Assim como todo fim de arco, tivemos aquele episódio conclusivo, com muita choradeira e introdução de novos elementos para o futuro do anime. As consequências dos últimos acontecimentos resultaram em grandes mudanças, que já devemos ver na próxima semana. E a maior delas será na própria U.A.

A aparição da verdadeira forma de All Might para o público foi um dos momentos mais marcantes de My Hero Academia até o momento. Testemunhamos a morte do Símbolo da Paz, mas não necessariamente o fim de All Might. Como já era previsto, parece que a partir de agora ele apenas será professor da U.A. e ajudará Izuku a não cometer os erros que cometeu. Se no início do anime ele foi um grande mentor, dando ao Izuku sua individualidade, tudo indica que essa relação ficará ainda mais forte daqui pra frente.

Uma coisa que me chamou atenção nesse episódio foi o fato de All Might ainda poder ficar na sua forma musculosa, apesar de ser apenas por alguns segundos. Como ele disse que a “chama se apagou”, achei que nunca mais veríamos aquela sua forma musculosa, mas parece que ainda é possível até dar um Texas Smash com ela. Será que isso ainda vai ser útil em uma luta futura?

Outra ponto interessante desse episódio foi ver Endeavor indignado por ter se tornado o herói Nº 1. Ele até queria isso, mas não desse jeito. Fazendo uma comparação, é a mesma sensação que Bakugo teve ao vencer o Festival Esportivo, na segunda temporada. O orgulho dos dois personagens é maior que a felicidade por terem conseguido o que queriam, porque o que importa não é apenas conseguir seus objetivos, mas sim provar que conseguem.

Uma das principais consequências sobre os recentes ataques dos vilões acabou caindo no colo da U.A., o que faz bastante sentido, pois é ela que forma os heróis para proteger a cidade – sem falar no risco dos alunos por estudarem lá. Por conta disso, a partir dos próximos episódios teremos uma dinâmica bem diferente do que vimos até o momento, com a introdução de dormitórios compulsórios, ou seja, a U.A. vai se tornar um colégio interno.

Isso significa que os pais dos alunos terão uma participação ainda menor e a relação entre os alunos ficará ainda maior. Com isso, parece que a U.A. se tornará a protagonista dos próximos arcos, dando destaque também aos professores, e não só All Might e Aizawa. Ou seja, o anime vai ser muito mais academia do My Hero Academia, o que é ótimo.

Essa ausência dos pais nos próximos episódios justifica o foco que as famílias tiveram nesse episódio. Conhecemos, por exemplo, os pais de Jirou, Bakugo, além da irmã de Todoroki, que eu não lembro de já ter aparecido no anime. Por fim, chegamos em um dos momentos mais dramáticos e decisivos da temporada, com a mãe de Izuku.

O anime soube trabalhar a humanidade dela, se mostrando dividida entre os sentimentos de gratidão e medo. Como cidadã, ela só tem a agradecer pelo que All Might fez pela cidade; mas como mãe, é normal existir um certo receio pelo filho continuar em perigo. Provavelmente alguns fãs vão achar que ela apenas está fazendo o papel de mãe chata, mas é só se colocar no lugar dela para entender seu ponto de vista.

O mais legal foi a forma como Izuku argumentou com ela sobre ser um super-herói, usando a carta de Kouta. O personagem não foi usado apenas como um elemento do arco anterior, como também foi muito importante agora. Isso é interessante do ponto de vista narrativo, pois o criador do anime não fez dele um personagem descartável. Se existe um argumento melhor que esse, só o All Might se ajoelhando na sua casa, prometendo que vai cuidar do seu filho. Depois dessa, era impossível não concordar.

Do outro lado, vimos que All For One realmente foi para uma prisão especial, e já consigo imaginar um arco onde todos os vilões serão soltos ao estilo Arkham Asylum do Batman. Mas enquanto isso não acontece, só podemos esperar uma vingança de Tomura. Aliás, ainda não sei como não percebi que ele é neto da Shimura, pois a dica está no próprio nome dele: SHIgaraki + ToMURA = Shimura.

Que final perfeito!

A terceira temporada já está confirmada com 25 episódios, e com o fim deste arco, podemos esperar uma nova abertura e encerramento.

PLUS ULTRA!

Discussão