Eu sei que o título já deve ter deixado claro, mas é sempre bom repetir: O Shokugeki está de volta! O último episódio do anime deu uma prévia do que poderíamos esperar daqui pra frente, e não poderia ficar menos empolgado. Souma x Hayama é apenas um dos próximos confrontos que essa temporada está preparando, voltando com o bom e velho Shokugeki, onde as coisas ficam muito mais interessantes. Porém, até chegar esse duelo, vamos preparar os ingredientes.

Tudo está acontecendo conforme a abertura do anime

Finalmente, a Central está funcionando da maneira como eu esperei. Por exemplo, eles foram inteligentes o suficiente para separar o protagonista dos amigos. É uma coisa simples, mas que faz diferença, como foi visto nos episódios anteriores. Além disso, teremos um juiz neutro: Doujima. Com isso, agora sim as coisas estão caminhando da maneira como deveriam: justas. Dessa forma quem vence é o melhor, e não o escolhido pela Central, ou seja, teremos um Shokugeki de verdade, como nos velhos tempos.

Uma das minhas reclamações nos últimos episódios é o fato dos desafios serem ridiculamente injustos para os rebeldes da Tootsuki. Agora, parece que teremos não só um duelo justo, como de alta qualidade. Os personagens foram tão enfáticos em destacar o quanto Hayama melhorou nos últimos tempos, que eu realmente acredito que Souma pode perder esse duelo. O anime sabe trabalhar muito bem os adversários de Souma, fazendo com que as chances dele perder sejam altas, mesmo que na maioria das vezes isso não aconteça. Aliás, ele nunca ganhou do Hayama antes.

A próxima fase, para os rebeldes, será obrigatoriamente contra um membro da Elite dos Dez, e isso revelou algumas coisas interessantes. Por exemplo, Hayama não está ocupando a sétima cadeira como imaginei, mas sim a nona. Além disso, Kuga, que foi apresentado no último episódio como uma das cadeiras, não faz mais parte do Conselho. Mas até onde lembro, o anime não deixou claro o motivo disso. Neste caso, fiquei tão confuso quanto Souma.

A presença de Kuga certamente foi um fator fundamental para ajudar Souma contra Hayama, principalmente por conta de seus recursos. Mesmo que ele não seja especializado em aromas, sua culinária chinesa pode fazer a diferença. Quando o personagem apareceu oferecendo ajuda, não conseguia imaginar um sentido para ele estar fazendo aquilo, mas logo depois tudo foi explicado, pois ele quer voltar à Elite dos Dez.

A construção de Hayama como um vilão de fato vem sendo feita há algum tempo, como foi mostrado em um flashback, e sua decisão de se aliar à Central faz sentido se levarmos em conta que ele perdeu o Grupo de Pesquisas Shiomi e essa era a única forma dele continuar cada vez mais forte. Quero dizer, ele podia se aliar ao Souma e os outros, mas não vou crucificá-lo por tomar essa decisão.

Esse visual ficou melhor que muito vilão de anime por aí

O mais interessante é que ele não necessariamente virou uma marionete da Central, e isso pode ser visto neste episódio, quando ele recusou dezenas de especialistas para ajudar a preparar seu prato. Estou curioso em relação ao quanto ele melhorou suas habilidades, que já eram absurdas nas Eleições de Outono. Souma, as coisas estão ficando cada vez mais difíceis para você.

Quando os dois ficaram frente a frente, pensei que teríamos o duelo naquele exato momento, mas um Shokugeki de verdade precisa de uma preparação antes. Felizmente, a carne de urso usada por eles não será diferenciada, como aconteceu no episódio anterior com o salmão. Enquanto Hayama já tem seu tempero pronto, Souma vai ter que ralar muito para conseguir superar seu adversário.

Eu nunca comi carne de urso, mas depois desse hambúrguer deu vontade de experimentar

Uma das principais dificuldades está em relação ao cheiro da carne de urso, mas nosso protagonista logo chegou à conclusão de que o odor não é um inimigo. Ou seja, ele não precisa necessariamente diminuir o cheiro da carne, e talvez ressaltá-lo seja uma opção. Hayama consegue se garantir em fazer um prato que só ele é capaz de fazer, mas será que podemos dizer o mesmo de Souma?

Souma, nem pense nisso!

Outra coisa que chamou minha atenção neste episódio foi ver Souma indo para as montanhas com o objetivo de entender mais sobre a carne de urso enquanto ela ainda era um urso vivo. À primeira vista, isso parece besteira, mas o ambiente realmente pode afetar o gosto da carne. Essa é uma preocupação que muitos não levam em consideração – na verdade nem lembro de ver isso no anime antes – mas foi bem legal ver o caminho que Souma levou até chegar na sua criação no fim do episódio. E foi ainda mais interessante que, depois de tudo isso, não era o suficiente para vencer Hayama.

Minha aposta é que aconteça algo parecido com a corrida entre a Tartaruga e a Lebre. Assim como a lebre perdeu pela sua confiança excessiva, Hayama pode ser derrotado por conta de sua arrogância. Além disso, ele nem está se preparando para o confronto, enquanto Souma está se esforçando para superá-lo.

Essa cena me lembrou como Newton descobriu a Teoria da Gravitação Universal

Acho que tudo que estava sentindo falta voltou no quarto episódio, inclusive o Shokugeki. Ok, ainda não foi oficializado o que Souma vai oferecer no Shokugeki além de sua expulsão da Tootsuki, mas com certeza ele vai arriscar alguma coisa importante, até porque estamos falando do Souma. Será que já teremos o primeiro Shokugeki da temporada no próximo episódio? Se levarmos em conta a prévia, parece que não.

Ela não disse…

Discussão