Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Olá, pessoal! Aqui estou eu, Tamao-chan, trazendo o último artigo de Aoyama-kun! Infelizmente, não há muito o que ser dito, e o final eu esperava por aquilo mesmo.

No décimo primeiro episódio, temos um dos Três Patetas pensando que, mudando o penteado, poderia além de atrair a mulherada, também atrair o Deus do Futebol, o qual tem uma tara gigantesca pelo Aoyama. O problema todo é que ele descobriu que seu penteado pode mesmo ficar igual ao do protagonista, e isso trouxe aqueles famosos “5 minutos de fama” em grande parte dos aspectos. Porém, seus amigos tentaram fazer com que o menino retornasse para o “lado negro da força”, fazendo as palhaçadas de sempre. E é óbvio que, uma vez pateta, sempre pateta.

E, vamos para o último episódio!

Ler o artigo →

Foi só eu reclamar um pouco da S.H.I.E.L.D. no último episódio que eles começam a ganhar um grande destacar no anime. Os episódios seguem para uma conclusão, agora que os dois lados estão bem definidos e prontos para um embate iminente. Posso dizer com segurança que esse foi um dos episódios que mais teve “cara” de super-herói e vejo cada vez mais clara uma equipe ali.

Ler o artigo →

Insira aqui a música de encerramento do Globo Esporte Aleluia! Depois de várias luas, finalmente tivemos um bom episódio de Altair; apesar de estar seguindo quase que a mesma “base” do último episódio, esse foi um tanto quanto diferente na questão de “consistência”, pois o episódio 9 começou bem — e se perdeu com o tempo. Já este episódio (10) conseguiu se manter bom do início ao fim.

Ler o artigo →

Todo anime é sempre a mesma coisa: os protagonistas se destacam durante a maior parte do tempo, enquanto os coadjuvantes só estão lá para cumprir o elenco. Eles têm histórias menos interessantes, poderes mais fracos e até menos carisma, mas esse não é o caso de My Hero Academia. Pra quem achava que um episódio apenas com lutas de personagens secundários seria um grande tédio (como eu), conseguiu se surpreender positivamente aqui.

Ler o artigo →