Olá leitores! Aqui estou eu a comentar o último episódio desse anime que durante 3 meses nos divertiu com a vida cotidiana de 4 aprendizes de adivinho. Esse anime me fez rir e até me emocionou em alguns momentos, mas chegou a hora de se despedir de Chiya e companhia.

Vista panorâmica de Meirochou

Depois da difícil prova para subir de rank, nossas heroínas tiveram um merecido descanso nas termas, e claro, teve fanservice para o espectadores, além de momentos divertidíssimos protagonizados por Nina sensei e capitã Saku (não tem como não rir da interação dela com suas subordinadas).

Por falar nas subordinadas da Saku, teve uma cena que achei muito engraçada que foi quando elas chamaram a Nina de mãe e disseram que a capitã era o pai e ela as filhas, enfim, essa configuração familiar deve ter agradado as pessoas que enxergam a Nina e a Saku como um casal.

As nossas queridas personagens vão deixar saudades

A parte em que as meninas resolveram um caso de suposto roubo dos seus emblemas foi legal porque elas usaram métodos que não são de adivinhação para encontrá-los, no fim tudo não passou de um mal entendido pois os emblemas estavam escondidos numa cachoeira para purificação.

Foi triste sabermos que as garotas vão se despedir da Nina e irem para uma escola no nono distrito, mas isso significa uma evolução na história, pois nesse novo local elas irão encontrar novos personagens, e claro, novos desafios. Ver as garotas evoluindo ao longo de 12 episódios foi divertido e relaxante.

Fazendo uma avaliação geral deste anime, digo que este show cumpriu seu papel de forma digna, pois mostrou que o cotidiano de um grupo de amigas pode ser divertido desde que tenha uma história divertida e personagens carismáticos capazes de fazer os espectadores assistirem o anime do começo até o final. Urara Meirochou segue uma “receita” de como fazer um anime fofo, e faz isso muito bem, pois os clichês que vemos nesse tipo de anime são bem utilizados. Outro fator que faz o anime ser divertido é a temática de adivinhos que dá um toque de fantasia à história, o que deixa o mundo desse anime interessante e com diversas formas de explorá-lo. Esse anime até que daria uma boa história de aventura onde a protagonista embarcaria numa jornada em busca de sua mãe, mas esta não é a sua proposta, que se limita a focar apenas no cotidiano de um grupo de garotinhas, enquanto a busca pela mãe da Chiya fica em segundo plano.

Nota final 1: 3,8/5 estrelas

Nota final 2: 9/10

Extras: Momentos divertidos de Urara Meirochou

  1. Este último episódio de Urara foi ok, mas posso dizer que foi um pouco mal aproveitado. Metade do episódio, esteve cheio de fanservice básico, para agradar aos espectadores, fanservice que aprendi a tolerar neste anime, já que ele é usado de forma contida. Mas ainda assim, fiquei triste por não ver mais desenvolvimento da história da Chiya, mas eu já previa esta situação à muito tempo. Só neste episódio, é que percebi com mais nitidez, como todas as personagens neste anime, são bonitas, em especial a Koume e a Nono. Ver a Nono vestida de bruxa, foi muito bonito e a Koume com a roupa da Kon nem digo nada. Só a Chiya é que ficou um pouco fora de contexto, quando vestiu a roupa da Nono. Fiquei bem emocionado, naquela parte em que a Nina sensei avisa as garotas, que elas tinham que se mudar para o nono distrito e que ela já não seria mais a sua professora. Mas no fundo, a Nina e a Saku estão orgulhosas pelo progresso das garotas. Eu não podia estar mais de acordo, com o que escreveste no segundo parágrafo, eu vejo a Nina sensei e a Saku como um casal desde o inicio.
    Agora que o anime acabou, vai deixar saudades. Eu numa fase inicial nem era para ver este anime, foi o teu primeiro artigo dele, que me convenceu a dar uma chance a Urara e posso dizer que não me arrependo de ter visto este anime. Ao longo do anime fui me apegando às personagens e à história leve do anime, além de que amei a dublagem deste anime, as seiyuus estão de parabéns. Tirando o fanservice (mesmo que leve), o anime foi bom, a amizade e iteração entre as garotas foram o ponto forte do anime inteiro, além das personagens super simpáticas.
    Como sempre mais um excelente artigo, de Urara Flávio.
    Antes que me esqueça, vou deixar aqui a minha nota para este anime:
    Nota sentimental: 8/10;
    Nota crítica: 7/10

    • Flávio

      Estou com saudades desse anime pois ele foi muito divertido e teve momentos emocionantes. Felizmente para os apreciadores de moe um sucessor á altura de Urara nesta temporada que está começando apareceu que é o Hinako Note, aliás tem menos fanservice que Urara e também tem uma protagonista que atrai os animais.
      Obrigado pela participação!

      • Eu Hinako Note não verei, pelo menos na fase inicial. Urara e as suas personagens vão deixar saudades. E as seiyuus dele também.

      • Flávio

        Eu entendo pois você está muito ocupado. Quando Hinako Note terminar talvez você possa assisti-lo caso tenha tempo e até lá eu posso lhe dizer se vale a pena mesmo assisti-lo, afinal eu vou está comentando semanalmente esse anime.
        Obrigado pela participação!

      • Hinako Note é um anime curto ou normal? Quem sabe, eu só comecei a acompanhar Urara, depois de ter lido dois artigos dele.

      • Flávio

        Tamanho normal. Achei ele divertido, se eu fosse listar as diferenças e semelhanças com urara seriam as seguintes:
        Semelhanças
        – Mesmo estilo
        – personagens simpáticas e fofas
        – opening grudenta
        – história simples e agradável
        – comédia leve
        Diferenças
        – tem menos fanservice
        – não tem elementos de fantasia
        – temática abordada (Urara/adivinhos – Hinako Note/teatro)
        – enredo um pouquinho mais simples do que Urara
        – tem duas personagens muito peculiares, uma delas é própria protagonista que já trabalhou como um espantalho, a outra é uma menina que devora livros e vive com fome

Comentários