Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Olá, pessoal! Aqui estou eu, Tamao-chan, trazendo o último artigo de Aoyama-kun! Infelizmente, não há muito o que ser dito, e o final eu esperava por aquilo mesmo.

No décimo primeiro episódio, temos um dos Três Patetas pensando que, mudando o penteado, poderia além de atrair a mulherada, também atrair o Deus do Futebol, o qual tem uma tara gigantesca pelo Aoyama. O problema todo é que ele descobriu que seu penteado pode mesmo ficar igual ao do protagonista, e isso trouxe aqueles famosos “5 minutos de fama” em grande parte dos aspectos. Porém, seus amigos tentaram fazer com que o menino retornasse para o “lado negro da força”, fazendo as palhaçadas de sempre. E é óbvio que, uma vez pateta, sempre pateta.

E, vamos para o último episódio!

Bom, este episódio, além de focar no fato de alguns olheiros irem atrás do Aoyama por causa de sua habilidade futebolística, também focou bastante em Zaizen, o garoto rico. Mas, de alguma forma, as duas histórias conseguiram ter uma certa conexão. Ambos acabam dando forças um ao outro para que alcançassem o objetivo no momento, que era vencer uma partida de futebol (finalmente teve um episódio onde ao menos 75% era focado no esporte. Tirando o primeiro, este teve a partida mais emocionante).

Além disso, o pessoal acabou dando força pelos motivos errados, mas isso fez com que o time conseguisse a vitória (Aoyama até se sacrificou antes dos 5 minutos finais!), além da ida da mãe do Zaizen ao jogo. Falando nela, até eu cheguei a pensar que a própria havia morrido, porém o menino só estava triste porque não sabia se ela veria jogo ou não.

A parte em que todos viram a foto da mãe do Zaizen e acharam que ela tinha morrido, mas acabou que a própria se afastou por ser meio irresponsável mesmo. Ela parece ser uma missionária, e sua próxima viagem será para o Brasil!

Além do mais, todo mundo achou que o protagonista ia aceitar a proposta de sair do Fujimi e ir para um colégio mais forte e focado no esporte para aprimorar as suas habilidades, porém era só fachada mesmo. O garoto só quer ficar lá porque gosta de tudo branquinho por causa da sua misofobia. Bom, eu não sei o que pensar, só sei que os meninos estavam achando que o Aoyama só gostava de lá por causa dos banheiros que ele pode limpar à vontade… bem, acontece, né? Mas acho que a empatia dele por seus colegas de time aumentou, então dificilmente ele sairá.

A-o-y-a-m-a g-o-s-t-a d-e b-r-a-n-c-o!

Muito obrigada a todos que leram os meus artigos sobre este anime! Nos vemos no último de Isekai Shokudou!

Comentários