Como sempre nas gerações ditas “oficiais” de Love Live!, a ideia para salvar a escola é atrair novas alunas. Essa é a melhor saída mesmo, a questão toda era por que não unir o útil ao agradável fazendo isso através do trabalho de idol, que está na moda no Japão desde tipo sempre? A explicação veio e apesar dos clichês e outros pontos de incômodo posso dizer que gostei. E teve música, né. Posso converter você também?

Ler o artigo →

Eu me pergunto como deve ter sido a reunião entre os integrantes da equipe criativa do anime para decidir os rumos da trama.

Porque, sério, foi muita trollagem em seis episódios dar a entender que a escola não seria fechada para no sétimo recorrer a esse plot batido que é a cara de Love Live!, como também a cara da mediocridade.

Ainda assim, eu consegui gostar do episódio e agora vou explicar o porquê.

Ler o artigo →

O clichê do salvamento na infância sempre funciona comigo, sabe por quê? Porque se tratam de crianças, então eu super consigo entender a caracterização das personagens, assim como o tipo de promessa que fizeram e o tipo de amizade que se desenvolveu entre as duas, Chisato e Kanon. Acho que a Chisato complicou um pouco demais as coisas, mas no final deu tudo certo, né? Vamos aproveitar o verão?

Ler o artigo →

Esse foi o episódio da Chisato e nele vimos como o aquecimento global tem infligido um verão escaldante aos japoneses (coisa que pudemos confirmar pelas Olimpíadas, as quais provocaram adiamentos em alguns episódios de um certo anime aí…) e que a dinâmica de gato e rato da Keke com a Sumire é super divertida, mas claro, o principal era a Chisato e como ficaria a relação dela com o grupo. Vamo nessa?

Ler o artigo →

Por que a Heanna Sumire é um meme ambulante? Porque toda geração tem esse estereótipo e ele não pode deixar de existir. Não sei se você acompanhou meus artigos de Nijigasaki, se sim, sabe que apelidei a Kasumi de Kasumeme porque ela tinha essa função mesmo na história. Além disso, foi bom ver a Heanna trazendo novos cores ao grupo e a dinâmica do anime, se integrando de forma bem bacana ao grupo.

Ler o artigo →

Antes de mais nada, peço desculpas pela demora em voltar com os artigos de Love Live! Superstar!!, foram semanas complicadas, de muitos atrasos e dificuldades até para ver o anime.

Felizmente, vi o terceiro episódio e posso dizer que amei Tiny Stars, foi talvez a minha música em dupla favorita da franquia, música essa que, simbolicamente, alinhou os sonhos das heroínas chave da trama: Kanon e Keke. É hora das Keka Stars no Anime21!

Ler o artigo →

Um novo episódio e, infelizmente, o último até o segundo domingo de agosto (por isso demorei com o artigo), mas não culpemos as Olimpíadas (é culpa delas) e sim quem teve a ideia de exibir o anime durante elas e não pensar nisso (ou não avisar ao público antes). Dessa vez vimos o problema da formação do clube de idols escolares na Yuigaoka tomar um bom rumo e a primeira música composta pela líder. Vamo nessa?

Ler o artigo →

Love Live! Superstar é a nova geração da franquia Love Live!, que dessa vez não tem nove idols escolares, mas cinco, além de novamente, assim como no anime de Nijigasaki, a escola não estar em perigo. O que não muda é a protagonista com cabelo laranja (como Niji é tipo um spin-off o cabelo da Ayumu é rosa), a presidente do conselho estudantil que proíbe as idols na escola e outras adversidades a serem superadas.

Além disso, o anime segue nas mãos do estúdio Sunrise e apesar de entregar uma animação levemente diferente das temporadas anteriores (ainda ótima), o CG na hora das músicas é basicamente o mesmo, então tirando alguns detalhes é um anime de Love Live! como qualquer outro, teve até a peninha que sempre segue as protagonistas.

Enfim, vamos a sinopse:

 

“Kanon Shibuya adora cantar e tem uma bela voz, mas trava e cai dura no chão quando sobe no palco. Um dia, enquanto ia até a escola, ela cruza com Keke Tang, uma garota meio chinesa, meio japonesa que e fã de idols escolares e é cativada por sua voz, decidindo formar o clube de idols escolares da nova escola das duas. Mas Keke não poderia contar com a recusa de Kanon e pior, a proibição da presidente do conselho estudantil.”

 

Ler o artigo →

Love Live! Nijigasaki High School Idol Club (Love Live! Nijigasaki Gakuen School Idol Doukoukai) é o quinto anime e o primeiro da terceira geração da franquia Love Live!, ou para efeitos de classificação, a franquia 2.5, já que Nijigasaki é considerado um “spin-off” que se passa no mesmo universo das outras gerações, mas tem diferenças bem claras, como a atuação solo das idols de maneira nunca antes vista nos animes da franquia e a ausência de uma escola a ser fechada. O anime teve 13 episódios, foi produzido (como sempre) pelo estúdio Sunrise e exibido na temporada de Outono de 2020.

Ler o artigo →

Gostei bastante desse último episódio, mas não leve a nota a sério, foi apenas meu lado fanboy falando mais alto. Nijigasaki é no máximo mediano e teve um final previsível, no máximo um pouco melhor que a média pelo fanservice, pelas referências e ideias que deixou transparecer em certas cenas. Vai ter segunda temporada? Duvido que não tenha. Nela vai aparecer a novidade que faltou nesse episódio? Provavelmente. É hora de Idol Show no Anime21!

Ler o artigo →