Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

O episódio da semana foi incrível!! O clima da primeira parte me lembrou muito a introdução de Liga da Justiça, enterro e clima extremamente triste, parte da cidade deteriorada e sentimento de fraqueza. A Sophie não perdeu uma “irmã”, mas sim uma verdadeira mãe, que no âmbito geral só veio a ficar realmente importante quando teve sua morte heroica.

Curta o anime21 no facebook:

A transição na primeira parte do episódio foi muito linda, a parte em que o Sword reconhece que precisa ir atrás do Cavaleiro Negro ou ele virá atrás dele em algum momento, a viagem de moto passando por cenários que passaram uma incrível sensação de paz e as paradas para fazer suas necessidades fisiológicas tais como comer e dormir foi realmente um ponto que faz este anime ser cada vez mais legal de se acompanhar. Tive a mesma sensação que tive com Bleach na saga dos Fullbringers, onde o Ichigo se sente extremamente impotente e fraco, o que ajuda a dar uma profundidade ao anime. Mas bom, vamos parar com as comparações de explicação de sensação.

Enquanto o Sword e a Sophie estavam viajando, a trilha sonora se fez muito presente e digo com veemência que se a trilha sonora fosse ausente naquela determinada parte, não teria a mesma sensação que me passou e acredito que também conseguiu passar aos demais telespectadores.

O Sword fez o que eu esperava dele, tentou por meio de algumas poucas, porém profundas palavras, consolar a Sophie, e isso foi extremamente bonito de se ver, um cara como ele falando coisas como aquelas. E no final, a vida é realmente um grande ato de desapego, nada mais é do que um trem no qual no seu vagão algumas pessoas as vezes descem mais cedo do que você esperava, mas algumas outras também sobem, e no final, você também desce.

A animação foi linda também, aliás, não sou um grande crítico de animes e coisa e tal, mas Garo: Vanishing Line vem me agradando bastante na maioria das cenas, trazendo cores bonitas quando precisa como o estilo adotado neste último episódio e nos dando cores mais dark para ter aquele bom contraste que é necessário para o que esta temporada de Garo nos propôs lá no início, nos primeiros episódios.

E na parte final do episódio, aqueles dois novos personagens ao lado do Cavaleiro Negro parecem ser algum tipo de guarda do Rei, ao menos foi o que deu para entender quando os três apareceram juntos em cena, e claro, talvez seja até muito lógico ser isso mesmo.

E o que será do Sword lutando novamente contra o Cavaleiro Negro (e agora, com companhia), sendo que ele não teve tempo de “afiar a espada’ mais um pouco? Visto que na ultima luta entre os dois, o Sword até ganhou, mas ficou com aquele sentimento amargo de derrota. Bom, nos resta especular como será. Ele provavelmente terá ajuda de outros Cavaleiros, Sacerdotisas, Monges, e etc quando a hora do confronto final. Até lá, o anime vem preparando bem o terreno, sendo coeso e empolgante, principalmente nos três ou quatro últimos episódios que foi quando ele resolveu ficar menos episódico, por assim dizer.

Em algum momento o Luke deve voltar para ajuda-lo quando for necessário, e quem sabe ele trás a Gina e mais alguém, pelo menos eu prefiro acreditar que depois dessa ele vai finalmente se tornar menos individualista de vez e passar não a depender dos outros, mas reconhecer que em alguns casos ele vai sim precisar da ajuda do Sword ou quem quer que esteja disponível para ajuda-lo no momento de dificuldade. Tenho gostado muito do Luke, sim, talvez minha relação com ele seja de amor e raiva (ódio é meio forte para ser usado contra um personagem fictício), porque ele começa muito mal apresentado e depois some, mas quando volta ele é finalmente desenvolvido a ganha alguns pontos comigo. Agora ele só precisa acabar com o Cavaleiro Negro e basicamente a “missão” dele estará completa.

Bom, até a próxima pessoal! Nos vemos em breve. Boa semana!

  1. Concordo com tudo dito e mais um pouco. Ver que todos foram afetados pelo embate dado, principalmente a Sophie, que perdeu mais que uma tutora, perdeu o que restara de normalidade em sua vida. Muito bacana que o Sword mesmo tendo sua missão e propósito, deu seu melhor pra animar a garota e de certa forma, a um confiar no outro. Um ponto a ressaltar é a do animal que encontrou, pois foi apenas aí que ela enfim desabafou e soltou as lágrimas que não pode antes, aliviando-a e dando as forças que faltava pra seguir em frente.
    Quanto aos subordinados do tal Rei de ElDorado, podemos esperar mesmo muita encrenca por parte deles e um belo salto em comparação às séries anteriores, onde tínhamos apenas um grande vilão e algum aliado deste por aí. Curiosa quanto a estes novos personagens.

    • Sim, concordo! E os novos personagens aparentemente serão importantes, vamos ver quem realmente são e o que esperar deles…
      Obrigado pelo comentário. Até mais!

Comentários