Um por todos e todos por um! O que pode ser interpretado apenas como um lema dos Três Mosqueteiros também pode ser o confronto da semana em My Hero Academia. O líder da União dos Vilões deu as caras finalmente no anime e reencontrou All Might, que não vai deixar barato o sequestro de Bakugo. Este é apenas o começo desta batalha.

Já começamos assim?

A imagem acima me chamou atenção por ser bem parecida com um filme de super-heróis desse ano: Vingadores: Guerra Infinita. Nele, somos apresentados ao vilão Thanos, e logo nos primeiros minutos ele mata um personagem querido pelo público. Dessa forma, a impressão inicial que temos é de que estamos diante da maior ameaça daquele universo. Em My Hero Academia, acredito que a cena tem a mesma intenção. Por um lado, não acredito que o Best Jeanist morrerá, mas isso dá um impacto grande sobre o que All For One é capaz de fazer.

Apesar de não ser um episódio exclusivo para o confronto entre All Might e All For One, já podemos sentir o clima do duelo, né? A revelação do vilão pela primeira vez com aquela ópera fúnebre já mostra que ele é a maior ameaça do anime – pelo menos, até o momento -, então apenas uma pessoa pode detê-lo: All Might.

Por falar no herói, é possível notar algumas semelhanças entre os dois. Por exemplo, Izuku admira All Might da mesma forma que Tomura admira All For One. Ele foi a única pessoa que apareceu para estender a mão quando ele mais precisava e até sua frase de efeito é parecida com a de All Might.

“Está tudo bem, sabe por quê? Porque eu estou aqui”

Mas se formos analisar All For One isoladamente, temos, de longe, o personagem mais roubado do anime. Isso porque a habilidade dele permite que ele roube as individualidades das pessoas. É possível até que ele “force” os outros a usarem suas individualidades. Com isso, dependendo dos poderes que ele conseguir, é possível se tornar um ser praticamente onipotente. Felizmente, All For One ainda não está nesse nível.

Então essa era a individualidade dele…

Mais uma vez, a segurança de Bakugo foi o foco da situação, impedindo que All Might lutasse sem se segurar. Porém, Izuku conseguiu pensar numa forma lógica de trazer o amigo de volta. O que mais achei interessante do plano dele foi ter Kirishima como fator determinante para que funcionasse. O anime construiu durante três temporadas o laço entre os dois personagens, e agora tivemos uma razão prática para isso.

Agora sabemos porque Kirishima estava na missão

Aliás, acabei errando minha teoria de que o All For One tentaria levar Bakugo para o lado negro da força. Parece que ele se importa mais com Tomura do que qualquer outra coisa, sempre ajudando ele a conquistar seus objetivos. É legal ver essa relação quase paternal entre os dois, mostrando que existe empatia, apesar de serem vilões. Agora, parece que Bakugo finalmente está a salvo e este arco terminará no confronto entre os Símbolos da Paz e do Caos.

De novo?

Não lembro se o anime já citou isso em algum momento, mas fiquei curioso como All Might derrotou All For One no passado. Seria legal mostrar essa batalha em algum episódio. Mas de qualquer jeito, sabemos que nosso herói não está mais em sua melhor forma, e parece que isso já começou a afetá-lo no fim deste episódio, se tornando um dos dilemas da próxima semana, afinal, seu segredo veio a tona.

Essa luta vai ficar ainda mais interessante

Imagino quais serão as consequências para isso, pois, com certeza, All For One não vai ser derrotado agora. Os heróis devem sofrer uma derrota e não haverá All Might para ajudá-los. Já penso como será o impacto do público quando ver pela primeira vez a versão magra do herói, que certamente não passa a mesma confiança.

Ignore a imagem bizarra, o nome que importa. Ele será importante no futuro, assim como foi no passado.

PLUS ULTRA!

Discussão