~Nem que fosse um OVAzinho sequer~

Isso certamente já aconteceu com todo mundo que curtiu muito determinado livro, série, anime ou mangá: desenvolver um sentimento tão profundo de afinidade com determinado personagem que tem a plena certeza de que tudo seria melhor se ele fosse o protagonista, ao invés do… Bem, protagonista. Ou sente que determinada história não foi bem contada, e merecia um pouco mais de atenção. Ou simplesmente o ama, e só quer tê-lo por perto mais um pouco. Bem, a indústria japonesa anda muito atenta a isto, e os spin-offs direcionados são um mercado em crescente expansão. Não que eles já não existam há muitos anos, mas é impossível negar a força que ganharam na última década. Nem é preciso se esforçar muito para lembrarmos de vários exemplos: Rivaille, de Shingeki no Kyojin; Simbad, de Magi; Ban, de Nanatsu no Taizai; Rock Lee, de Naruto; Red, em Pokemón; Trunks, em Dragon Ball; Grell, em Kuroshitsuji; Yuki, de Suzumiya Haruhi. Seja em forma de série regular, de OVA’s, de filmes, todos estes personagens tiveram seu breve momento de glória muito bem merecida, mas outros tantos não tiveram a mesma sorte. Vamos conhecer alguns deles?
PS: Isto aqui está repleto de spoilers, estejam avisados.


Guildarts Clive, de Fairy Tail

687474703a2f2f32372e6d656469612e74756d626c722e636f6d2f74756d626c725f6d3272733030566b5459317271757230356f315f313238302e6a7067

Guildarts Clive, Fairy Tail

 

Guildarts é o homem mais forte da guilda, e um dos magos mais fortes vivo. Ele também não recusa uma missão de alto nível e nem um bom rabo de saia, sendo que a única coisa que ama mais do que sua liberdade é sua recém-descoberta filha Cana Alberona. Ele é empolgado, orgulhoso e meio infantil, se dá muito bem com crianças… E é só isso o que sabemos dele. Nada mais. Aliás, ele some constantemente da série e muito raramente dá as caras, aumentando ainda mais o mistério em torno do único ser humano a sobreviver, sozinho, a um confronto direto com Acnolowgia. Poxa, um cara boêmio e extremamente poderoso, que está sempre viajando deve ter no mínimo uma vida super divertida e centenas de histórias pra contar, mas eu não esperaria muito por isso não. Mashima é um autor muito 8 ou 80, ele dá todo um arco spin-off para Mavis mas nunca falou nada da infância do Gajeel, ou sobre o relacionamento de Laxus e sua guarda pessoal. Ainda é uma obra em andamento, mas creio que mais informações sobre o Clive permanecerão em minha imaginação. ~suspiro~

 

Ging Freecss, de Hunter x Hunter

Ging Freecss, Hunter x Hunter

Ging Freecss, Hunter x Hunter

O que vou dizer agora não é segredo pra ninguém, mas sério, eu não gosto do Ging. O cara consegue ser um dos piores pais já vistos em um anime, é uma pessoa desagradável e manipuladora, além de egoísta que faz qualquer coisa desde que possa se entreter com isso. Então, porque colocá-lo na lista? Justamente por isso, ué. Ging é um dos hunters mais famosos e, ao mesmo tempo, misteriosos que existem. Inteligente o bastante para ser co-criador do projeto Greed Island, mas incapaz de se apegar de verdade a qualquer outro ser humano. Rico e poderoso como o presidente de um país, mas não faz uso disso (ainda bem!). Boa parte de sua vida e sua carreira é uma incógnita que, se depender do Togashi, talvez nunca saibamos. Mas eu quero. Quero saber de sua aprovação como hunter, e se ele tinha amigos na época. Quero saber quem são seus aliados, e o que ele pretende manipulando e se mantendo afastado do Gon assim. Quero saber quem é a mãe do garoto, como ele a conheceu, como eles se relacionaram e o que houve no fim. Quero saber como ele se tornou parte dos 12 Signos, e até onde vai a sua influência dentro do alto escalão Hunter. Quero saber porque nunca, em Quero que ele diga se ama alguém além de si mesmo. Quero saber tudo, meu garoto malvado.

 

Clow Reed, da CLAMP

Clow Reed, CLAMP

Clow Reed, CLAMP

O mago Clow Reed é uma das figuras mais queridas e enigmáticas não só das obras entrelaçadas do grupo CLAMP, mas quiçá dos animes. Sua primeira aparição ocorre em Sakura Card Captor, e sua imagem se fortalece nas histórias paralelas xxxHolic/Tsubasa Chronicles. No primeiro caso, apesar de ser a base da história inteira, Clow já está morto há tempos, sendo que todas as informações a seu respeito são derivadas de histórias e da memória de seus guardiões – o que não é nada confiável, já que suas mentes foram alteradas por ele próprio. Já nas histórias seguintes, sua aparição direta é pequena, mas fundamental para o final feliz. Clow é tão poderoso que ele mesmo se cansou disso, dividindo sua magia em duas. Ele teve participação na criação das Mokonas Larg e Soel, criou as cartas Clow, e tinha um relacionamento nunca muito bem explicado com a Feiticeira das Dimensões Ichihara Yuuko. No final das contas, quando se pensa bem, nós só conhecemos a sua fama e seu poder, mas não o Clow Reed de verdade. Imaginem só como seria vê-lo na tela, sorrindo, sofrendo, trabalhando com Yuuko, conversando com Kero e Yue. imaginem-no apreciando o resultado de seus esforços para ver a felicidade de seus descendentes (com quem?). Ele merece, muito, uma história só sua, em agradecimento a tudo o que já fez pelos outros. A pedra fundamental de três animes incríveis precisa disso, ouviram, meninas?

 

Hina Urashima, de Love Hina

Hina Urashima, Love Hina

Hina Urashima, Love Hina

A vovó Hina é legal pra caramba! Resolve largar tudo e deixar sua pensão feminina cheia de adolescentes aos cuidados de seu neto quase adulto, nerd, sem contar a ninguém sobre isso e sabendo que há uma promessa romântica ocorrida na infância entre ele e uma das meninas. Tipo, ela tacou o f*da-se e vai de país em país, mandando faxes de vez em nunca só pra saber se tá tudo de pé ainda. Onde acha uma vovó dessas, minha gente? Ah, e em geral ela leva sua outra neta, a Kanako, com ela para treinar (?), só quando o Keitarô passa um tempo fora é que ela manda a garota como sua substituta. Ela, tomar de conta do estabelecimento? Nem sonhando, isso é trabalho pros mais jovens, tá nem aí pro quão estranho é um cara sendo responsável por cinco garotas (inicialmente). O que eu não daria pra saber das aventuras dela, entre pântanos e montanhas nevadas, escalando, caminhando e correndo perigo, além de se divertir às custas do sofrimento romântico alheio, haha. Ah, e a melhor parte é que a aparência oficial dela é totalmente desconhecida, a imagem do post foi criada especialmente para o anime. A avó mais daora de todos, responsável pelo nascimento de um dos haréns mais famosos que existem, certamente não decepcionaria em um bom OVA só dela, no mínimo.

 

Kazuma Kuwabara, de YuYu Hakusho

Kazuma Kuwabara, YuYu Hakusho

Kazuma Kuwabara, YuYu Hakusho

Ok, é super comum que o parceiro do protagonista de um battle shounen ganhe popularidade e até se sobressaia constantemente, mas em se tratando do Kuwabara, nada é tão simples. O cara tem uma fanbase enorme e é um dos personagens mais queridos, mesmo tendo que concorrer com Yusuke, Hiei e Kurama, por exemplo. Ele é um humano entre demônios, mas ainda assim treina feito um louco a ponto de ser capaz de combater boa parte deles. Mesmo assim, ainda que ele seja mais bem explorado do que a média, tem-se constantemente a impressão que que Kuwabara, bem… Ele só tá lá e pronto. Como se nem fosse essencial para a trama, tanto que a não participação dele no arco final comprova essa desimportância toda. Sacanagem isso, campanha #DeemValorAoKuwabara!

 

Hiko Seijuro, de Rurouni Kenshin

Hiko Seijuro, Rurouni Kenshin

Hiko Seijuro, Rurouni Kenshin

O cara é nada menos do que o mestre do Kenshin, o espadachim mais famoso de todos, um dos mais habilidosos e complexos. Seijuro salvou a vida do rapaz quando ele ainda era Shinta, uma criança órfã e assustada. Deu-lhe um lar, ensinou a arte do Hiten Mitsurugi-ryu, mas sua participação ativa na história se resume a um arco em que Kenshin o busca para finalizar sua espada (pedir desculpas é que não era, né?) e uma cena no arco de Kyoto. Ah, no OVA ele aparece treinando Kenji, que não é lá um aluno melhor do que seu pai foi. Mas fora isso, não temos notícias nem conhecimento sobre Seijuro. Acho inadmissível que alguém tão importante seja colocado em segundo plano assim. Rápido, deem um anime a este homem!

 

Aion, de Chrno Crusade

Aion, Chrno Crusade

Aion, Chrno Crusade

Vamos falar de um anime que está no meu top 5 de preferidos? Sim, vamos. E vamos aproveitar para falar de seu grande antagonista (chamar o Aion de vilão é complicado), um demônio que quer destruir o principal, usando para isto as técnicas mais vis. Aion é o tipo de personagem que é difícil de odiar, mesmo depois que ele manipula Rosette e Joshua tão cruelmente, já que suas motivações são muito bem infundadas. Além disso, ele, de seu jeito torto, sempre buscou construir um mundo em que pudesse viver com seus companheiros – a destruição dos humanos e do traidor de seu sangue eram apenas consequências disto. Aion e seus demônios vagaram pelo mundo hostil em busca de liberdade por eras, sendo odiados por sua espécie e temidos pelos humanos; segurar as pontas, comandá-los e mantê-los vivos não deve ter sido nada fácil. Seria interessante ver o seu lado da história, o seu sofrimento, os seus sentimentos por aqueles que se tornaram sua última família. Saber se ele se arrependeu no fim. E, de preferência, tudo isto tendo como base a história do mangá desta vez, já que a do anime, apesar de muito boa, ficou menos profunda do que deveria.

Discussão