Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Opa! Tudo bom com vocês? Netojuu está a todo vapor desde o episódio anterior, e ao contrário de minhas expectativas, ele não parou por aí. O episódio 9 veio a todo vapor também, trazendo, inclusive, aquele gostinho de começo do fim, se é que me entendem. E aí? Bora lá?


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


O episódio anterior, que havia parado na famosa “hora H” da história, graças a Deus teve continuidade imediata nesse último episódio. E como totalmente esperado, a Moriko teve sua CPU pifada no momento em que descobriu que o Sakurai, além de ser o Harth-san, também é a Lily-san. Pois é minha gente! Não podíamos esperar menos, não é mesmo? Afinal, nossa querida Moriko não tinha noção de absolutamente nada.


Não sei vocês, mas nunca coloquei muita fé de que a Moriko ficaria felicíssima ao descobrir. Eu sempre imaginei que ela ficaria confusa e talvez um tanto afetada com o choque da realidade, e pelo visto, infelizmente, eu acertei. Então você me pergunta: mas por que, Lissa?

Bom, vamos raciocinar juntos: quando você conta uma verdade muito chocante (mesmo que possa ser algo relativamente bom, ok?), mas você já tinha uma visão pessimista da coisa e vê a pessoa reagindo com seriedade o que você iria pensar? “Ih, ferrou”, ou algo assim, certo? (Claro que tudo isso, se você levar mais para a situação em que os protagonistas estão). Logo eu, que comentei Gamers (temporada passada), fico numa paranoia que só quanto a maus entendidos. E essa revelação, apesar de esperada por todos nós, não ajudou muita coisa (mas isso perdurou até eles receberem uma ajudinha).


Antes da ajudinha, as coisas entre os dois pareciam que iam ficar bem apesar de tudo, mas não foi bem assim que aconteceu. Sakurai, que levou certa frase bem pro lado pessoal, acabou por não conseguir entrar e falar normalmente com Hayashi. E a Moriko, vulgo Hayashi, começou a se sentir solitária, mesmo jogando um MMO. E  é exatamente esse o oposto do que o anime quer passar para o telespectador.  NetoJuu vem sempre com uma “mensagem subentendida”: Você pode até estar sozinho enquanto joga, mas não está solitário. Então, depois de todo um período sempre jogando com a Lily, quando ela deixou de aparecer, a Moriko começou a se sentir um tanto quanto solitária novamente.

Mas não podíamos nos afligir, afinal, a Moriko ainda tem o pessoal da guilda, e o Sakurai (já que está fora do jogo nesse meio tempo) tem o Koiwai. Ah o Koiwai, que anjo não é esse homem. Mesmo que ele tenha dado alguns indícios de que estava interessado na Moriko, no final ele foi uma peça essencial para “juntar” os dois.

E assim chegamos em mais uma”hora H” de um episódio de Netojuu. Fazer o Sakurai e a Moriko se encontrarem é um empurrãozinho, porém o que viria a seguir dependia deles, e somente deles. De início, nenhum dos dois iria saber o que falar ou o que fazer (logicamente), mas depois de um outro empurrãozinho do mundo, as coisas não poderiam continuar as mil maravilhas, certo? Quando a Moriko fugiu após perguntarem se ela era a namorada do Sakurai, podemos perceber que a insegurança e o pessimismo dela ainda não se foram, até porque não são coisas que saem tão simplesmente de nós, mas o avanço (um tanto quanto bruto) que isso trouxe nos levou até a “hora H”.

E mais uma vez Netojuu acabou numa parte maravilhosa, apenas pra te dar aquela raiva por não poder assistir a continuação. Eu estou ansiosíssima para o próximo episódio, e infelizmente último ;(. Famoso “tudo que é bom acaba rápido”, não é mesmo? Espero então vocês na próxima! Bye :3

Comentários