Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Märchen Mädchen teve uma estreia que me interessou e acho que muito disso se deveu a sua protagonista, Hazuki, porque ela é o típico personagem que dá vontade de abraçar e proteger dos males do mundo. Antissocial, tímida, ansiosa, medrosa, esses são alguns dos adjetivos que a definem e que ao serem um pouquinho trabalhados nesse primeiro episódio já demonstraram que ela não exagerou quando disse que não tinha um amigo sequer. Hazuki, eu quase te entendo querida!


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Pessoas assim, que não se encaixam na sociedade, acabam por se fechar em bolhas nas quais tentam aplacar a sua solidão de alguma forma, e a forma dela é através dos livros, o que… não é algo bacana? Eu acho que seja, pois por um lado ela não está completamente errada – é melhor ler um bom livro do que conversar com um “falso amigo” –, mas por outro ela precisa mudar, ela precisa interagir com as pessoas e com o mundo a sua volta, ela precisa amadurecer para conseguir viver em sociedade.

A garota mais amigável do colégio de magia. Ficou perseguindo a protagonista por aí e explodindo tudo ao redor, mas assim como a diretora que roubou suas roupas, tenho certeza que foi “para o bem” dela…

Acredito que essa história tratará justamente disso, dela evoluindo como pessoa, dela conseguindo superar seus problemas para mudar para melhor, e isso é algo que eu quero ver, pois realmente gostei da personagem – até me identifiquei um pouco com ela, mesmo meu caso sendo bem menos extremo. O problema talvez seja a forma como isso vai acontecer, que é em um mundo de fantasia.

Eu também não aceitaria esse tomate podre não…

A proposta não é nada inovadora – apesar de eu nunca ter visto um isekai só com personagens femininas sua execução foi básica – e não parece ruim por esse primeiro episódio, mas confesso que ainda não sei o que pensar do momento em que uma das alunas da escola se transforma em uma garota mágica(?) usando um livro, o que a protagonista meio que faz pela metade. Pelo que entendi, ela vai ter que fazer algo como um “contrato” com esse livro para assim poder aprender magia. Esse primeiro episódio não deixou as coisas assim tão claras, mas ao menos não jogou informação goela abaixo do telespectador e pelo perfil da protagonista isso acontecer com ela fez certo “sentido”.

Uma coisa que não me agradou muito nesse começo, apesar de achar difícil que eu drope o anime por conta disso, é a indicação de que vai ter muito fanservice. A Hazuki já fica pelada nesse episódio e aquele encerramento só tem imagens das garotas, o que, okay, é compreensível, porque a história deve se passar no colégio feminino, mas que poderiam ter maneirado no fanservice poderiam, né!

Se tiver muito disso pode atrapalhar um pouco o que realmente importa, que é a jornada da Hazuki para fazer amigos, sair do casulo e se tornar alguém que não seja mais digna de “pena”. Espero que a protagonista seja bem trabalhada mesmo com a provável dose de “besteirol” que o anime deve ter, fazendo com que eu me importe com essa história menos pela magia ou pelos seres de contos de fadas e mais pelo desenvolvimento de personagem e dos temas com os quais a obra deve trabalhar.

Comentários