os males estão extintos agora que Lifia foi morta. Eu não posso culpá-lo por isso, ele estava apenas cumprindo seu papel – e muito bem.

Lóki assume o controle do corpo de Andreas

Lóki assume o controle do corpo de Andreas

Se ele estava cumprindo seu papel então por que Lóki assumiu o controle de seu corpo? Vá lá, pode ter sido apenas para protegê-lo, isso é o menos pior. Aliás, pois é, Lóki é o vilão. Me considero sim meio estúpido por não ter sequer imaginado que pudesse ser o caso, porque mesmo sem nenhuma dica prévia Lóki é o vilão argardiano mais famoso na cultura popular, então nada mais natural que ser ele o escolhido em Soul of Gold. Fiquei curioso por insistirem em chamá-lo de “falso deus”, porque se estão seguindo o caminho popular, Lóki é um deus. Apenas em interpretações menos populares da mitologia nórdica ele é um gigante de gelo. De todo modo e voltando ao eixo, independente da razão para Lóki ter tomado o controle do corpo de Andreas, ele é pulverizado logo em seguida pela Exclamação de Atena lançada por Saga, Mu e Dohko. O que significa, muito provavelmente, que jamais descobriremos porque Andreas foi possuído ou se tornou maligno em primeiro lugar. E já que estou reclamando, mando mais essa: pelo menos um dos cavaleiros de ouro morreu antes de exibir sua armadura em forma divina: Afrodite. Inclusive eu mencionei isso no artigo sobre o episódio de então para justificar porque eu acreditava que ele não estava morto. Parece que errei, não é? Mas não se preocupe: não duvido que todos eles apareçam vivos no final do anime para dar um último golpe em suas armaduras divinas ou coisa assim.

Precisa de muita Exclamação de Atena mesmo para continuar assistindo isso. São só mais dois episódios, e aposto que Atena (a própria deusa) irá exclamar muita frustração ainda com o que está acontecendo.

Discussão