Esse episódio foi leve e divertido como sempre, e dessa vez o o tema da procura da mãe da Chiya foi novamente abordado. Embora a nossa protagonista ingênua tenha ido para Meirochou com esse objetivo, o anime foca mais na sua vida cotidiana como aprendiz de urara.

A Chiya tem um hábito de sair com frequência pelas ruas da Cidade Labirinto (Meirochou) para procurar sua mãe, e numa dessas buscas ela acabou se perdendo e foi encontrada por uma misteriosa e gentil urara que mais tarde se revelaria mãe da Kon.

Algo de errado aconteceu durante a adivinhação

O encontro com a mãe da Kon, que é una urara rank 2, foi legal de ver e ela é muito simpática (bem que ela poderia ser a mãe dela), enfim, a parte mais interessante desse encontro foi o momento em a mulher descobre informações sobre a Chiya através de uma bola de cristal, e numa das visões aparece algo tenebroso que chega até quebrar a bola, significando que existe um grande mistério que cerca a garota, algo que já foi mostrado em episódios anteriores. Será que a busca pela sua mãe tem relação com o dom de enxergar os deuses que ela possui? Será que existe alguma entidade observando a garota meio-fera e interferindo no seu objetivo? Acho que o anime não deve responder essas perguntas pois o show foca mais no cotidiano e não em uma aventura em que Chiya busca pela sua mãe, além de faltarem poucos episódios para o término do anime.

Na segunda parte ainda contamos com a ilustre participação da mãe da Kon, que foi até o Natsume-ya, para avaliar as meninas em um teste. O exame que elas participaram exigiu o uso dos conhecimentos adquiridos até agora, embora que tal teste acabou assustando as garotas, em especial a Nono, coitadinha ela achou que uma profecia terrível iria mata-la. Foi muto divertido acompanhar mais uma vez as demonstrações de amizade delas, pois foi muito bonito o esforço delas para evitar que algo de muito ruim acontecesse com uma de suas amigas, e a Nono provando cada vez mais sua independência e coragem ao querer ficar longe das amigas caso a tal profecia se cumprisse para não causar nenhum mal a suas amigas. Ela que sempre é protegida por ser a mais frágil delas, também quer ter forças para proteger suas queridas amigas, e ver a evolução dela é algo muito bonito.

No fim a profecia de que algo muito ruim iria acontecer com a Nono era apenas um teste para qualifica-las para um teste ainda maior que permitirá que elas aumentem o rank. Espero muito que vocês tenha gostado do artigo, e até a próxima!

 

  1. Este episódio de Urara, foi bom como o anime já nos acostumou. Gostei bastante da primeira parte, onde a Tokie-san salvou a Chiya de uma Urara errante e vigarista (mais um pouco parecia uma testemunha de Jeová, tal era a insistência). Aquela previsão que a Tokie fez para a Chiya, já começa a comprovar aquilo que eu penso sobre o passado da Chiya. Ela provavelmente tem um deus protector dentro de si, aquele ser misterioso que apareceu dentro da bola de cristal, já não é a primeira vez que aparece, ele parece que quer proteger a Chiya dos perigos que a rodeiam, além de lhe dar um dom para ouvir os Deuses.
    A segunda metade, a do teste de subida de escalão, foi muito boa. A mãe da Kon, além de ser muito simpática, ainda é uma trol, as caras que as garotas fizeram ao saberem a profecia trágica foram muito engraçadas. Aquela parte final do episódio, mostrou o porquê de eu ainda estar a acompanhar este anime, a amizade e perseverança das garotas é muito bonita. A Nina sensei também gosta de tomar uns copos de sakê, eu vi aquela cara corada a falar com a mãe da Kon. Acredito que a Nina sensei e a Saku estejam orgulhosas das garotas.
    Como sempre mais um excelente, artigo de Urara Flávio.

    • Flávio

      Os animes moes costumam focar muito na amizade das garotinhas e isso nunca enjoa e é muito bonito. A interação das personagens é um dos maiores motivos para assistir e acho isso até mais interessante do que a própria história.
      Obrigado pela participação!

Discussão